Connect with us

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Tangará registra aumento de 1.600% de contaminados pela Covid-19 em 60 dias

Publicado em

A Secretária Municipal de Saúde de Tangará da Serra, Gicelly Zanatta, revelou durante coletiva concedida à imprensa local que a maior parte dos moradores que procuram os atendimentos na rede pública de saúde não está com o esquema vacinal contra a Covid-19 completo.

Segundo a Secretária, Tangará contabiliza um aumento de 1.600% no registro de novos casos de moradores contaminados pelo vírus, a maioria não completou o esquema vacinal. “Atrasados para tomar a segunda dose, atrasados para terceira ou quarta doses, temos alguns casos inclusive de pessoas que não tomaram dose alguma”, revela.

Gicelly informou ainda que um levantamento feito pela Secretaria Estadual de Saúde (SES/MT) mostra que em Mato Grosso, 67,7% dos pacientes internados em leitos de UTI não possuem nenhum esquema vacinal completo.

“Se temos uma vacinação preconizada pelo Ministério da Saúde para que sigamos um cronograma nacional é importante que o façamos já que não temos uma vacina que erradica a doença e sim que aumenta a imunidade, trazendo formas mais brandas de contaminação”, salienta.

Levantamento revela que contaminados somam 59% mulheres e 41% homens que não completaram esquema vacinal

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra revelou com exclusividade à reportagem do site, que entre os moradores contaminados pela Covid-19, 59% das mulheres e 41% dos homens não completaram o esquema vacinal.

14% dos contaminados não tomaram sequer 1ª dose. 48% não receberam 2ª aplicação

Outro dado apresentado pela Saúde de Tangará revela que a média de idade dos contaminados é de 41 anos e que a maior parte não tomou nem mesmo a 2ª dose da vacina. “Temos um aumento significativo de casos e acreditamos que ainda há muita subnotificação, pois muitas pessoas com sintomas estão optando por seguir o isolamento sem realizar o teste”, afirma Gicelly.

1° dose: 14%
2° dose: 48%
3° dose: 30%
4°dose: 1%
Nenhuma dose: 5%
Não está na faixa etária: 2%

“Prevenção à Covid-19 está relacionada aos bons hábitos higiene pessoal”, frisa Secretária

“Orientamos o uso de máscaras, principalmente em ambientes fechados. Pedimos que as pessoas retomem os hábitos agregados durante o pico da pandemia, tais como boa higienização das mãos, evitar colocar as mãos nos olhos, evitar aglomerações. Importante preservarmos os cuidados de higienização”, pontua Gicelly.

Tangará está sem leitos de UTI, mas Secretária garante que em caso de necessidade, Município transporta paciente em UTI móvel

Atualmente Tangará da Serra não possui leito de UTI para tratamento da Covid-19, porém, a Secretária Gicelly Zanatta garantiu durante a coletiva que em caso de necessidade, o Município promove o transporte com equipe de UTI móvel até o local onde o paciente receberá tratamento de forma adequada.

“Caso o paciente precise de UTI, é feita a regulação como em todos os outros casos. Então o paciente é regulado via Regulação Estadual, promovemos o transporte com equipe de UTI móvel até o local onde ele receberá o seu tratamento de forma adequada, mas temos percebido que a nossa gravidade é bem reduzida”, frisou.

Tangará da Serra

Palestras levam informações sobre práticas alimentares saudáveis aos Centros Municipais de Ensino

Published

on

A Secretaria Municipal de Educação (Semec), por meio do setor de Alimentação Escolar, tem levado uma série de palestras aos Centros Municipais de Ensino (CME’s) com foco na Educação Nutricional, conforme previsto no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), que tem por objetivo estimular a adoção voluntária de práticas e escolhas alimentares saudáveis, que colaborem para a aprendizagem, o estado de saúde do escolar e a qualidade de vida do indivíduo.

Ao longo do ano as nutricionistas Juliana Jander e Hylana Siqueira executam a educação nutricional nos CME’s, seguindo um cronograma anual com diversas atividades. Juliana Jander é encarregada por executar o cronograma de palestras sobre alimentação saudável para os alunos do Ensino Fundamental, do 1º ao 5 º ano, e nesse primeiro instante o tema abordado por ela foi “Por que comer?”.

Já a nutricionista Hylana Siqueira, que é responsável em executar o cronograma de palestras para os alunos da Educação infantil, do Maternal ao Pré 2, tem repassado aos alunos nesse semestre informações com o tema: “Conhecendo mais sobre os alimentos”.

De uma forma lúdica, as nutricionistas realizam as palestras repassando informações através de música, brincadeiras e explicações. A participação dos alunos durante as apresentações tem sido muito satisfatória, onde ele aprendem brincando sobre a importância para a saúde de alimentar-se bem.

Nesse primeiro semestre já foram desenvolvidas palestras nos CME’s para os alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental e, ainda nesse semestre, serão realizadas palestras para os anos finais do Ensino Fundamental, bem como o desenvolvimento do projeto Programa Saúde na Escola (PSE) para os anos iniciais e finais.

Alexandre Rolim/Assessoria Semec

Continue Reading

Tangará da Serra

Jovem é assassinado com vários tiros na frente da mãe em Tangará da Serra

Published

on

Nesta noite de terça-feira, 16, em Tangará da Serra, mais um homicídio foi registrado. O crime tem características de execução e aconteceu na Rua 17, entre os bairros Jardim Esmeralda, Jardim Vitória e Jardim Monte Líbano.

A vítima foi identificada como Maycon dos Santos, 29 anos. Ele foi assassinado no bar da própria mãe com diversos disparos de arma de fogo.

De acordo com as informações repassadas à reportagem, Maycon estava sentado na frente de sua mãe, quando foi alvejado pelos criminosos que teriam chegado ao local em uma motocicleta. Um deles desceu e efetuou vários disparos.

Segundo a Polícia Militar, acionada para atender à ocorrência, Maycon havia deixado a prisão há pouco tempo.

Continue Reading

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana