conecte-se conosco

  • powered by Advanced iFrame free. Get the Pro version on CodeCanyon.


Infraestrutura

Trecho da Avenida Brasil está interditado parcialmente para recape

Publicado

A Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) interditou meia pista de um trecho da avenida Brasil sentido Bairro-Centro, para a realização de obras de recuperação da via, em Tangará da Serra.

O recape faz parte da reestruturação do sistema de trânsito prevista para as quadras da Rua 28 até a rotatória com a Avenida Tancredo Neves. As vias serão recapeadas e devem receber nova sinalização de solo. Quanto ao prazo do serviço, o cronograma prevê bloqueio até o início da tarde desta quarta, devido a aplicação de capa asfáltica, que necessita de um intervalo entre quatro a cinco horas para a liberação da via em segurança de trafegabilidade.


Para evitar lentidão e congestionamentos, o tráfego foi desviado para a Rua 7,  sob orientação da Guarda Municipal de Trânsito.

Comentários Facebook
Leia mais:  Gestante fica abalada após acidente entre carro e moto no Centro de Tangará da Serra
publicidade

Infraestrutura

Bosque Municipal Ilto Ferreira Coutinho está fechado por 120 dias para obras de revitalização em Tangará da Serra

Publicado

O Bosque Municipal Ilto Ferreira Coutinho, localizado na Rua Júlio Maartinez Benevides, no Centro, está fechado desde segunda-feira (02) para obras de revitalização em Tangará da Serra.

As obras foram firmadas por meio de uma parceria entre a Prefeitura e a iniciativa privada e prevê pavimentação de paver nas pistas, fonte iluminada,  play ground, implantação de placa de identificação e novos brinquedos. A visitação ficará suspensa por 120 dias.


Maior reserva ambiental em área urbana possui uma vegetação de transição entre Cerrado e Floresta Amazônica.

Comentários Facebook
Leia mais:  Caminhão com carga inflamável tomba na MT-235 em Campo Novo do Parecis
Continue lendo

Infraestrutura

ANEL VIÁRIO: às vésperas da Exposerra o impasse entre estado e município impede a manutenção do trecho

Publicado

O impasse continua. Não há previsão de quando será realizada a manutenção do trecho de ligação entre a MT-358 e a MT-480, no Anel Viário André Antônio Maggi, em Tangará da Serra.

Constante alvo de reclamação, a má conservação do asfalto no percurso é tema de fácil solução e deveria ser abordado para fins de preservação dos direitos dos cidadãos. A responsabilidade civil é atribuída pela Secretaria de Infraestrutura (SINFRA) como parte do município. “A preservação do asfaltamento do Anel Viário, se encontra localizada dentro do perímetro urbano e aplicá-se a manutenção a esfera municipal, atribuindo a prefeitura, administrar a recuperação do trecho”, diz a assessoria.

Questionado sobre o apontamento feito pela Sinfra, o prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira, nega ser a reparação, responsabilidade da administração municipal, e destaca, haver uma relação permissiva com a construtora responsável pela obra.

“Nós temos 560 km de asfalto em Tangará que somos responsáveis pela conservação, e não cabe ao município fazer reparos no Anel Viário que é de jurisdição estadual, e apenas passa pelo perímetro urbano. A  Construtora Guaxe executou a obra e por Lei, deveria fazer a manutenção do local por cinco anos, mas há uma relação muito permissiva do estado com as construtoras. Já fizemos em outra ocasião uma parceria com a Sinfra, no governo anterior para tapar os buracos do trecho até a Serra Tapirapuã, mas não temos condições de arcar com a limpeza e tapa-buracos do Anel Viário todos os anos”, destaca o prefeito.


Um dos pontos mais críticos se encontra no entorno do Parque de Exposição, onde ocorrerá de 05 a 08 de setembro a 27º Exposerra e com o aumento do fluxo de veículos, o risco de acidentes aos usuários é elevado, devido aos buracos da via.

Leia mais:  Menino em bicicleta é atingido por moto no Bairro Monte Líbano

 

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana