conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Cidades

Vila Bela da Santíssima Trindade sediará a I Semana Estadual da Pessoa com Deficiência

Publicado


A Prefeitura de Vila Bela da Santíssima Trindade, promove no período de 21 a 23 de setembro, a 1ª Semana Estadual da Pessoa com Deficiência no município em parceria com o Governo do Estado. O evento será realizado na escola municipal Ricardo Franco.

Entre as ações que serão desenvolvidas na semana, estão o lançamento da campanha de fraldas geriátricas, bazar pegue e leve, esporte adaptado, mergulho adaptado, canoagem, além de consultas médicas e emissão de documentos.

O evento, que está sendo organizado pela Casa Civil, através da Superintendência de Promoção e Articulação de Políticas Públicas para a Pessoa com Deficiência, em parceria com o Ganha Tempo e Politec, como também o apoio de outras secretarias estaduais, Defensoria Pública, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Ortobras e Aprosoja. 

O prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade, André Bringsken, destaca a importância da 1ª Semana Estadual da Pessoa com Deficiência para o município e conclama a participação da população. “Com muita alegria, quero convidar a todos para participar, nós estaremos debatendo as políticas públicas voltada a pessoa com deficiência, com muitas atividades, palestras e esportes como canoagem e rapel adaptado. Nos ajude a escrever uma nova história de superação, quebra de paradigmas e preconceito, mostrando que todos nós estamos inseridos na vida das pessoas com deficiência, venha conosco e também teremos participação do Governador do estado e sua primeira-dama, a Secretária Nacional da Pessoa com Deficiência do Governo Federal”, disse o prefeito.

Confira a programação:  21/09 (Terça-feira)

8:00: Abertura oficial com o pronunciamento de autoridades: Governador Mauro Mendes; Secretária Nacional, da Pessoa com Deficiência Priscila Gaspar; Primeira Dama Virginia Mendes; suplente de Senadora Margareth Buzetti; Secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo; Prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade, André Bringsken e o prefeito de San Inácio de Velasco-Bolívia. Participam também o Secretário Cultura Esporte e Lazer Alberto Machado; Secretária Adjunta de Ação Governamental Claudia Cristina; Superintendente de Promoção e Articulação de Políticas Públicas para a Pessoa com Deficiência-Casa Civil, Taís Augusta de Paula; o Presidente do CONEDE, Kelly Vieira e o Presidente do CEPIR Carlos Alberto Caetano.

Lançamento da primeira edição da campanha de arrecadação de fraldas geriátricas (infantil, e adultos); entrega de cadeiras de rodas; emissão de RG no modelo novo com o símbolo da Deficiência e consultas médicas. 

Às 14h – abertura do bazar (Pegue e Leve), cortes de cabelo, manicure, maquiagem, amarração de turbantes e sorteios de brindes. Após o lanche da tarde, a apresentação de dança típicas e da banda da Polícia Militar.

17:00: encerramento das atividades.

18:00: Palestra: Taís Augusta de Paula Superintendência de Promoção e Articulação de Políticas Públicas para a Pessoa com Deficiência- Casa Civil. Tema: Sentindo na Pele

Palestra: Secretária Nacional da PCD Priscila Gaspar

Luiz Tamba Coordenador de Esporte de Inclusão da SECEL

Superintendente do esporte – Rodrigo

Público Alvo: Profissionais da Educação, e os Secretários de Vila Bela da Santíssima Trindade.       

22/09 (quarta-feira)

8:00 –  Abertura do segundo dia:

9:30 – Apresentações culturais

Palestras  Colosplast Apresentações de talentos pessoas com deficiência do município de Vila Bela da Santíssima Trindade.

Emissão de RG no modelo novo com o símbolo da Deficiência.

Danças típicas da Cidade.

Cortes de cabelo, manicures, maquiagem, e amarração de turbantes, sorteios de brindes, Lanche e almoço

11:30: Almoço às cegas (alguns serão escolhidos para almoçar vendados, quem não possui deficiência).

13:30: Torneio de jogos para pessoas com deficiência

Tarde coordenada pelo professor Rodrigo Siqueira e Luiz Tamba Coordenador de Esporte de Inclusão da SECEL

17:00 – Encerramento.

 23/09 (quinta-feira)

8:00 – início das atividades na praia

Concentração na orla da praia, das pessoas com deficiência, onde vamos ter mergulho adaptado, rapel, canoagem.

Música ao Vivo

11:30 –  Almoço festivo

15:00: Banda do Corpo de Bombeiro 

16:30 – Entrega de cestas básicas e cobertores

17:00 – Encerramento do evento com agradecimentos.

Fonte: AMM

Comentários Facebook

Cidades

Prefeitos participam do lançamento do programa Famílias Fortes

Publicado

por


A Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, lançou neste sábado (18) em Cuiabá, o programa Famílias Fortes e assinou protocolos  com a Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM e a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso-APDM, que tem como objeto, ações  conjuntas para capacitar os agentes públicos e fornecer apoio para implementar o programa do governo federal nos municípios.  Ela lançou também a Escola de Formação Municipalista, voltada para a qualificação da gestão da assistência social e outras áreas essenciais dos municípios. Na ocasião, assinou outro documento com a presidente da APDM, Scheila Pedroso.

A Ministra trouxe com ela secretários de cinco ministérios para conversar com os gestores. Damares elencou as políticas que vêm sendo construídas em prol de crianças, adolescentes, idosos, deficientes em todo o país e a proposta que o programa Famílias Fortes traz. O combate a violência contra as mulheres, crianças e adolescentes é o principal foco. “Vamos ajudar os prefeitos a pensar como as políticas públicas podem fortalecer os vínculos familiares. Uma em cada quatro mulheres já foram abusadas até os 18 anos de idade. Precisamos enfrentar isso e um dos caminhos é o programa Famílias Fortes. O que está aí não está dando certo, então, vamos juntos trabalhar o programa Famílias Fortes”, disse ela emocionada.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, Neurilan Fraga, frisou a importância do programa Famílias Fortes para os 141 municípios de Mato Grosso. Ele enalteceu a iniciativa Ministra Damares, em  trazer os secretários representantes de cinco ministérios, para conversar com os prefeitos. “A Ministra me surpreendeu, mostrando que o programa Famílias Fortes tem uma integração com várias áreas do governo federal”, observou.

Na oportunidade Fraga, sugeriu que as famílias beneficiadas no programa Famílias Fortes também sejam contempladas no programa Casa Verde e Amarela e que haja integração com outros ministérios para contemplar a todas as famílias em vulnerabilidade. “Precisamos não só fazer o alinhamento dessas famílias desajustadas, mas precisamos também inclui-las no processo produtivo, fazer com que elas tenham sua estabilidade econômica e fazer com que sejam cada vez mais independentes dos programas sociais”, pontuou, avaliando que a falta de uma casa é também a causa de desestruturação da família.

O Ministério vai disponibilizar para os municípios o material para que as equipes das prefeituras possam colocar as atividades em prática, os meios de fortalecer vínculos familiares e garantir proteção social dos adolescentes. A presidente da Associação Para Desenvolvimento Social dos Municípios-APDM, Scheila Pedroso, ressaltou que a vinda da Ministra á Cuiabá, fortalece as políticas públicas da assistência social e a força feminina. “Hoje é um dia muito importante para nossa associação, que também inauguramos a nossa escola de formação, que vai oferecer cursos profissionalizantes e especializações. Agradecemos a todos que lutam pelas causas sociais e todas as prefeituras que assinaram o termo do Programa Famílias Fortes, vamos juntos conseguir fortalecer as famílias”, declarou, afirmando que a implantação do Programa Famílias Fortes, será um avanço para o desenvolvimento social, vai direto na base tratar as famílias, onde realmente precisa.  Um outro acordo de cooperação técnica foi assinado com vários municípios, que  já estão habilitados junto à Secretaria Nacional da Família e tem como meta o desenvolvimento do programa Famílias Fortes.

Fonte: AMM

Continue lendo

Cidades

Ministra Damares lançou o programa Famílias Fortes e a Escola de Formação Municipalista  

Publicado

por


A Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, lançou neste sábado (18) em Cuiabá, o programa Famílias Fortes e assinou protocolos  com a Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM e a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso-APDM, que tem como objeto, ações  conjuntas para capacitar os agentes públicos e fornecer apoio para implementar o programa do governo federal nos municípios.  Ela lançou também a Escola de Formação Municipalista, voltada para a qualificação da gestão da assistência social e outras áreas essenciais dos municípios. Na ocasião, assinou outro documento com a presidente da APDM, Scheila Pedroso.

A Ministra trouxe com ela secretários de cinco ministérios para conversar com os gestores. Damares elencou as políticas que vêm sendo construídas em prol de crianças, adolescentes, idosos, deficientes em todo o país e a proposta que o programa Famílias Fortes traz. O combate a violência contra as mulheres, crianças e adolescentes é o principal foco. “Vamos ajudar os prefeitos a pensar como as políticas públicas podem fortalecer os vínculos familiares. Uma em cada quatro mulheres já foram abusadas até os 18 anos de idade. Precisamos enfrentar isso e um dos caminhos é o programa Famílias Fortes. O que está aí não está dando certo, então, vamos juntos trabalhar o programa Famílias Fortes”, disse ela emocionada.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, Neurilan Fraga, frisou a importância do programa Famílias Fortes para os 141 municípios de Mato Grosso. Ele enalteceu a iniciativa Ministra Damares, em  trazer os secretários representantes de cinco ministérios, para conversar com os prefeitos. “A Ministra me surpreendeu, mostrando que o programa Famílias Fortes tem uma integração com várias áreas do governo federal”, observou.

Na oportunidade Fraga, sugeriu que as famílias beneficiadas no programa Famílias Fortes também sejam contempladas no programa Casa Verde e Amarela e que haja integração com outros ministérios para contemplar a todas as famílias em vulnerabilidade. “Precisamos não só fazer o alinhamento dessas famílias desajustadas, mas precisamos também inclui-las no processo produtivo, fazer com que elas tenham sua estabilidade econômica e fazer com que sejam cada vez mais independentes dos programas sociais”, pontuou, avaliando que a falta de uma casa é também a causa de desestruturação da família.

O Ministério vai disponibilizar para os municípios o material para que as equipes das prefeituras possam colocar as atividades em prática, os meios de fortalecer vínculos familiares e garantir proteção social dos adolescentes. A presidente da Associação Para Desenvolvimento Social dos Municípios-APDM, Scheila Pedroso, ressaltou que a vinda da Ministra á Cuiabá, fortalece as políticas públicas da assistência social e a força feminina. “Hoje é um dia muito importante para nossa associação, que também inauguramos a nossa escola de formação, que vai oferecer cursos profissionalizantes e especializações. Agradecemos a todos que lutam pelas causas sociais e todas as prefeituras que assinaram o termo do Programa Famílias Fortes, vamos juntos conseguir fortalecer as famílias”, declarou, afirmando que a implantação do Programa Famílias Fortes, será um avanço para o desenvolvimento social, vai direto na base tratar as famílias, onde realmente precisa.  Um outro acordo de cooperação técnica foi assinado com vários municípios, que  já estão habilitados junto à Secretaria Nacional da Família e tem como meta o desenvolvimento do programa Famílias Fortes.

Fonte: AMM

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana