conecte-se conosco



Mulher

Twitter ajuda amigas que se conheceram em viagem a se reencontrar após 12 anos

Publicado


Amigas que se conheceram em viagem se reencontram após 12 anos com a ajuda das pessoas do Twitter
Reprodução/Twitter

Amigas que se conheceram em viagem se reencontram após 12 anos com a ajuda das pessoas do Twitter

Lembra daquela viagem que você fez quando criança e conheceu sua melhor amiga da vida , mas quando as férias acabaram nunca mais tiveram contato? No sábado (24), uma norte-americana se recordou de uma situação semelhante e pediu aos seus seguidores no Twitter que a ajudasse a encontrar uma menina que conheceu há 12 anos e, para sua surpresa, em menos de 24 horas as duas amigas já estavam se falando.

Tudo começou em 2006, durante uma viagem em família, quando a norte-americana Brianna Cry conheceu Heidi. As duas estavam com seus pais em um cruzeiro com destino a Honolulu, no Havaí. Durante as férias, as amigas se tornaram inseparáveis, mas ao fim da viagem, elas nunca mais se falaram.

Sem nenhum telefone, nome completo ou qualquer outra pista sobre o paradeiro de Heidi, Brianna tinha apenas uma foto das duas no navio. Ao relembrar da viagem, ela resolveu pedir ajuda aos seguidores no Twitter para tentar descobrir por onde andava a amiga.

Leia mais:  Noiva descobre traição às vésperas do casamento e se vinga no altar

“Hey twitter, eu conheci essa garota em um jantar num cruzeiro no Havaí em 2006. Nós nos tornamos melhores amigas naquela noite, então eu preciso da ajuda de todos vocês para me ajudar a encontrar minha melhor amiga, porque eu sinto falta dela e preciso saber como ela está agora. Por favor, retuitem essa mensagem para que a gente consiga se reencontrar”, diz o texto, com a foto das duas no navio.

Leia também: Mulher é barriga de aluguel de amiga, que morre antes do fim da gestação

Amigas se reconheceram por foto no Twitter


Amigas voltam a se falar e geram comoção na internet
Reprodução/Instagram

Amigas voltam a se falar e geram comoção na internet

Porém, ela não contava que a mensagem publicada na rede social fosse replicada por tantas pessoas. Mais de 100 mil usuários retuitaram o texto que alcançou Heidi. Em resposta, a “amiga perdida” compartilhou uma foto, com sua família, em que ela usava o mesmo vestido da imagem com Brianna, e a frase: “Ouvi dizer que estava procurando por mim”.

Sem contar que pudesse ser respondida tão rápido, Brianna contou ao Metro UK que ficou chocada, já que achou que demoraria dias para conseguir algum retorno. “Eu estava no carro, checando o Twitter quando vi a resposta dela, segurando uma foto de família da nossa viagem. Começamos a conversar por mensagem privada e nos conectamos”.

Leia mais:  Saiba como organizar o guarda-roupa, dobrar cada peça e economizar espaço

O reencontro deixou a internet comovida, afinal, foi graças a ajuda do pessoal do Twitter que as jovens puderam se conectar.

Leia também: Quantos melhores amigos você pode ter ao mesmo tempo? A ciência responde

Agora as duas estão em contato e já colocaram o papo em dia. No entanto, as amigas moram em estados opostos e estudam em universidades distantes uma da outra, por isso, o encontro pessoalmente terá que ser adiado.

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Miley Cyrus fala como mantém o relacionamento à distância: “Sexo virtual”

Publicado

por

A vida amorosa na era pós-internet ficou, sem dúvidas, muito mais prática. É graças a essa tecnologia maravilhosa que hoje é possível fazer desde o primeiro contato com o crush por meio das redes sociais, até investidas mais íntimas, como  sexo virtual por aplicativos de videochamada, por exemplo.


Para não deixar o relacionamento esfriar, Miley Cyrus conta que se aproveita do sexo virtual para driblar a distância
Reprodução Instagram

Para não deixar o relacionamento esfriar, Miley Cyrus conta que se aproveita do sexo virtual para driblar a distância

Esse último recurso, inclusive, é muito utilizado por quem quer matar a saudades do mozão e não pode tê-lo fisicamente. Uma das adeptas da prática é a cantora Miley Cyrus, que namora o também ator Liam Hemsworth. Os dois, que estão noivos desde que voltaram, em 2016, já moram juntos, mas como ambos vivem com as agendas apertadas, acabam recorrendo ao sexo virtual para manter a relação interessante, mesmo à distância.

“É para isso que existe o Facetime. Sexo virtual”, disparou Miley Cyrus , referindo-se ao aplicativo de ligações de vídeo da Apple, quando perguntada sobre como ela lida com o período longe do noivo, em entrevista ao programa de rádio de Howard Stern, na quarta-feira (12).

Seja para matar a saudade, como no caso da celebridade, ou simplesmente apimentar a relação com uma prática diferente, esse tipo de ato é uma saída para quem procura prazer, mesmo distante. 

Leia mais:  Modelos plus size organizam desfile para protestar por representatividade

“Dependendo de como a pessoa vive o relacionamento pela internet, se ele for eventual e com a clareza de que é parcial e permite apenas uma descarga momentânea de tesão, esse tipo de sexo pode ser saudável, sim”, afirmou o psicólogo e sexólogo Eduardo Yabusaki em entrevista prévia ao Delas .

Leia também: Sete atitudes para um relacionamento à distância dar certo

O que você precisa saber sobre sexo virtual


Na hora do sexo virtual, esqueça a vergonha! Seduza, faça gestos, provoque! E não se esqueça de se satisfazer também
shutterstock

Na hora do sexo virtual, esqueça a vergonha! Seduza, faça gestos, provoque! E não se esqueça de se satisfazer também

Claro que não há nada melhor do que sexo pele com pele, mas quando se tem um relacionamento à distância nem sempre é possível. Adeptos da prática afirmam que é possível conseguir se satisfazer diante de uma performance realista em frente à câmera. Para isso, é importante que ambos estejam relaxados e desinibidos para aproveitarem ao máximo a performance.

  • Precisa haver confiança. Esse é um requisito obrigatório antes de aceitar o convite para se exibir. Se você se sentir desconfortável, ou com medo de que as imagens vazem, não vai conseguir curtir o momento
    . Escolha uma pessoa que você conheça e que confie para praticar.
    Se for fazer com algum desconhecido, a dica é não mostrar o rosto, nem tatuagens ou marcas que possam ajudar a te reconhecer.

  • Ensaie antes. Para te ajudar a ficar mais confortável, um truque é ensaiar em frente a um espelho ou mesmo gravar um vídeo para você mesma, vendo quais posições são mais confortáveis e te deixam mais segura.
  • Imagem é (quase) tudo. Nesses casos, ter uma boa imagem sua e da pessoa com quem você está praticando é muito importante, já que boa parte das sensações que vocês terão serão provocadas a partir dos recursos virtuais. Portanto, capriche no visual e(por que não?) no cenário também.
  • Seduza e verbalize-se para ter e provocar prazer.  Movimente seu corpo, mexa no cabelo, faça posições provocantes… esqueça a vergonha e entregue-se ao momento. Essa é a hora de deixar qualquer pudor de lado e se soltar.
  • Busque fazer o que te dá prazer. Não esqueça que você também deve estar se divertindo. Sentir-se desejada e admirada é ótimo, mas é maravilhoso quando você aproveita isso para conseguir chegar ao orgasmo. Empenhe-se para se dar prazer e isso garantirá que quem te assiste também terá. 
Leia mais:  Perfil no Instagram faz sucesso ao expor mensagens de ex-namorados

Além do sexo virtual , há outras maneiras de deixar a relação apimentada mesmo longe. Veja outras dicas de como continuar  manter a convivência interessante com alguns hábitos e brincadeiras que ajudam a prevenir que o clime esfrie.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Mulher anuncia término de casamento com fantasma de 300 anos

Publicado

por

Em janeiro deste ano, o
Delas noticiou o casamento
da irlandesa Amanda Teague, 46 anos, com o espírito de um pirata haitiano chamado Capitão Jack, que supostamente morreu em 1700. Sim, um casamento com um fantasma!


Amanda Teague diz que se casou com pirata fantasma e relata que eles tinham encontros, discussões e fazem sexo
Reprodução/Daily Star

Amanda Teague diz que se casou com pirata fantasma e relata que eles tinham encontros, discussões e fazem sexo

Na época, Amanda disse Jack havia a escolhido porque ela é “dominante e difícil”, mas também uma mulher “muito leal”. A cerimônia do casamento aconteceu em um barco, já que o marido fantasma era um pirata, e contou com a presença de familiares e amigos. Após o casamento, ela passou a usar o sobrenome de Jack.

Leia também: 5 fetiches excêntricos que você provavelmente não conhece

No entanto, alguns meses depois, Amanda anuncia agora ao site “Daily Star” que o relacionamento com o pirata não caminhou tão bem quanto ela imaginava e, infelizmente, o casamento chegou ao fim. Amanda não chega a revelar o motivo do término, mas faz um alerta: “Tudo o que direi é: tenha cuidado ao brincar com espiritualidade”, afirma.

Sexo com fantasma


Ex-mulher de um fantasma, Amanda dá dicas de como manter relações sexuais com seres espirituais
Reprodução/Daily Star

Ex-mulher de um fantasma, Amanda dá dicas de como manter relações sexuais com seres espirituais

Durante o casamento com Jack, a irlandesa chegou a comentar que a relação foi consumada. Ela afirmava que mantinha relações sexuais com o ser sobrenatural. Era um sexo espiritual, que estava ligado a conseguir sentir a energia do outro. “Não tem nada a ver com masturbação”, comentou Amanda quando ainda era casada. 

Leia mais:  Campanha mostra vários tipos de vulva e celebra diversidade íntima feminina

A experiência era tão real que ela tinha até uma posição sexual favorita. “Bom, embora você possa sentir prazer em qualquer posição, o ‘missionário’ [quando o homem fica pr cima da mulher] provavelmente é a melhor para você começar porque é mais fácil sentir o peso dele [do fantasma] e, a partir daí, começar a relação”.

Leia também: Conheça a espectrofilia, fetiche sexual por fantasmas, espíritos e deuses

E ela não é a única pessoa a dizer que já teve experiências sexuais com seres do além, na verdade isso é um fetiche e tem nome: espectrofilia.

De acordo com Amanda, a espectrofilia é algo que existe há milhares de anos, mas as pessoas não falam sobre isso. Amanda diz que apesar de existirem teorias diferentes para essa experiência com um fantasma , o importante mesmo é analisar as situações para chegar à conclusão do que é ou não verdade.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana