conecte-se conosco


Cidades

Vigilância Sanitária está atuante na fiscalização durante a pandemia

Publicado


.

A Vigilância Sanitária de Sinop, com o apoio da Guarda Civil Municipal, Procon e Corpo de Bombeiros, autuou 38 estabelecimentos e notificou 200, durante este período de pandemia por descumprimento dos decretos municipais/estaduais. Conforme o coordenador Vigilância Sanitária, Edson Soares da Silva, o departamento tem papel fundamental na proteção e promoção á saúde da população e defesa da vida.

“Atualmente, devido essa pandemia estamos atuando na linha frente das ações de fiscalização, como arrastões, inspeções, autuações e desenvolvendo a obrigatoriedade estabelecida em Decretos. São 13 fiscais, além da equipe interna trabalhando fortemente para que a saúde dos sinopenses não seja tão impactada pelo coronavírus”, relata o coordenador.

A Vigilância Sanitária, também, continua realizando os serviços rotineiros, a parte da pandemia. Somente neste ano, o departamento recebeu 1.506 requerimentos para liberação de Alvarás Sanitários. Destes, 65% já foram liberados e 35% estão em análise, no aguardo de documentação e inspeções em loco.

Para denúncias de irregularidades, o setor disponibiliza o telefone (66) 3520-7560, que atende das 07h às 13h.  Porém, orienta-se que o munícipe busque pelo atendimento presencial na Secretaria Municipal de Saúde.

Fonte: AMM

Comentários Facebook

Cidades

Ações do Projeto Sentinela já mostram resultados na identificação da contaminação pela Covid-19

Publicado

por


.

Desde o princípio da pandemia, a Prefeitura Municipal de Rondonópolis não mediu esforços para se adequar, e se estruturar para o efetivo enfrentamento dessa que já está sendo a maior pandemia do século.
Por esta razão a administração municipal através da Secretaria Municipal de Saúde e de todos os seus Departamentos Técnicos, se organizou e montou um eficiente esquema de enfrentamento da pandemia, que já começa a presentar bons resultados, incluindo a identificação e redução do número de casos suspeitos, e de casos confirmados.
Estes primeiros resultados foram conseguidos através dos atendimentos nos Postos do Projeto Sentinela (dedicados ao atendimento exclusivo a pacientes com sintomas relacionados à Covid-19 e síndromes gripais), e, que em pouco mais de 30 dias atendeu mais de 8 mil pessoas, realizando triagens, exames, testes rápidos, e prescrevendo as respectivas medicações, segundo as recomendações médicas.
REDUÇÃO DA CURVA
Mas, para isso, a administração municipal investiu R$ 532.486,00 na compra dos medicamentos: Azitromicina, Dexcloferniramina, Dipirona sódica, Ivermectina e outros, além de 20 mil testes rápidos, que já estão fazendo a diferença, durante os atendimentos nos cinco postos do Projeto Sentinela em funcionamento, descartando centenas de casos suspeitos, e confirmando outros positivos que são encaminhados para tratamento, mas, reduzindo os indicadores de contaminação no município.
A secretaria de saúde continua se estruturando para atender da melhor forma possível a todos que apresentarem sintomas relacionados à Covid-19 e/ou síndromes gripais; e recomenda para as pessoas que eventualmente apresentarem algum dos sintomas, que procurem imediatamente uma das cinco unidades do Projeto Sentinela, que são os PSFs: de Vila Olinda; Vila Rica; Cidade de Deus; Policlínica Itamaraty e Parque das Rosas, onde os atendimentos serão realizados de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas e, das 18 às 00h00. Exceção do PSF do Parque das Rosas, que será o único dos cinco a não oferecer atendimento no terceiro turno.
FIM DE SEMANA
Todavia, nos fins de semanas (sábados e domingos) pelo menos 02 (duas) Unidades Sentinelas pré-selecionadas e antecipadamente divulgadas, vão atender em regime de plantão das 6h às 12 horas (meio dia). Nesse fim de semana (01 e 02/08), por exemplo, as unidades da Vila Olinda e Parque das Rosas estarão de plantão exclusivamente das 6h ao meio dia.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Aulas nas redes pública e particular continuarão suspensas em Cuiabá até o dia 31 de agosto

Publicado

por


.

O prefeito Emanuel Pinheiro prorrogou para até dia 31 de agosto, a suspensão das aulas presenciais nas unidades escolares das redes pública e privada de Cuiabá.  O decreto nº 8025/2020, que deve ser publicado na próxima segunda-feira, 3, traz ainda outras medidas e estabelece a retomada gradativa e segura, a partir do dia 3 de agosto, dos cursos na área da saúde e de idiomas.

Ao comentar a decisão o prefeito Emanuel Pinheiro disse que sempre defendeu a retomada das atividades econômicas na Capital, desde que sejam adotadas as medidas de prevenção e de biossegurança recomendadas pelas autoridades de saúde e sanitárias, mesmo porque  é preocupante o número de mortes provocadas pelo  novo coronavírus (COVID-19) em Mato de Grosso e,  é alto risco de contágio, assim a população deve continuar atenta aos cuidados recomendados.

Pelo novo decreto municipal fica autorizada a disponibilização de vídeo-aulas que poderão ser gravadas nas dependências das unidades de ensino, e a distribuição de apostilas e materiais pedagógicos aos alunos na modalidade “drivetrhu/take-out”, com a adoção de todas as recomendações de biossegurança.

Com 52 mil alunos matriculados em 164 unidades do Município e mais 55 mil alunos na rede particular, totalizando 107 mil estudantes, além de um grande número de profissionais envolvidos diretamente com as crianças, a ampliação da suspensão das atividades presenciais nas unidades educacionais é uma medida de caráter preventivo, sendo necessária neste momento.

Sobre a retomada gradativa e segura das atividades econômicas de cursos de idioma  e os da área das saúde, como de pós-graduação e aulas práticas de ensino superior e técnico ,  o decreto municipal estabelece os cuidados que devem ser adotados.

As turmas deverão ter no máximo 12 (doze) alunos. Além disso, os estabelecimentos deverão ser higienizados antes e após a realização das atividades educacionais, deverão ser ofertados produtos para higienização das mãos, como água, sabão líquido e álcool em gel, e todos devem utilizar obrigatoriamente as máscaras – alunos, funcionários e colaboradores que trabalhem no local -, e nas atividades educacionais deve ser mantido um distanciamento mínimo de 1,5m (um metro e meio) entre os alunos. As salas devem ter janelas abertas e todos devem aferir a temperatura na entrada do estabelecimento, com o uso de termômetro infravermelho. Nesse caso, se a temperatura for superior a 37,5º C, a entrada dessa pessoa deve ser impedida.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana