conecte-se conosco


Cidades

União assina contrato de 4 aeroportos em MT por R$ 40,4 milhões

Publicado

As três empresas que venceram, em março, o leilão para concessão de 12 aeroportos, divididos em três blocos regionais, assinaram nesta sexta-feira (6) os contratos com o governo.

Os documentos foram assinados de forma simbólica em cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, por representantes das empresas e pelo diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Juliano Noman, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Os contratos são válidos por 30 anos. As empresas vencedoras foram as seguintes:

  • Bloco Nordeste: espanhola Aena Desarollo arrematou os terminais de Recife (PE); Maceió (AL); João Pessoa (PB); Aracaju (SE); Juazeiro do Norte (CE) e Campina Grande (PB) por R$ 1,91 bilhão .
  • Bloco Sudeste: a suíça Zurich Airport Latin America ficou com os terminais de Vitória (ES) e Macaé (RJ) por R$ 441 milhões .
  • Bloco Centro-Oeste: o consórcio brasileiros Aeroeste terá a concessão dos terminais de Cuiabá (MT); Sinop (MT); Rondonópolis (MT) e Alta Floresta (MT) por R$ 40,4 milhões.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), as empresas terão o compromisso de fazer investimentos para a ampliação e manutenção dos 12 aeroportos concedidos. O Ministério da Infraestrutura estima que, nos cinco primeiros anos da concessão, os terminais receberão investimento de R$ 1,47 bilhão.

  • R$ 788 milhões no bloco Nordeste
  • R$ 302 milhões no bloco Sudeste
  • R$ 386,7 milhões no bloco Centro-Oeste
Leia mais:  Seduc apresenta metas físicas da educação na Assembleia Legislativa

Segundo o ministério, os concessionários terão de investir na ampliação e manutenção dos 12 aeroportos. Nos primeiros seis meses dos contratos, estão previstas melhorias em fraldários e banheiros e na sinalização de informações, na oferta de wi-fi gratuito, além da revisão de sistemas de climatização, escadas e esteiras rolantes, elevadores e esteiras para bagagens.

Por G1

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Aplicativo ‘Patrulha Cidadã’ facilita comunicação entre a população e a prefeitura de Cáceres

Publicado

Visando incentivar o desenvolvimento da cidadania, com a utilização da tecnologia, o gestão pública de Cáceres,  apresentou na manhã desta terça-feira (11), o aplicativo Patrulha Cidadã.

O APP Patrulha Cidadã é uma ferramenta tecnológica que tem o objetivo de ligar o cidadão diretamente com o órgão público responsável. “No caso da Prefeitura, por exemplo, quando o cidadão verificar que a lâmpada do poste, de uma determinada rua, estiver queimada, é só tirar uma foto pelo aplicativo que mostrará automaticamente a referência da localização, e enviar para o setor responsável, através do aplicativo, que o problema será resolvido assim que for possível”, disse o prefeito, Francis Maris (PSDB).

O APP tem várias funções, entre elas, a divulgação de flagrantes de determinadas irregularidades no transito, como aquelas pessoas que insistem em estacionar em local proibido. “O aplicativo não aplica multa, é uma ferramenta que vai integrar instantaneamente as necessidades dos cidadãos e já está disponível nos aparelhos celulares de nossos servidores. Tenho certeza que esta ferramenta vai viabilizar com eficiência e rapidez os trabalhos prestados pela Prefeitura para população”, declarou Francis.

Para Diego Galvão, assessor da Dr. Graciene Pauline, juíza da 2ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres, o aplicativo é de extrema importância para ligar a população ao poder público, estimulando com que a sociedade colabore diretamente para o desenvolvimento do município.


 

Leia mais:  Conselho Fiscal elege representante dos segurados como presidente

 

Com informações de Assessoria de Imprensa

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Vereadores votam projeto de R$260 mil que autoriza contratação de servidores para limpeza pública

Publicado

Os vereadores tangaraenses votam nesta terça-feira, dia 10, pelo menos três projetos. O projeto 104/2019, de autoria do Poder Executivo Municipal autoriza crédito especial no valor de R$ 260 mil para atender a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. De acordo com o texto original, o projeto permite ao Município a contratação de ajudantes de serviços gerais para limpeza e manutenção de áreas públicas.

Caso o projeto venha a ser aprovado pelos parlamentares, o município poderá efetuar as contratações para limpeza de áreas públicas e córregos, e recuperação de áreas de preservação permanente, construção de cercas. A equipe também poderá atual em outras frentes de trabalho. Parte dos recursos também será utilizada para a manutenção de maquinários utilizados na limpeza de áreas públicas e construção de calçadas ecológicas.

Câmara também analisa e vota hoje o Projeto de Lei 106/2019 recursos na ordem de R$ 1 milhão para atender a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec). Com os recursos a pasta pretende fazer a aquisição de materiais de consumo (expediente, limpeza e higiene, materiais elétricos e eletrônicos), além de contratar serviços de dedetização, manutenção predial e ar condicionado. E também a aquisição de equipamentos para os centros municipais de ensino.

INCENTIVO

Os vereadores também votam hoje o PL 101/2019 amplia de 12 para 24 meses o prazo para que a empresa Natural Beef (preparação de subprodutos do abate, fabricação de produtos de carne, comércio varejista de carnes, atacadista de carnes e derivados) construa sua sede em uma área de 7.423,03 metros quadrados, localizada no loteamento Alto da Boa Vista, Setor Industrial, situado na Avenida Alvadi Monticelli, de acordo com a Lei Municipal 4965, de 10 de maio de 2018.


 

Leia mais:  Programa REM propõe parceria com Cipem para fortalecimento da cadeia madeireira

 

 

 

 

Por Assessoria de Imprensa / Marcos Figueiró

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana