conecte-se conosco


Tecnologia

TikTok é processado por coletar dados de crianças sem consentimento dos pais

Publicado

Olhar Digital

TikTok arrow-options
Divulgação

Tiktok teria coletado dados de crianças


A empresa controladora da TikTok , ByteDance , é processado por, supostamente, violar a Lei de Proteção Online das Crianças (COPPA). Os dados coletados foram retirados do aplicativo de vídeo, que era chamado de Musical.ly .

A ByteDance adquiriu o aplicativo em 2017 e, mais tarde, o renomeou como TikTok . De acordo com a denúncia de 3 de dezembro, a empresa coletou dados dos usuários com menos de 13 anos sem o consentimento explícito dos pais “desde, pelo menos, 2014” e vendeu para anunciantes.

Leia também: Google é processado por coletar dados de crianças no YouTube

A COPPA proíbe empresas de mídia social de coletar dados de crianças sem o consentimento explícito dos pais. A falha em obter essa autorização viola a lei e contribui para possíveis ações judiciais de órgãos reguladores, como a Federal Trade Commission (FTC).

“O TikTok tomou conhecimento das alegações da denúncia há algum tempo e, embora discordemos de grande parte do que é alegado na denúncia, estamos trabalhando com as partes envolvidas para chegar a uma resolução dos problemas”, disse um porta-voz do TikTok, acrescentando que a solução deve ser anunciada em breve.

Leia também: TikTok: como entrar e o que fazer na rede social do momento

Essa é apenas mais uma da série de acusações contra a empresa chinesa e seus aplicativos . Os legisladores temem que a ByteDance forneça dados de usuários americanos ao governo chinês e censure conteúdos críticos a Pequim. A empresa já enfrentou problemas legais por violar a COPPA.

No início de 2019, a FTC chegou a um acordo de US 5,7 milhões (R$ 24 milhões) por violações da lei com o Musical.ly. O YouTube também sofreu com alegações semelhantes em setembro, recebendo uma multa de US$ 170 milhões, pouco mais de R$ 716 milhões.

Comentários Facebook

Tecnologia

Xiaomi lança Redmi 9, Mi TV Stick e mais cinco dispositivos no Brasil; confira

Publicado

por


source
Xiaomi
Divulgação

Xiaomi fez sete lançamentos nessa quarta-feira

Nesta quarta-feira (29), a Xiaomi anunciou a chegada de novos dispositivos ao Brasil. Um dos grandes destaques é o lançamento do smartphone Redmi 9 , além da Mi Smart Band 5 , a quinta geração da pulseira inteligente que é bastante popular por aqui. No total, foram anunciados sete produtos, descritos abaixo. 


Redmi 9 – R$ 1.899,00

Contando com uma configuração intermediária, este aparelho da linha Redmi traz uma tela FullHD de 6,3 polegadas com um notch em gota. Já para fotos e vídeos, este celular vem com 4 câmeras traseiras, que contam com a IA para terem as suas imagens melhoradas. O seu sensor principal é de 13 megapixels e permite que fotos sejam capturadas com a resolução máxima de 4128 x 3096 pixels, além de gravar vídeos em Full HD. Por fim, a sua câmera para selfies é de 8 MP.

Mi Smart Band 5 – R$ 499,00

Xiaomi
Divulgação

Mi Smart Band 5


A pulseira inteligente da Xiaomi é uma das opções preferidas dos brasileiros que querem manter a boa forma e monitorar sua saúde com eficiência. Já este novo modelo vem com uma tela Super AMOLED um pouco maior e com a capacidade de mostrar mais cores. Outro destaque do produto fica para a sua autonomia, pois a sua bateria pode apresentar uma duração de até 14 dias interruptos de utilização.

Mi Smart Band 4C – R$ 299

A novidade, que não tem relação com a Mi Band 4 , tem uma tela colorida de 1,14 polegadas. A pulseira tem monitor de frequência cardíaca e qualidade de sono. A promessa é de que a bateria dura 14 dias longe das tomadas.

Mi TV Stick – R$ 499,00

As smart TVs fazem bastante sucesso por conta de trazer as funções de diversos aplicativos famosos como a Netflix para a sua tela, mas não é todo mundo que está disposto a investir em um produto destes. Já o Mi Stick TV acaba sendo uma solução para que televisores convencionais com uma porta HDMI possam rodar o Android TV .

Além disso, esse dongle da Xiaomi também é capaz de melhorar o áudio dos conteúdos reproduzidos nele graças às tecnologias DTS Surround e Dolby Audio. Não apenas isso, o Mi Stick TV também possui um ” chromecast integrado”, que permite a você interagir com ele usando o seu celular para, por exemplo, espelhar um vídeo sendo reproduzido localmente nele em sua televisão.

Mi True Wireless Earphones 2 Basic – R$ 399,00

Os fones de ouvido true wireless, aqueles que não contam com nenhum fio em seu corpo, estão cada vez mais populares devido ao conforto que oferecem. Já este modelo da Xiaomi tem como destaque a capacidade de oferecer uma autonomia para reproduzir músicas de forma contínua por até 5 horas.

Não apenas isso, para melhorar a qualidade das chamadas, o fone também traz microfones duplos e conta com o suporte para conexões  Bluetooth 5.0 .

Mi Router 4A Gigabit – R$ 399,99

Pela primeira vez, a Xiaomi está lançando um de seus roteadores por aqui, que como o seu nome já denuncia, é Gigabit e pode oferecer conexões rápidas. O dispositivo conta com memória RAM de 128 MB e 16 MB de ROM.

Mi Smart Sensor Set 2 – R$ 999,99

Já pensando em pegar um mercado que está crescendo bastante, a Xiaomi este kit de automação para dispositivos inteligentes , que conta com dois sensores de presença, dois sensores de abertura e um interruptor inteligente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Prepare o bolso: vazamento revela preço do iPhone 12

Publicado

por


source

Olhar Digital

iPhone 12
Unsplash/Medhat Dawoud

Apple planeja lançar o iPhone 12 em setembro


O usuário do Twitter @komiya_kj, que já “vazou” anteriormente informações corretas sobre produtos da Apple antes de seu anúncio oficial, publicou em seu perfil nesta segunda-feira (27) uma lista com os preços dos aparelhos da linha iPhone 12 . E a notícia não é boa para quem planeja um upgrade.


Segundo Komiya serão quatro modelos: iPhone 12 5G, iPhone 12 Max 5G, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max. Os preços variam de US$ 699 pelo modelo mais barato, o iPhone 12 5G com tela de 5,4″ e 64 GB de armazenamento interno, a US$ 1.499 pelo mais caro, o iPhone 12 Pro Max com tela de 6,7″ e 512 GB de armazenamento interno.

Veja abaixo a lista completa. Os preços em reais são apenas uma conversão de acordo com a cotação do dia, para referência.

iPhone 12 5G, tela de 5.4″

  • 64GB:  $699 (R$ 3.500)
  • 128GB: $749 (R$ 3.800)
  • 258GB: $849 (R$ 4.300)

iPhone 12 Max 5G, tela de 6.1″

  • 64GB: $799 (R$ 4.000)
  • 128GB: $849 (R$ 4.300)
  • 256GB: $949 (R$ 4.800)

iPhone 12 Pro, tela de 6.1″

  • 128GB: $1049 (R$ 5.300)
  • 256GB: $1149 (R$ 5.800)
  • 512GB: $1349 (R$ 6.900)

iPhone 12 Pro Max, tela de 6.7″

  • 128GB: $1149 (R$ 5.800)
  • 256GB: $1249 (R$ 6.400)
  • 512GB: $1449 (R$ 7.400)

Se correta, esta lista representa um aumento de preços em toda a linha. Hoje, um iPhone 11 “básico” com 64 GB de armazenamento interno custa US$ 699 (R$ 3.500), mas com tela de 6,1″. Na lista acima, este é o preço do modelo com uma tela menor, de 5,4″.

Para igualar o tamanho do iPhone 11 atual será necessário desembolsar US$ 799 (R$ 4.000) pelo modelo “Max 5G”, US$ 100 (R$ 512) a mais do que hoje. Os iPhone Pro e Pro Max também ficariam mais caros, com um aumento de US$ 50 (R$ 256) em ambos os casos.

Dois fatores explicariam o aumento do preço dos aparelhos: o suporte a 5G e uma mudança na tela dos modelos 12 e 12 Max, que em vez de painéis LCD produzidos pela BOE terão telas OLED produzidas pela Samsung , mais caras.

Komiya também divulgou o tamanho das baterias que serão usadas nos modelos, corroborando um  vazamento anterior que informava que os novos aparelhos terão baterias menores do que na geração atual.


Isso não quer dizer que os novos iPhones terão autonomia pior do que os modelos atuais. Lembrem-se de que a Apple desenvolve os próprios chips, e a otimização do hardware e software pode fazer com que um aparelho com bateria menor tenha a mesma autonomia que um modelo mais antigo e bateria maior.

A expectativa é que os iPhone 12 sejam apresentados em um evento em setembro, como é tradição na Apple . Os aparelhos devem chegar ao mercado já rodando o iOS 14 , que atualmente está em versão Beta .

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana