conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Vacinação de adolescentes com deficiência começará na próxima quarta em Tangará

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde informou nesta sexta-feira, 24/09, que começará a imunização dos adolescentes com idade entre 12 e 17 anos a partir da próxima quarta-feira, dia 29/09. De acordo com a secretária de Saúde, Gicelly Zanatta, o Município começará a receber doses da vacina Pfizer para imunização desse público.

Segundo ela, a Secretaria elaborou um cronograma de vacinação, utilizando como base o que preconiza o Plano Nacional de Imunização, ou seja, primeiro serão vacinados os adolescentes com deficiência, em seguida os adolescentes com comorbidade e, posteriormente, os adolescentes sem comorbidade.

Gicelly explica que nessa primeira remessa, Tangará da Serra receberá uma quantidade pequena de doses, apenas 488, número reduzido diante dos mais de 10 mil adolescentes que são o público-alvo desta etapa da vacinação.

“Uma quantidade pequena, apenas 488 doses, mas seguiremos o que preconiza o Plano Nacional de Imunização, vacinando primeiro os adolescentes que tenham deficiência, posteriormente os que tenham comorbidade para depois já iniciarmos a imunização dos demais adolescentes”, falou.

Adolescentes com deficiência

A vacinação dos adolescentes começará na próxima quarta-feira, 29. No período da tarde, a equipe de vacinação da Secretaria de Saúde estará na Escola Especial Raio de Sol, a APAE, a partir das 13h30, imunizando os adolescentes com deficiência permanente e que já participam das atividades da instituição de ensino.

“Serão vacinados todos aqueles alunos da escola que os pais concordarem com a imunização dos filhos. Então, a gente pede para que os pais de adolescentes da APAE, que tenham entre 12 e 17 anos, para que compareçam na escola na quarta, para vacinarmos os seus filhos. A vacinaçãos erá entre as 13:30 e as 16:00”, disse a secretária.

É necessário que o pai ou mãe leve no ato da vacina o laudo médico que registra qual a deficiência do filho, além de documento pessoal com CPF e carteira de vacinação.

Cronograma

Na semana que vem será divulgado cronograma de imunização dos adolescentes sem comorbidade e sem deficiência. A secretária de Saúde pede para que pais e adolescentes fiquem atentos ao site oficial, redes sociais da Prefeitura e no noticiário local (rádios, TVs, sites e jornais).

“Fomos informados pelo Ministério da Saúde que nos próximos 15 dias já serão enviadas doses para os adolescentes sem comorbidade, mas pedimos para que aguardem divulgação de cronograma com datas, locais e idades de adolescentes que serão vacinados”, pontuou.

Alexandre Rolim/Assessoria de Comunicação

Comentários Facebook

Tangará da Serra

‘Debate público’ para discutir aquisição de área do HR será promovido pela Prefeitura

Publicado

O prefeito municipal, Vander Masson, convida a sociedade civil organizada, entidades, associações e população em geral para debate público a ser realizado na próxima segunda-feira, dia 25/10, no teatro do Centro Cultural de Tangará da Serra. Em pauta estará a aquisição de área para a construção do Hospital Regional de Tangará da Serra.

O chefe do Executivo explica que o objetivo do debate público é ouvir a comunidade sobre o tema, apresentando de maneira transparente os encaminhamentos já feitos pelo Poder Executivo, mostrando a importância do Hospital Regional para Tangará e região, bem como esclarecer que tudo está sendo realizado sem onerar os cofres públicos.

“Queremos convocar a população, a sociedade civil organizada, entidades, associações para esse debate público para tratarmos de maneira participativa da aquisição da área para a construção do Hospital Regional. Contamos com a participação de toda a nossa sociedade. Esse debate é muito importante, nós não podemos correr o risco de perdermos o nosso Hospital Regional”, disse o prefeito, conclamando a população para participar do debate.

Ele destaca que é importante a participação da sociedade civil organizada, vereadores, lideranças comunitárias e população em geral. “Precisamos debater esse assunto e decidirmos o que é melhor para nós, para a nossa cidade, para a nossa população. Nós somos moradores de Tangará, temos e sabemos das nossas necessidades, do que realmente é importante para nossa comunidade”, disse.

“Vamos todos juntos defender esse projeto tão importante para a nossa comunidade, que é o nosso Hospital Regional, precisamos adquirir a área, que é a nossa contrapartida e repassar para o Governo do Estado poder licitar a obra e já iniciar a construção”, defendeu.

Ao pedir apoio da sociedade, o prefeito solicita aos proprietários de áreas compatíveis com o projeto que apresentem carta de intenção de venda ou doação durante o debate público da próxima segunda-feira. “Pedimos aos proprietários, que possuem áreas que atendam o projeto, que apresentem carta de intenção de venda ou doação à Prefeitura durante esse debate público. A área será analisada e se for compatível com o projeto do Governo do estado procederemos com o processo de compra e doação ao Estado”, disse.

O debate público entre prefeito, vereadores e sociedade representativa ocorrerá na segunda-feira, dia 25/10, às 19h, no teatro do Centro Cultural Pedro Alberto Tayano Filho.

Alexandre Rolim/Assessoria de Comunicação

Continue lendo

Tangará da Serra

Dr. João sugere ‘chamamento público’ para definir área do Hospital Regional em Tangará

Publicado

O deputado estadual Doutor João (MDB) em entrevista à Rádio Serra FM, sugeriu que uma alternativa rápida para definição da área para construção pelo governo do estado do Hospital Regional em Tangará da Serra seria a realização de um Chamamento Público.

“As coisas são demoradas, e na minha opinião, um chamamento público, com um edital prático, objetivo, bem feito, acredito que em 45 dias teríamos condições de resolver o problema a nível de justiça, a nível de Ministério Público. A sociedade precisa participar, apoiar. Unir forças para ultrapassar este impasse”, disse o deputado ao programa Primeira Hora.

Ainda durante a entrevista, o deputado confirmou que se reunirá com o prefeito Vander Masson. Segundo ele, o objetivo do encontro é discutir uma alternativa para a solução do impasse que envolve a definição da área para construção do HR.

“Vou a Prefeitura conversar com o prefeito, sugerir ideias. O que precisar da gente, de alguma experiência da Secretaria Estadual de Saúde, para dar uma agilidade”, disse, na sequência Dr. João alertou. “Se deixar, pode demorar de seis meses a um ano”, completou.

Foto Dr. João: Diário da Serra

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana