conecte-se conosco


Tecnologia

Veja como remover seguidores no Instagram sem que eles saibam disso

Publicado

A época em que era preciso bloquear e em seguida desbloquear alguém apenas para removê-lo da sua lista de seguidores ficaram no passado. Há algum tempo, existe uma opção muito mais simples para quem procura como remover seguidores no Instagram sem causar alarde.

Leia também: Quais fotos a galera não aguenta mais ver no Instagram?


Imagem mostrando o número de seguidores de um perfil no Instagram
shutterstock
Há como remover seguidores no Instagram sem ter de bloquear ninguém – e é possível fazer isso em menos de 5 passos

O procedimento de  como remover seguidores no Instagram
é simples e discreto – a pessoa jamais vai descobrir, se ela não chegar seu perfil ou verificar na lista de pessoas que segue. Tanto em contas privadas ou fechadas, como em contas públicas ou abertas, é possível excluir perfis indesejados – seja de alguém que você não conhece ou de uma conta spam – sem precisar bloquear ou denunciar a pessoa.

Para limpar seu perfil na rede social
, basta seguir três passos e você terá uma lista de seguidores livre de qualquer um que esteja te incomodando ou que não te conheça.

3 passos para quem procura como remover seguidores no Instagram

Antes de partir para a limpa, porém, vale lembrar que o recurso só está disponível no aplicativo do Insta para celular. Então, se você estiver usando a rede social pelo seu computador, não poderá utilizar a ferramenta de remover seguidores.

Leia mais:  Você viu? Instagram testa ferramenta de lembranças parecida com a do Facebook

Além disso, remover um perfil do Instagram
da sua lista de seguidores não impede que aquela pessoa volte a te seguir no futuro. Se quiser evitar isso também, a única solução é o bom e velho “bloquear”.

Leia também: Você sobreviveria sem os likes do Instagram?

1. Entre na sua lista de seguidores


Imagem com seta indicando onde fica a lista de seguidores do perfil do Instagram
Reprodução/Instagram
Como remover seguidores no Instagram #1: na página do seu perfil do Instagram, clique na sua lista de seguidores

Na página do seu perfil do Instagram, dirija-se à sua lista de seguidores, que aparece logo à direita do seu contador de postagens.

2. Clique no botão de opções ao lado do botão de “Seguir”


Imagem com seta indicando o botão de opções na lista de seguidores do Instagram
Reprodução/Instagram
Como remover seguidores do Instagram #2: em seguida, clique no botão de opções ao lado do botão “Seguir”

Na sua lista de seguidores, cada pessoa deve ter três pontos ao lado do botão “Seguir” – que indica se você também segue aquele perfil ou não. Caso o seu aplicativo não mostre o botão de opções, pode ser que ele esteja desatualizado. Fazer isso deve abrir uma janela, que nos leva para o próximo passo.

3. Clique em “Remover” para confirmar a exclusão


Imagem indicando o botão
Reprodução/Instagram
Como remover seguidores do Instagram #3: por fim, clique em remover na janela que será aberta depois do segundo passo

A janela aberta depois do passo anterior terá uma mensagem perguntando se você tem certeza de que quer remover aquela pessoa da sua lista de seguidores e garantindo que o aplicativo não informará ela sobre sua decisão.

Leia mais:  Sensor contra abuso sexual alerta que roupa está sendo tirada à força

Leia também: Veja seis dicas para aumentar o número de seguidores no Instagram


Se você está certo do que está fazendo, basta clicar em “Remover” e pronto: você já sabe como remover seguidores no Instagram
de um jeito rápido, fácil e discreto.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Proteja-se: golpe rouba conta WhatsApp e já afetou 8,5 milhões de brasileiros

Publicado

por

source

Olhar Digital

telefone celular arrow-options
shutterstock
Cibercriminosos conseguem roubar conta de WhatsApp e se passar por usuário

A clonagem de WhatsApp é um golpe que pode trazer transtornos graves à vítima, permitindo que ela seja imitada por alguém com más intenções, facilitando, por exemplo, a extorsão de amigos e familiares.

Para piorar, essa modalidade de ataque tem se tornado mais comum: segundo levantamento da empresa de segurança PSafe, cerca de 8,5 milhões de brasileiros já foram atingidos por um golpe do tipo.

WhatsApp fica instável na noite desta segunda-feira

Ainda segundo a empresa, o Dfndr Lab, divisão especializada em segurança digital ligada ao aplicativo de antivírus Dfndr, detectou apenas neste ano mais de 134 mil tentativas de roubo de contas de WhatsApp.

O método de ataque mais comum, segundo Emilio Simoni, diretor do laboratório, envolve enganar a vítima a fornecer o código de autenticação. O cibercriminoso cadastra o número em um aparelho, mas o código é enviado por SMS para o celular da vítima , ao qual o golpista normalmente não tem acesso direto.

Hackers conseguem alterar mensagens no WhatsApp, diz empresa de segurança

Por isso, ele tenta entrar em contato com a vítima para fazer com que ela diga o código alegando algum motivo falso, normalmente ligado a segurança. Ao fornecer esse dado, o WhatsApp é bloqueado no celular da vítima e o cibercriminoso passa a ter controle da conta.

Leia mais:  Facebook exigirá autorização especial para páginas com grande audiência

Esse não é o único método, no entanto. Uma técnica famosa é o “SIM Swap”, no qual o golpista obtém um chip de celular com o número da vítima, o que pode ser feito enganando um atendente da operadora ou simplesmente o subornando. A partir daí, ele pode usar o WhatsApp de outra pessoa livremente no seu smartphone.

De acordo com o estudo da PSafe, o principal prejuízo destes ataques foram o vazamento de conversas privadas , reportado por 26,7% dos entrevistados. Bem perto, na segunda colocação, está o envio de links com golpes para contatos, com 26,6% das respostas.

Outros relatos envolvem solicitações de dinheiro aos amigos (18,2%), perda da conta do WhatsApp (18,0%); e chantagem (10,5%).

Como evitar

A forma mais fácil de evitar esse tipo de ataque é jamais informar para ninguém o número de autenticação que chega por SMS.

É preciso ativar a verificação em duas etapas para manter meu login seguro?


Outra opção, consideravelmente mais segura, é cadastrar a autenticação em duas etapas , o que garante que, mesmo que alguém tenha o código de verificação do WhatsApp em mãos ele ainda precisará de uma senha previamente cadastrada, o que é mais difícil de ser obtido.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

WhatsApp fica instável na noite desta segunda-feira

Publicado

por

source

Usuários do Twitter relatam instabilidade no serviço do WhatsApp na noite desta segunda-feira. As mensagens não estão sendo encaminhadas mesmo para quem está com serviço de internet estável.

No Twitter, internautas criticam o serviço com tom de brincadeira





A empresa ainda não se manifestou sobre o problema.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Leia mais:  Twitter limita a 400 o número de perfis que usuário poderá seguir por dia
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana