conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Nacional

Zeca Borges, criador e coordenador do Disque-Denúncia, morre aos 77 anos no Rio

Publicado


source
Morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 77 anos, o criador do Disque Denúncia, Zeca Borges
Reprodução

Morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 77 anos, o criador do Disque Denúncia, Zeca Borges

Morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 77 anos, o criador do Disque Denúncia, Zeca Borges, como informou o jornalista Lauro Jardim. Zeca teve um infarto na noite de quinta-feira, foi levado para um hospital na Zona Sul do Rio, mas não resistiu.

No Twitter, o perfil oficial do Disque Denúncia Rio, lamentou a morte de seu fundador: “O Rio perde o gaúcho mais carioca e apaixonado por essa cidade. E nós, perdemos um grande líder e amigo. Zeca, seu legado jamais será esquecido. Continuaremos firmes na missão que nos foi dada” .

Leia Também

O governador Cláudio Castro também lamentou a morte de Zeca Borges. “O Rio de Janeiro perdeu um dos maiores defensores da paz e da justiça em nosso estado. Zeca Borges criou e coordenou o Disque-Denúncia, uma das mais poderosas ferramentas à disposição da sociedade, que ajudou a prender mais de 20 mil criminosos. Expresso minha gratidão pelo trabalho fundamental e pelo legado que Zeca nos deixou e minha profunda solidariedade à família e aos amigos” , disse em nota à imprensa.

O Disque-Denúncia foi criado em 1995 para receber ligações anônimas sobre atividades criminosas e auxiliar as autoridades policiais. Em 26 anos, recebeu mais de 2,7 milhões de telefonemas que ajudaram a prender 22 mil criminosos. O projeto se expandiu para outros estados e também para a Argentina e o Chile.

Entre os criminosos que foram localizados a partir de denúncias do programa estão os traficantes Nem da Rocinha, preso em 2011, e Elias Maluco, preso em 2002 pelo assassinato do jornalista Tim Lopes.

O recorde diário de denúncias recebidas foi registrado em 26 de novembro de 2011, quando policiais ocuparam o Complexo do Alemão. Foram 1.136 informações obtidas pelo serviço naquele dia.

Comentários Facebook

Nacional

Deputado pede prisão de Anitta após público gritar contra Bolsonaro

Publicado

por


source
Filippe Poubel e Anitta
Reprodução

Filippe Poubel e Anitta

O deputado Filippe Poubel (PSL), fez publicação pedindo a prisão da cantora Anitta após público gritar contra o presidente Bolsonaro durante show. Segundo o parlamentar, a cantora cometeu “crimes contra a honra”. 

A apresentação aconteceu no último domingo (23), no Rio de Janeiro. Em determinado momento, os fãs puxaram um coro contra o presidente. Como resposta, a cantora afirmou que “a voz do povo é a voz de Deus”. 

Em publicação, o deputado acusou Anitta de calúnia, difamação e injúria. Poubel afirmou que a cantora deve ser presa com base nos artigos 138 a 145 do Código Penal. Veja a publicação: 

Mesmo com a acusão, a cantora não emitiu nenhuma manifestação que se enquadraria no caso mencionado pelo deputado.


Continue lendo

Nacional

Doria diz que não há perspectiva de novas medidas restritivas em SP

Publicado

por


source
Governador João Doria (PSDB)
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Governador João Doria (PSDB)

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou nesta quinta-feira (27) que não há perspectiva para adoção de novas medidas restritivas no estado. Mesmo com o avanço da pandemia e o aumento de casos, Doria reforçou que o importante é seguir com a vacinação.

“Quero deixar bem claro aqui que não há nenhuma perspectiva de medidas restritivas ao comércio, ao setor de serviços, ou a indústria ou a qualquer outro setor. O que é importante é que as pessoas sigam se vacinando, e vacinem os adolescentes e as crianças. E usem máscaras e álcool em gel. Não há nenhuma perspectiva neste sentido”, disse.

A fala aconteceu durante um discurso na cidade de Bauru, no interior de São Paulo. O evento aconteceu para anunciar um novo chamamento público para contratar uma Organização Social de Saúde (OSS) que irá gerir o Hospital das Clínicas da cidade.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana