conecte-se conosco


Saúde

Telemedicina: CFM abre prazo de 60 dias para contribuições

Publicado

O Conselho Federal de Medicina (CFM) abriu prazo de 60 dias para receber contribuições relativas à Resolução nº 2.227/2018, que atualiza critérios para a prática da telemedicina no Brasil. Podem participar do processo conselhos regionais de medicina (CRMs) e demais entidades médicas.

A diretoria do CFM se reuniu ontem (6), em Brasília, com os presidentes dos 27 conselhos regionais (CRMs) . Durante o encontro, foram discutidos pontos relativos à publicação da resolução, que tem previsão de entrada em vigor em maio.

“O CFM concordou em receber dos CRMs, das entidades médicas e da categoria propostas para o aperfeiçoamento da norma. Elas serão analisadas e poderão ser implementadas, após deliberação do plenário do Conselho Federal de Medicina”, informou a entidade.

O detalhamento de como a consulta pública será conduzida será disponibilizado no site do CFM ainda esta semana.

Resolução

A Resolução nº 2.227/2018 autoriza a realização de consultas online, telecirurgias e telediagnóstico, entre outras formas de atendimento à distância. O texto estabelece a telemedicina como exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, educação, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde, podendo ser realizada em tempo real ou offline.

Para o CFM, as possibilidades que se abrem com a mudança normativa são “substanciais”, mas precisam ser utilizadas por médicos, pacientes e gestores “com obediência plena” às recomendações. No âmbito da saúde pública, o órgão considera a inovação “revolucionária” ao permitir a construção de linhas de cuidado remoto, por meio de plataformas digitais.

Leia mais:  De Graça: alunos queimam até 600 calorias por aula de ‘Aerodance’ em Tangará da Serra

Polêmica

Ontem (7), o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul, o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul e a Associação Médica do Rio Grande do Sul publicaram nota conjunta esclarecendo que não participaram do processo de elaboração da resolução.


“Além disso, reiteram que têm inúmeras críticas e sugestões para a melhor incorporação dessa tecnologia à boa prática médica e para a saúde da população”, destacou o comunicado.

Edição: Lílian Beraldo

Comentários Facebook
publicidade

Saúde

Prevenção e Detecção: exames de colo do útero e próstata serão entregues nesta terça e quarta

Publicado

Os exames preventivos e de diagnóstico precoce de câncer do colo de útero e próstata realizados no dia 05 de junho, a partir de uma parceria entre o Hospital do Câncer de Barretos e  Lions Clube, ficaram prontos e serão entregues nesta terça e quarta-feira (21), na sede do Clube, em Tangará da Serra.

Os exames devem ser retirados na sede do clube, localizado na Rua 22, nº486, Bairro Jardim Tangará II.

Para os exames de próstata, a triagem observou a faixa etária entre homens de 50 a 69 anos. Já os exames de colo de útero (papanicolau) foram destinados exclusivamente para mulheres com vida sexual ativa. O clube de serviços, mantém um convênio com o Hospital do Amor há cinco anos e em 2019 a meta é atender cerca de 600 pessoas com exames preventivos.


A triagem possibilitou a 50 mulheres e 40 homens os exames no ambulatório montado na carreta do Hospital do Amor, que esteve no município. De posse dos resultados, os pacientes que necessitarem de tratamento serão encaminhados. Mais informações, pelo Fone: (65)9. 9903-8910.

Comentários Facebook
Leia mais:  Tangará da Serra: Itamar Bonfim deixa secretaria municipal de Saúde para reassumir no Estado
Continue lendo

Mato Grosso

Criança de Arenápolis passa mal e morre após dias internada em Cuiabá

Publicado

Uma menina de 7 anos, residente em Arenápolis morreu na manhã desta segunda-feira (19), após uma semana internada em Cuiabá.

Segundo informações, no último dia (14) Maria Eduarda estava em casa sentiu fortes dores de cabeça, e foi levada ao Posto de Saúde local, e devido a crise convulsiva grave, encaminhada as pressas, ao Pronto-Socorro de Cuiabá. Depois de alguns dias internada na UTI, a garota não resistiu, sendo confirmada morte cerebral. Exames foram realizados para apontar a causa da morte, a princípio a suspeita era de  meningite, mas hipótese foi descartada. Os médicos constataram aneurisma cerebral, problema de saúde já apresentado pela menina desde os primeiros anos de vida.

Devido ao óbito a escola Estadual Alfredo de Araújo Granja, onde a menina estudava em Arenápolis, declarou luto e cancelou as aulas desta terça-feira (20). O corpo de Maria Eduarda está sendo velado na Igreja Evangélica Congregacional e o sepultamento está previsto para o período da tarde, no cemitério da cidade.


 

 

 

 

 

Da Redação, com informações Atual MT

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Tangará da Serra: Itamar Bonfim deixa secretaria municipal de Saúde para reassumir no Estado
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana