conecte-se conosco


BemRural

União, requinte e qualidade marcam o novo momento da Natural Beef, reinaugurada para fidelizar o mercado interno

Publicado

Com produtos especiais para quem aprecia um bom churrasco, a Natural Beef oferece a Tangará da Serra, um novo conceito de açougue gourmet, para cativar o mercado interno.

A Natural Beef se renovou com a chegada dos administradores, Írio Berté Junior e Everton Acco.

Preparar um churrasco com os tradicionais cortes nobres; Prime Rib, T-bone, Ancho, Chorizo e Short Rib por exemplo, não é mais um desafio para quem andava à procura de um lugar especializado em carnes na cidade, salienta o médico Antônio Claret. “A cada ano que passa estamos mais exigentes e a Natural Beef, supera as nossas expectativas pela seleção de cortes e procedência. Eu fiquei desamparado quando fecharam para a reforma, mas valeu a espera, a loja está incrível”.

A nova loja, mantém o objetivo de servir carne inspecionada e de boa procedência.

Entre os cortes mais famosos é possível encontrar os clássicos picanha, maminha, costela, filé mignon e contrafilé, mas em versões “selecionadíssimas” e com padrão artesanal. Peças de linha própria e embaladas à vácuo, que asseguram a qualidade e praticidade no armazenamento da mercadoria, comercializadas a preços justos.

A Natural Beef segue os padrões de assepsia, estoque e manuseio para oferecer ao consumidor, um produto fresco, saudável e de qualidade.

 

Em um mesmo espaço, o cliente encontra à disposição prateleiras e freezers recheados de embutidos, iguarias, molhos para deixar o assado ainda mais especial, e inclusive, um ambiente dedicado a degustação, com cardápio repleto de delícias, acompanhadas por uma vasta carta de bebidas entre cervejas, vinhos e destilados.


Novo espaço e visual da marca, descrevem o período de renovação da Natural Beef.

A Natural Beef fica localizada na Avenida Ismael José do Nascimento, nº458 – Centro. O açougue funciona de segunda à sábado, das 8h30 até às 19h. No domingo, de 8h30 às 12h. O espaço gourmet, recebe o público para happy hour, de quarta à sexta-feira das 18h00 até ás 22h00 e aos sábados, das 10h30 às 18h. Mais informações pelo Fone: (65) 3326-4035.

Leia mais:  CMN ajusta normas para aquisição de imóvel rural

Comentários Facebook

BemRural

Estradeiro celebra avanços em rotas de escoamento agrícola

Publicado

por

Política Agrícola e Logística

Estradeiro celebra avanços em rotas de escoamento agrícola

A equipe fez um percurso de 4.430 quilômetros

09/12/2019

A pavimentação total da BR-163 no trecho entre Miritituba, no Pará até a divisa com Mato Grosso, em Sinop (MT) foi uma das constatações do último Estradeiro do ano realizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) em parceria com o Movimento Pró-logística.
Entre os dias 27 de novembro e 04 de dezembro, a equipe fez um percurso de 4.430 quilômetros, saindo de Cuiabá rumo ao Estado do Pará.
 
“No percurso de volta, de Miritituba até a divisa de Mato Grosso a BR-163 está 100% concluída. Esse é um grande motivo para comemorarmos, queremos até ano que vem fazer uma exposição fotográfica do antes e depois”, enfatizou Edeon Vaz, diretor-executivo do Movimento Pró-logística.
 
Edeon lembra que apesar dos avanços, há muito que ser cobrado dos responsáveis pela manutenção das rodovias consideradas importantes para o escoamento da produção agrícola do Estado. Durante o trajeto foi constatado in loco que a BR-163 no trecho entre Santarém e Rurópolis está em boas condições de trafegabilidade. Mas entre Rurópolis até Miritituba, num trecho de 142 quilômetros faltam ser pavimentados 59 quilômetros.  “Não fazemos obras, mas o Estradeiro é uma ferramenta fundamental na articulação com os Poderes Executivo e Legislativo para melhorar a Logística do Estado”, destacou.
 
Presidente da Aprosoja-MT, Antonio Galvan, lembrou que são 10 anos de atuação do Estradeiro e ressalta a importância da expedição que agrega grandes conquistas. “Hoje comemoramos a pavimentação da BR-163. Vamos continuar com o Estradeiro, sempre fazendo um planejamento e mapeando os problemas detectados no trajeto nas rodovias estaduais e federais, e vamos continuar atuando e cobrando as providências necessárias para melhorar nossa infraestrutura logística. Ao longo de todos esses anos, já podemos comemorar e dizer que o Estradeiro é um sucesso”, afirmou Galvan. 
 
Saindo de Cuiabá, o grupo percorreu importantes rodovias, como a MT-130 (Primavera do Leste – Paranatinga), MT-020 (Paranatinga – Canarana), e MT-326 (Canarana – BR 158), BR-158, BR-155, BR-230 e BR-163. 
Durante o percurso, foram constatadas algumas evoluções em relação ao ano passado. Por exemplo, de Paranatinga à Canarana existem obras de pavimentação e dentro desse trecho estão faltando agora 42 quilômetros de pavimento na MT -020. “Falta pouco agora, isso é muito positivo porque é uma rodovia que vai encurtar muito a distância para quem está na Região do Araguaia e vem para Cuiabá”, destacou Edeon.
 
A BR-158, também um importante corredor de escoamento da produção, entre Ribeirão Cascalheira até a divisa com o Pará tem 121km de estrada de chão que passa pela terra indígena Maraiwatisédi, a metade está em muito boa condição, mas a outra metade está em obras de manutenção.
Ainda conforme o Movimento Pró-Logística, no Estado do Pará, no trecho entre a divisa com Mato Grosso até Casa de Tábuas, no Distrito de Santana do Araguaia, está em boa condição, porém para frente até Redenção (Pará), num trecho de 110 quilômetros, a metade está em péssimas condições. “Esse corredor é muito importante para o escoamento da produção agrícola do Vale do Araguaia, por isso cobramos a atenção por parte das autoridades responsáveis”, pontuou.
 
Até o fim de dezembro, a equipe do Estradeiro deve concluir um relatório das BR’s 158 e 163 que será encaminhado Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), ao Ministério da Infraestrutura. Já o relatório com a situação das rodovias estaduais será encaminhado à Secretaria de Infraestrutura do Estado e a bancada Federal de Mato Grosso. “Podemos ver in loco o problema e com as fotos fazemos um relatório mostrando aquela situação e assim podemos cobrar as devidas providências dos órgãos competentes”, reforçou.
 
Além de produtores rurais associados, também participaram do Estradeiro técnicos do Programa de Parceria de Investimento da Casa Civil da Presidência da República, representantes do DNIT, do Ministério da Agricultura (Mapa), da Associação Brasileira de Produtores de Milho (Abramilho) e participação de 11 representantes de fundos nacionais e internacionais associados ao Banco de Crédito Suíço.
 

Fonte: APROSOJA
Comentários Facebook
Continue lendo

BemRural

Ministra entrega prêmio Selo Mais Integridade nesta terça-feira

Publicado

por

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) participa nesta terça-feira (10) da premiação do Selo Mais Integridade, que reconhece empresas e cooperativas do agronegócio que implementam políticas de integridade, ética, responsabilidade social e sustentabilidade ambiental.

Este é o segundo ano da concessão do prêmio. Nesta ano, 16 empresas do setor agropecuário serão premiadas, sendo que dez delas recebem a premiação pela segunda vez, pois foram agraciadas no ano anterior.

O Mapa foi pioneiro entre os ministérios do Governo Federal na implementação de um selo setorial alinhado ao Programa de Fomento à Integridade da Controladoria-Geral da União. 

Serviço

Premiação Selo Mais Integridade

Data: 10/12/2019
Horário: 9h30
Local: Auditório Olacyr de Moraes – sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 


Informações à imprensa:
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
Leia mais:  Meta de déficit primário para 2020 é fixada em R$ 124,1 bilhões
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana