conecte-se conosco


Esportes

Tribunal rejeita recurso do Boca Juniors e mantém final da Libertadores

Publicado


Final da Libertadores 2018 entre Boca Juniors e River Plate agita mundo do futebol
Divulgação
Final da Libertadores 2018 entre Boca Juniors e River Plate agita mundo do futebol

O TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) rejeitou neste sábado um recurso do Boca Juniors para cancelar a segunda partida da final da Copa Libertadores da América, contra o River Plate, e conceder o título ao clube xeneize.

Leia também: “Somos uma vergonha como país”, diz Benedetto sobre final fora da Argentina


Com a decisão, o Boca Juniors
esgotou as possibilidades de recurso para evitar entrar em campo neste domingo, no Santiago Bernabéu, em Madri.

O clube pedia o cancelamento do jogo por conta do ataque a seu ônibus no último dia 24 de novembro, nos arredores do Monumental de Núñez, estádio do River Plate
. Dois jogadores ficaram feridos na ocasião.

A segunda partida da final da Libertadores
havia sido remarcada para o dia seguinte, mas, como o Boca se recusou a entrar em campo alegando “desigualdade de condições”, a Conmebol decidiu levar a final para a Espanha.

Leia também: “Pensei que eu fosse burro, mas ganharam de mim”, diz Tevez sobre final

O clube xeneize tentava usar como precedente sua exclusão da Libertadores de 2015, quando jogadores do River foram atacados no túnel de acesso ao campo do estádio La Bombonera.

River Plate x Boca Juniors em Madri


Dario Benedetto, atacante do Boca Juniors
El Clarin / Reprodução
Dario Benedetto, atacante do Boca Juniors

Por conta da confusão nos arredores do estádio do River Plate, a final da Libertadores foi adiada e remarcada para o próximo domingo (09), no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. 
Para desta vez tudo ocorrer como o previsto, as autoridades espanholas confirmaram que esperam receber entre 400 e 500 torcedores violentos de ambas as equipes.

Leia mais:  Bicampeão da NFL é condenado a oito anos de prisão por tentativa de matar ex

“Estamos esperando entre 400 e 500 deste grupo. Sabemos que muitos têm antecedentes penais, mas confiamos no nosso plano de organização”, informou José Manuel Rodríguez Uribes, delegado do governo de Madri, em entrevista à “Cadena Ser”.

Na quinta, segundo Uribes, um dos líderes da torcida organizada “La 12”, do Boca Juniors, Maxi Mazzarro, foi deportado para Buenos Aires pouco depois de ter chegado em Madri.

Leia também: Técnico do River Plate desabafa sobre final em Madri: “Roubaram o torcedor”

A grande final da Libertadores entre River Plate e  Boca Juniors
acontece começa às 17h30 (de Brasília)

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Torcida do Corinthians pede demissão de Rosenberg após declaração machista

Publicado

por


Rosenberg tem sido alvo de campanha por sua demissão após declaração polêmica
Reprodução
Rosenberg tem sido alvo de campanha por sua demissão após declaração polêmica

Após uma declaração machista ao canal de esportes ESPN, a torcida do Corinthians se mobilizou nesta sexta-feira (22) numa campanha pedindo a demissão do diretor de marketing da equipe, Luis Paulo Rosenberg.

Leia também:  CBF vai arcar com o VAR no Brasileirão e quer volta da Supercopa do Brasil


“O apelo da marca Corinthians é tão grande que temos quatro grandes grupos interessados em vir. É mais ou menos … Eles se sentem na situação de estar vendo a esposa perfeita, com dotes culinários, formada com MBA no exterior, uma mãe de filhos maravilhosos, mas parece que tem um teste de Aids positivo. Como é que eu encaixo a camisinha é o grande desafio”, foi a declaração que deu início a campanha
.

A frase não caiu bem com a torcida, que subiu a hastag #ForaRosenberg. Dentre os argumentos para a demissão do diretor, muitas mulheres torcedoras questionam o clube que não é possível apoiar a campanha #RespeitaAsMinas e manter alguém que fez uma analogia machista num cargo importante para a instituição.

Em entrevista ao UOL,  Rosenberg
 tentou se explicar. “O sentido [da comparação] é que você tem uma marca de grande reverberação (o Corinthians), só o que as empresas veem (no cenário do futebol brasileiro e sul-americano) deixam elas assustadas”.

Leia mais:  Ederson revela depressão no início da carreira: “Pensei em desistir do futebol”

“O evento que aconteceu no Rio (confusão antes da final da Taça Guanabara, entre Vasco e Fluminense), a final da última Libertadores, essa  notificação da Conmebol,
esse ambiente de imprevisibilidade torna mais difícil fazer uma empresa investir por 20 anos”, concluiu.

Além da campanha de torcedores na internet, de acordo com o GloboEsporte.com, membros do conselho do Corinthians
enviaram uma carta ao presidente Andrés Sanchez em protesto contra a declaração de Rosenberg.

“Que o senhor, presidente, não leve em conta o impressionante currículo de fracassos do atual diretor de marketing em todas as empresas nas quais trabalhou e duas severas punições impostas a ele, do Banco Centra e CVM da Bolsa de Valores São Paulo, é difícil de entender, mas a opção é sua”, diz a carta assinada por 52 conselheiros.

Leia também:  Fifa pode rebaixar o Palmeiras para a Série B por causa de Del Nero? Entenda

Luis Paulo Rosenberg estava no programa para divulgar a atual campanha
do clube, o Corinthianismo, uma espécie de religião ligada ao clube e que foi lançada na semana passada.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Seleção masculina de basquete se classifica para Mundial da China

Publicado

por


Seleção masculina de basquete se classificou para o Mundial de 2019 que será disputado na China entre agosto e setembro
CBB
Seleção masculina de basquete se classificou para o Mundial de 2019 que será disputado na China entre agosto e setembro

Nesta quinta-feira (21), a seleção masculina de basquete do Brasil se classificou para o Campeonato Mundial da modalidade que será disputado entre os dias 31 de agosto e 15 de setembro na China.

Leia também:  CBF vai bancar o VAR no Brasileirão e anuncia volta da Supercopa do Brasil


A vaga para o Mundial
veio após a equipe de Aleksandar Petrovic vencer a seleção das Ilhas Virgens por 104 a 80. O Brasil é o único país, ao lado dos Estados Unidos, a participar de todas as edições da Copa do Mundo de basquete desde sua criação, em 1950.

O time Brasil estava no Grupo F das eliminatórias da América juntamente com Canadá, Venezuela, República Dominicana, Chile e Ilhas Virgens. As duas primeiras seleções também estão classificadas para o Mundial.

Argentina e Estados Unidos são as outras equipes já garantidas. O Uruguai está próximo da classificação, disputando vaga com Porto Rico.

Leia também:  Evento de Seiwakai em SP prega união e respeito entre os praticantes

O ala-pivô Rafa Mineiro comentou sobre a classificação da seleção. “A gente queria ter se classificado um pouco melhor [ficaram em terceiro no grupo], mas o importante é estarmos classificados. Agora vamos ter mais tempo de preparação para o Mundial e esperamos chegar lá bem melhor”.

Leia mais:  Jornalista acusa Real Madrid e UEFA de manipulação em sorteio da Champions

O técnico Petrovic fez questão de elogiar o grupo do Brasil
pelo feito. “Quero dar os parabéns a todos os jogadores pela classificação. Para mim, o mais importante é que depois de um ano já temos dois ou três jogadores jovens que já podem participar em nível internacional, como o Yago, Didi e, agora, Alexey”, disse ao site da CBB.

A seleção brasileira masculina
de basquete venceu o Mundial em duas oportunidades. Em 1959, em disputa com os Estados Unidos e em 1963, contra a Iugoslávia. Em 1970 foi a última vez que o Brasil chegou na final do Campeonato e perdeu justamente para a seleção da Iugoslávia.

Leia também:  Comissário da NBA apresenta ‘camisa do futuro’ antes do All-Star Game; veja

O Brasil ainda disputa um jogo da fase qualificatória. Na próxima segunda-feira, no Palacio de Los Deportes, em Santo Domingo, a equipe enfrenta a seleção da República Dominicana, que não conseguiu a classificação para o Mundial.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana