conecte-se conosco


Mulher

Você sabe como cuidar do cabelo? Especialista responde 8 dúvidas e dá dicas

Publicado

A exposição frequente ao sol e o contato com a água do mar e da piscina são praticamente inevitáveis nesta época do ano. Além dos cuidados com o corpo
, os fios também merecem uma atenção especial. Diante disso, saber como cuidar do cabelo no verão é fundamental para que ele fique sempre bonito e não apresente queda, quebra e nem fique ressecado e sem vida.


Especialista dá dicas e responde as dúvidas mais comum que ensinam a como cuidar do cabelo do verão; veja as respostas
shutterstock
Especialista dá dicas e responde as dúvidas mais comum que ensinam a como cuidar do cabelo do verão; veja as respostas

Para aprender a como cuidar do cabelo
nesta estação, Jane Alves, hairdresser do salão Lefil Beauty, respondeu algumas dúvidas comuns e traz a solução para tantos problemas. As respostas mostram que engana-se quem pensa que apenas os processos químicos, como a escova progressiva e a mudança de cor, são os únicos responsáveis pelos danos capilares. 

De fato, o verão pode prejudicar – e muito – as madeixas. Entretanto, com as ações corretas, dá para deixar os fios sempre bonitos, brilhosos e, principalmente, saudáveis. Veja as questões e saiba quais dicas seguir.

1. Prender o cabelo em excesso faz mal? 


Prender o cabelo é uma prática muito comum no calor, mas é preciso atenção em como cuidar do cabelo nesta época
shutterstock
Prender o cabelo é uma prática muito comum no calor, mas é preciso atenção em como cuidar do cabelo nesta época

Não há com negar que prender os fios com um rabo de cavalo, por exemplo, ajuda a lidar com as altas temperaturas. No entanto, torna-se prejudicial quando feito com frequência, em especial quando os fios estão molhados. Acontece que, a curto prazo, os prendedores podem quebrá-los e deixá-los mais fracos. 

“Já no longo prazo, a tração constante pode provocar queda capilar. Então o melhor é evitar, principalmente os prendedores de silicone, os de borracha ou os grampos. Mas se o calor for muito, uma alternativa é usar os ‘hashis’ de madeira ou plásticos”, explica a profissional. 

Leia mais:  Preta Gil inspira ao publicar foto de biquíni e falar sobre aceitação

2.Quais os danos causados pelo sol? 


O sol pode danificar os fios e, por isso, além de saber como cuidar do cabelo, é importante seguir as dicas da especialista
shutterstock
O sol pode danificar os fios e, por isso, além de saber como cuidar do cabelo, é importante seguir as dicas da especialista

A luz solar danifica as proteínas do cabelo e pode causar desde descoloração até a redução da força e perda de brilho. “Para protegê-lo, o ideal é utilizar um leave-in
que conte com filtro solar de, no mínimo, FPS 50 e que deve ser reaplicado a cada duas horas”, recomenda a hairdresser. 

3. Como cuidar do cabelo após sair da piscina ou do mar? 


O mar e a piscina são capazes de trazer danos aos fios. Para evitar esses problemas, Jane ensina como cuidar do cabelo
shutterstock
O mar e a piscina são capazes de trazer danos aos fios. Para evitar esses problemas, Jane ensina como cuidar do cabelo

Depois de voltar da piscina ou do mar, a dica é passar por uma ducha e aplicar um hidratante para os fios em spray ou água termal. Também é importante reaplicar o leave-in
com filtro solar. Isso porque toda vez que o cabelo é exposto à areia, ao cloro e à água ocorre um dano à estrutura da cutícula, podendo mudar a coloração e deixá-lo mais fino. 

4. Qual a frequência das lavagens no verão? 


A lavagem também está na lista de itens que ajudam e mostram como cuidar do cabelo; no verão, ajuda a refrescar
shutterstock
A lavagem também está na lista de itens que ajudam e mostram como cuidar do cabelo; no verão, ajuda a refrescar

Muita gente acredita que lavar o cabelo todos os dias é prejudicial à saúde, mas, na verdade, isso está incorreto. De acordo com a profissional, não há um número certo de vezes para lavá-lo. Tudo vai depender da necessidade de cada um. “Os secos, por exemplo, precisam ser menos lavados e altamente hidratados, enquanto os oleosos devem ser limpos mais frequentemente para retirar o excesso de oleosidade e impurezas”, pontua. 

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 2 de abril de 2019

Em todos os casos, o recomendável é não usar água quente, pois pode deixar os fios frágeis e secos. O ideal é usar a temperatura morna e, além disso, realizar um último enxágue com a fria para, dessa forma, fechar as cutículas. 

5. É comum as madeixas ficarem mais oleosas nessa época? 


O calor estimula a produção de sebo e, por isso, ter conhecimentos de como cuidar do cabelo é essencial para tratá-lo
shutterstock
O calor estimula a produção de sebo e, por isso, ter conhecimentos de como cuidar do cabelo é essencial para tratá-lo

Por mais que essa não seja uma boa notícia, a resposta é sim. O calor estimula a produção de sebo nessa área. E, como o couro cabeludo já tende a ser mais oleoso, é importante tomar cuidado quando for aplicar o condicionador.

O produto pode deixar a  região mais oleosa
e causar queda e caspa por conta da obstrução da raiz – e, por isso, deve ser usado somente no comprimento e nas pontas. 

6. Como reverter a falta de brilho e o ressecamento? 


O ressecamento e a falta de brilho são problemas comuns no verão, mas dá para reverter sabendo como cuidar do cabelo
shutterstock
O ressecamento e a falta de brilho são problemas comuns no verão, mas dá para reverter sabendo como cuidar do cabelo

O segredo é usar uma máscara de hidratação a cada 15 dias. “O produto é capaz de repor os nutrientes necessários de forma mais intensa que o condicionador, conferindo força, maciez e brilho. No verão
, o ideal é alternar entre uma reconstrutora e uma nutritiva. Enquanto a primeira vai ajudar a deixar os fios mais firmes e fortes, a segunda vai torná-los mais brilhosos e macios”, salienta Jane. 

7. Pode dormir com o cabelo molhado? 


O secador não é querido nessa época, mas dormir com os fios molhados não está na lista de como cuidar do cabelo
shutterstock
O secador não é querido nessa época, mas dormir com os fios molhados não está na lista de como cuidar do cabelo

Não! Dormir com ele ainda úmido compromete a saúde capilar
, deixando-o mais frágil e quebradiço em contato com o travesseiro. Além disso, favorece o aparecimento de caspa e acelera a queda. 

8. Como recuperar a vitalidade dos fios que sofreram danos? 


O cronograma capilar está entre as atividades que ajudam a como cuidar do cabelo e recupera a vitalidade dos fios
shutterstock
O cronograma capilar está entre as atividades que ajudam a como cuidar do cabelo e recupera a vitalidade dos fios

O cuidado com o cabelo deve acontecer durante todo o ano. E o melhor tratamento para recuperar um que sofreu danos é apostar no cronograma capilar
. O processo reconstrói, nutre, estabiliza o pH
e devolve a queratina e a umidade natural do fio, além de fechar a cutícula para evitar uma perda ainda maior de nutrientes. 


Já em casos mais extremos, em que o fio está gravemente danificado, Jane explica que a única alternativa é realizar o corte. Por outro lado, tirar alguns centímetros do comprimento é o pesadelo de muitas mulheres e, justamente por isso, o melhor a se fazer é ter cautela e saber como cuidar do cabelo
para que fique sempre do seu gosto, além de saudável e cheio de vida. 

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Eu estava desesperada, diz jovem que foi “sugar baby” para pagar sua faculdade

Publicado

por

A história de Jessica Hyer não é exatamente incomum. Aos 19 anos, a jovem britânica se viu endividada enquanto cursava Inglês e Dramaturgia na Universidade de Manchester, na Inglaterra. Sem apoio financeiro da família, visto que ela saiu de casa três anos antes e vinha se sustentando sozinha desde então, ela viu a solução para os seus problemas em um anúncio.

Leia também: Presentes caros, viagens, mimos e até sexo… Como é o relacionamento sugar?

sugar baby
Reprodução/Facebook/Jessica Hyer
Jessica Hyer diz que passou a trabalhar como “sugar baby” por não ter dinheiro

A propaganda no Facebook direcionava para um site no qual homens, geralmente mais velhos, “patrocinavam” mulheres mais jovens, uma relação entre “sugar daddy” e ” sugar baby “. “Eles fazem você pensar que esses homens são mentores, que eles vão te ajudar na carreira, que não te veem de maneira sexual, quando, na realidade, sexo é o objetivo final”, desabafa Jessica em entrevista ao site Manchester Evening News.

Jessica conta que uma das poucas experiências “glamurosas” que teve como “sugar baby” foi quando um cliente a buscou de Lamborghini e lhe deu uma quantia em dinheiro vivo que ela nunca havia visto na vida. No início, ela diz que eram apenas encontros, pelos quais ela recebia de 70 a 150 libras (R$ 340 a R$ 728, segundo a conversão do BC) mas conforme sua situação financeira se deteriorava, passou a topar mais riscos: “Eu estava desesperada”.

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 26 de abril de 2019

Leia também: “Amor à primeira vista”, diz jovem de 23 anos casada com homem de 65 anos

“Alguns dos meus amigos pensavam que [ser ‘sugar baby’] era divertido e glamuroso, mas só porque eu não contava para ninguém como realmente era, a maioria das mulheres não conta”, relata a britânica, hoje com 24 anos.

sugar baby Jessica Hyer
Reprodução/Facebook/Jessica Hyer
Sexo é o objetivo, diz Jessica sobre encontros

Embora chegasse a receber cerca de 600 libras (cerca de R$ 2,9 mil) em uma noite em raras ocasiões e o dinheiro a sustentasse, Hyer diz que receber dinheiro em troca de sexo a isolou e a fez sentir que não havia apoio para “pessoas como ela”. 

“Não estou dizendo que todos os homens não são legais, mas, na minha experiência, a grande maioria deles não te trata como se você fosse um humano. Um ‘ sugar daddy ‘ disse uma vez para mim: ‘Eu geralmente vou atrás de meninas menos atraentes porque elas são menos confiantes’”, explica Jessica.

Leia também: Jovem de 21 anos sobre vida sexual com noivo de 74: “Não precisa de Viagra”


Em quatro anos como “sugar baby”, a jovem estima que saiu com cerca de 50 homens. Hoje, recuperada com ajuda de terapia e de seu parceiro, Jessica afirma que quer ajudar mulheres e homens que têm dificuldades de deixar esta vida para trás.

Leia mais:  Caso de amamentação viraliza após mulher alimentar filho enquanto resgata cadela

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Escola causa polêmica com premiação para “melhor menino” e “melhor menina”

Publicado

por

Assim como a escola que deu o troféu de “menino mais irritante” a uma criança autista , a Hugh Christie School, na Inglaterra, também causou polêmica com uma premiação. A tia de um aluno da instituição ficou indignada com um prêmio criado para homenagear o “melhor menino” e a “melhor menina” do colégio.

premiação de escola causa polêmica
Reprodução/Twitter/@lucyshall
Lucy Hall, tia de um estudante da escola, compartilhou o formulário na internet e revelou as categorias do prêmio


Lucy Hall compartilhou no Twitter uma foto do formulário que os alunos foram convidados a preencherem. Nele, a escola explica que se trata da cerimônia de premiação para marcar o final do ano letivo.

Os troféus que a escola se propôs a distribuir causaram revolta por não estarem ligados, de nenhuma maneira, aos estudos. As categorias que os adolescentes deveriam votar são direcionadas ao comportamento e características físicas de seus colegas. ” Melhor menino “, “melhor menina”, “hábito mais irritante”, “melhor casal” e “maior ego” integram a lista.

Leia também: Irmãs são expulsas de escola dos Estados Unidos porque a mãe “vive em pecado”

A tia do estudante afirmou que ficou “chocada” ao ver o documento. “A escola é difícil o suficiente quando você tem 14 anos para criar prêmios sobre o melhor garoto e garota”, escreve Lucy. “Hugh Christie School, por que você deixaria isso acontecer? Os pais estão chocados com isso”, questiona ela.

Leia mais:  Preta Gil inspira ao publicar foto de biquíni e falar sobre aceitação

A postagem teve mais de 40 retuítes e passou de 160 curtidas, e contou com respostas indignadas dos internautas sobre os troféus que a Hugh Christie School queria distribuir. “Isso é nojento. Absolutamente nenhuma dessas categorias celebra atributos positivos. É 2019!! Como isso está acontecendo?”, pergunta um.

“Isso é bullying sancionado pela escola. Horrível quando temos uma enorme crise na saúde mental dos adolescentes. É perfeitamente possível fazer isso sem envergonhar e julgar”, afirma outra.

A resposta da escola

A Hugh Christie School viu a publicação de Lucy Hall e pediu desculpas por “qualquer ofensa causada” aos pais e estudantes. “Informaremos os alunos para desconsiderar o formulário. O pessoal responsável foi avisado. Concordamos totalmente que isso era inadequado e pedimos desculpas”, relata a escola.

Leia também: Professora obriga menina a trocar de roupa por achar vestido “inadequado”


A instituição também afirmou que essa premiação “vai totalmente contra o espírito da escola” e declarou que abriu uma investigação interna para saber os motivos que levaram o colaborador a produzir o documento.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana