conecte-se conosco


Tecnologia

Twitter vai retomar verificação de contas em 2021; veja como será

Publicado


source

Olhar Digital

Twitter
Unsplash/Sara Kurfeß

Twitter vai retomar verificação de contas

Após quase três anos em pausa, a equipe do Twitter afirmou em seu blog oficial que está pronta para retomar seu processo de verificação de contas . Para isso, a empresa está pedindo feedback dos próprios usuários, para “garantir que nossas regras reflitam as vozes das pessoas que usam o Twitter”.

O programa de verificação de contas foi pausado em 2017 após a empresa perceber que o ícone azul que indica uma conta verificada estava sendo confundido pelos usuários como um “endosso” da plataforma àquela conta ou um indicador de sua importância na rede.

Um ano depois, a empresa reduziu a prioridade dos esforços para reformar a política de verificação para que pudesse se concentrar em questões mais importantes como a veracidade da informação em sua plataforma durante momentos críticos, como as eleições nos EUA.

A empresa agora parece estar pronta para retomar o processo de verificação . “Planejamos relançar a verificação, incluindo um processo público de solicitação, no início de 2021. Mas antes, precisamos atualizar a nossa política de verificação com sua ajuda. Esta política irá estabelecer a fundação para futuras melhorias definindo o que a verificação significa, quem pode solicitá-la e por que algumas contas podem perder a verificação”.

Atualmente, o ícone de verificação serve para “informar que uma conta de interesse público é autêntica. Para receber o selo azul, a conta precisa ser notável e ativa”. Os seis tipos de contas que podem receber o selo são contas de governos, notícias, entretenimento, esportes, “companhias, marcas e ONGs” e “ativistas, organizadores e outros indivíduos influentes”.

Novas regras

A nova política propõe critérios para remover automaticamente a verificação de uma conta se, por exemplo, ela se tornar inativa ou se o perfil estiver incompleto. A empresa planeja remover automaticamente o ícone de verificação de contas nestas condições em 2021.

O texto também define regras para negar ou remover a verificação de certas contas que, mesmo qualificadas, violam constantemente os termos de uso do Twitter . “Reconhecemos que há muitas contas verificadas no Twitter que não deveriam ser”, diz a empresa.

Os usuários podem participar do processo preenchendo uma pesquisa sobre a nova política de verificação, ou deixar seus comentários com um tuíte usando a hashtag #VerificationFeedback. O Twitter afirma que irá trabalhar com ONGs locais e seu Conselho de Confiabilidade e Segurança para “garantir que o máximo de perspectivas estejam representadas”.

O período de participação do público começa nesta terça-feira (24) e vai até 8 de dezembro de 2020. A partir daí o feedback será analisado e a equipe do Twitter será treinada na nova abordagem. O objetivo da empresa é introduzir uma versão final da nova política de verificação em 17 de dezembro de 2020.

Comentários Facebook

Tecnologia

Rede social anti-Facebook e sem anúncios bomba em número de usuários; conheça

Publicado

por


source

Olhar Digital

MeWe Facebook
Divulgação

MeWe cresce com polêmicas envolvendo o Facebook

Com foco na privacidade dos seus usuários e livre de propagandas, a rede social MeWe ganhou 2,5 milhões de usuários em uma semana. As políticas de privacidade invasivas, a falta de segurança cibernética e os recentes episódios de suspensão de milhares de contas após a  invasão do Capitólio foram alguns dos fatores que têm gerado uma migração massiva e recente do Facebook  a outras plataformas menos populares.

Desde o seu lançamento, em 2016, até outubro do ano passado, os números do MeWe revelam que o serviço ganhou mais 6 milhões de usuários, ultrapassando a marca dos 15 milhões.

Você viu?

De acordo com o MeWe, isso se deve ao fato das pessoas procurarem uma “rede social que respeite seus usuários”. O objetivo da plataforma é aproveitar esse cenário positivo para tentar se tornar a rede social mais popular do momento.

Por enquanto, o principal desafio é trabalhar com uma infraestrutura capaz de suportar esse crescimento tão rápido sem apresentar falhas ou interrupções no serviço. Segundo os investidores da plataforma, o MeWe está pronto para receber novos usuários.

Aplicativo mais baixado no Android

Vale destacar que o MeWe chegou a ocupar, na última sexta-feira (15), a primeira posição no ranking de aplicativos mais baixados da categoria ‘Social’ na Google Play Store .

O aplicativo, entretanto, acabou perdendo a liderança para o Signal e o Telegramduas alternativas que também vêm crescendo graças às novas políticas de privacidade e compartilhamento de dados do WhatsApp .

Com tradução para 20 línguas diferentes, a rede social também ocupou a primeira posição entre os aplicativos mais baixados em Hong Kong.

Além de gratuito, o MeWe também oferece um serviço premium dentro da plataforma por US$ 1.99 para páginas de negócios. Por fim, resta saber como as outras plataformas rivais, ainda dependentes do formato tradicional de anúncios e coleta de dados , vão responder à ameaça desse novo concorrente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Não era amor, era cilada: apps de paquera são usados para roubar dinheiro

Publicado

por


source

Olhar Digital

Apps de paquera
Unsplash/Alexander Sinn

Aplicativos de relacionamento são isca para novo golpe digital

A Interpol emitiu um alerta sobre o aumento de casos de fraudes digitais , cujas vítimas eram escolhidas em aplicativos de relacionamento . Segundo a organização internacional de segurança, o uso de “apps de paquera” se intensificou bastante durante a pandemia de Covid-19 , o que facilitou a ação dos criminosos.

De acordo com o comunicado, o golpe consiste em conquistar a confiança de suas vítimas e depois as induzir a participar de uma “corrente de investimentos”.

Você viu?

“No início, um romance artificial é desenvolvido via app de relacionamentos. Depois que a comunicação se torna mais regular e um certo nível de confiança é estabelecido, os criminosos compartilham dicas de investimentos com suas vítimas, e as encorajam a fazer parte de um esquema”, diz a nota divulgada pela Interpol.

As vítimas, então, baixam um aplicativo de investimentos e criam um perfil na plataforma, passando a comprar vários produtos financeiros. Com isso, elas vão alcançando níveis mais altos na chamada ‘corrente de investimentos’, sob orientação dos fraudadores. “Eles são levados a crer que podem alcançar status Gold ou Vip”, explica a organização policial.

Os golpistas fornecem dados variados para dar credibilidade ao esquema. “Eles providenciam capturas de telas, nomes de domínios assustadoramente similares aos reais e agentes de atendimento ao consumidor que fingem ajudar as vítimas a escolher os melhores produtos.” Após obter o dinheiro , os criminosos encerram todo o contato e bloqueiam o acesso às contas.

A divisão de Crimes Financeiros da Interpol diz ter sido notificada de ocorrências envolvendo apps de paquera em vários lugares do mundo. O alerta explicando a ação dos criminosos foi enviado a 194 países membros da organização, incluindo o Brasil .

Como se proteger

No comunicado, a Interpol também deu dicas para “garantir que a paquera virtual continue divertida e não esvazie sua conta bancária”:

  • Esteja sempre alerta quando for contatado por alguém que você não conhece, especialmente se envolver algum pedido de dinheiro;
  • Desconfie: investimentos online que prometem ganhos rápidos e fáceis geralmente são bons demais para serem verdade;
  • Pense duas vezes antes de transferir dinheiro, independentemente de quão verdadeiro o pedido pareça;
  • Pesquise: procure reviews, confira o aplicativo mais de uma vez, o nome do domínio, o endereço de e-mail etc;
  • Não divulgue informações pessoais ou confidenciais;
  • Se perceber que foi vítima de alguma fraude, denuncie.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana