conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Tangará: Presa em ‘boca de fumo’ jovem alega que “ajudava namorado acidentado”

Publicado

A Polícia Militar, através da Força Tática de Tangará da Serra, desmantelou uma ‘boca de fumo’ que funcionava no bairro Santa Terezinha, região residencial e considerada tranquila da cidade. A ação obteve êxito graças ao monitoramento que estava sendo feito pela equipe de Inteligência da PM.

“As equipes estavam monitorando uma situação de provável boca de fumo no bairro Santa Terezinha, onde observamos uma movimentação estranha de chegada e saída de vários veículos. Com base nessas informações, nossas equipes de trabalho ostensivo da Força Tática foram até o local e conseguiram fazer a abordagem no ponto exato onde funcionaria essa boca de fumo”, informou o Tenente Coronel PM Osmário Júnior, comandante da Força Tática de Tangará.

Nesse local foi encontrada uma jovem de 22 anos com parte do entorpecente. Segundo o Tenente Coronel, durante a abordagem ela afirmou que aquele entorpecente pertencia a seu namorado e que ela estava “fazendo um favor a ele”. Ela revelou ainda que mais entorpecentes estavam escondidos em uma região de mata no Jardim do Sul.

Repressão ao crime organizado em Tangará

O Tenente Coronel PM Osmário Júnior enfatizou que esta ação serviu também como repressão ao crime organizado que atua na cidade. “Em diligência, as equipes conseguiram localizar essa vasta quantidade de entorpecentes. Temos informação ainda que essa droga pertencia a facções criminosas. É importante destacar a repressão a esse tipo de crime organizado em Tangará da Serra”, pontuou Osmário.

A jovem não tinha passagens criminais, porém o namorado possui várias passagens por tráfico de drogas. Ele teria se acidentado recentemente e estaria hospitalizado em Cuiabá. Todo o entorpecente foi apreendido e encaminhado para a Polícia Judiciária Civil que dará sequência às investigações.

Drogas apreendidas já estavam preparados para serem comercializados

A Força Tática apreendeu, tanto na casa da Santa Terezinha, quanto no matal do Jardim do Sul, 1,006 kg de substância análoga à maconha, 424 gramas de substância análoga à cocaína, 250 gramas em porções grandes de substância análoga à pasta base de cocaína e R$ 470 em dinheiro.

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Polícia Civil intercepta armas que seriam levadas a facção e impede ‘vingança’ por morte no domingo

Publicado

Após investigação, Polícia Civil de Tangará da Serra tomou conhecimento de que criminosos que fazem parte de uma facção criminosa que atua no município, em ato de vingança ao homicídio ocorrido no último domingo, 03, teriam jurado de morte integrantes de outra facção rival.

Os policiais passaram a acompanhar uma mulher que faria a entrega de armas de fogo para outros integrantes, incumbidos, segundo a PJC, de realizar a execução dos rivais.

Os policiais flagraram o momento em que essa mulher se encontrou com um criminoso no Bairro Morada do Sol e deixou com ele uma arma de fogo. “Ela estava uma camionete S10 quando os policiais a abordaram na Avenida Ismael José do Nascimento e apreenderam com ela dois revólveres calibres 38 e 44”, informou a polícia.

O motorista da camionete apresentou uma carteira de habilitação falsa e também foi preso. “Os policiais mantiveram vigilância no indivíduo do Bairro Morada do Sol que teria recebido a terceira arma e quando ele se preparava para deixar sua casa, foi surpreendido pelos policiais civis”, completou a polícia.

O indivíduo que possui diversas passagens, resistiu a prisão e tentou disparar nos policiais, que agiram em legítima defesa e alvejaram o indivíduo na região da cintura como forma de cessar a agressão. “O indivíduo foi socorrido pelo SAMU e levado ao hospital municipal. Nenhum dos policiais ficou ferido durante a ação. Dessa forma então foram apreendidos três revólveres e 37 munições em poder dos criminosos, impedindo a ocorrência de mais assassinatos”, concluiu a PJC.

Continue lendo

Tangará da Serra

Homem é preso após correr pelado atrás de crianças e mulheres em Progresso

Publicado

Visivelmente embriagado, um homem de 46 anos que não teve sua identidade confirmada acabou sendo preso na tarde de sábado, 02, após ser flagrado completamente nu correndo atrás de mulheres e crianças que passavam na frente de sua casa no Distrito de Progresso, em Tangará da Serra.

Para deter o indivíduo, os moradores acionaram por volta das 15h, a Polícia Militar. De acordo com as informações repassadas à reportagem, o homem agia sob efeito de álcool. A PM localizou o suspeito caído no chão da área de sua casa, ainda sem roupas.

Conforme a polícia, o homem estava descontrolado, alcoolizado e por conta disso acabou resistindo à prisão, sendo contido, algemado e levado para a delegacia. O caso segue investigado.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana