conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Tangará chega a 289 mortes por Covid-19. Cidade caminha para lockdown

Publicado

Tangará da Serra chega nesta sexta-feira, 04, a 289 mortes por Covid-19. Em pouco mais de cinco meses, ou seja, de janeiro até hoje, são 189 óbitos registrados a mais do que todo o ano de 2020, quando a pandemia iniciou em todo o mundo. Os dados são diariamente revelados através do boletim publicado pela Secretaria Municipal de Saúde através da Vigilância Epidemiológica.

Conforme o boletim, a cidade chegou a 14.138 pessoas já contaminadas pelo vírus, sendo que dessas, 13.508 se curaram. Atualmente, 282 estão em isolamento domiciliar e 59 internadas. Nas últimas 24 horas 256 moradores foram considerados suspeitos de terem contraído a vírus. De um total de 126 testes realizados, 34 deram positivo, 27% de contaminados entre os testados.

O índice de ocupação dos leitos de UTI pública está em 85%, privada em 95% e de enfermaria pública em 39%. Atualmente Tangará da Serra conta com 10 leitos de UTI exclusivos e mais 10 que são regulados pelo Estado.

Tangará em risco de lockdown

Com o número elevado de mortes registradas, o alto índice de novos contaminados e a crescente taxa de ocupação dos leitos de UTI, Tangará da Serra caminha pela primeira vez para o lockdown. Essa decisão deverá ser tomada e anunciada até a próxima segunda-feira, 07, conforme estabelece Decreto assinado pelo Prefeito Vander Masson.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do Município, o risco de lockdow é iminente. “O índice de contaminação está em 23,5% e o Decreto Municipal deixa claro que se o Município não ficar abaixo de 18% haverá lockdow, dessa forma, automaticamente, se não baixar até segunda-feira, dia 7, quando vencem os 18 dias estabelecidos por Decreto, terá que ser adotado o lockdow”, diz nota da Assessoria.

Na segunda-feira o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 se reunirá na Prefeitura para definir o conteúdo de um novo Decreto que deverá ser publicado na terça-feira, 08.

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Município retoma aulas presenciais, seguindo medidas sanitárias e de biossegurança

Publicado

Após reuniões técnicas realizadas na última semana, a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), da Prefeitura Municipal, retornou às aulas presenciais na rede municipal de ensino de Tangará da Serra. Devido ao risco muito alto de contaminação pela Covid-19, aumento de casos suspeitos e confirmados e de ocupação das UTI’s, a SEMEC, decidiu suspender o atendimento às aulas presenciais em todos os Centros Municipais de Ensino e antecipar as férias escolares, como medida preventiva para conter a propagação viral.

Na última quarta-feira, dia 16 de junho, reuniões foram realizadas contando com a participação de todos os diretores dos Centros Municipais de Ensino, e na sexta-feira, dia 18 de junho, outras reuniões com todos os coordenadores, tanto da Educação Infantil como do Ensino Fundamental (Anos Iniciais e Finais). Nos encontros, estavam também presentes o Secretário Municipal de Educação Prof. Vagner Constantino Guimarães, a Chefe do Departamento de Gestão Pedagógica e Políticas Públicas Educacionais Prof. Eliane Santiago de Lima, além dos demais profissionais integrantes da SEMEC, com o intento de buscar soluções diretivas diante do contexto.

Além disso, quase 100% dos profissionais da educação de Tangará da Serra receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 (AstraZeneca e Pfizer), a convocação e contratação de novos profissionais, que foram aprovados no último Teste Seletivo, e conforme anteriormente planejado via portaria (Portaria nº 004/2021 – SEMEC), findado o prazo de suspensão das atividades escolares, ficou-se estabelecido, portanto, o retorno às aulas presenciais a partir desta terça-feira, dia 22 de junho, em todas as unidades escolares do Sistema Público Municipal de Ensino de Tangará.

Assessoria SEMEC

Continue lendo

Tangará da Serra

Vereador Eduardo Sanches visita cidades do Nortão para conhecer Projeto Alvará Fácil

Publicado

O vereador Eduardo Sanches (PSL) esteve em visita a cidades do norte do estado, e participou da implantação do projeto do “Alvará Fácil”, em Sorriso. A intenção é trazer o projeto para Tangará da Serra. O programa Alvará Fácil auxiliará a expedição do Alvará de Construção, objetivando acelerar o ritmo do processo de autorização para a execução.

Depois de sancionado, poderão ser licenciados os projetos de construção de residências unifamiliares e os projetos comerciais, abrangidos na Categoria de Uso Compatível, com área construída de até 750 m², além de outros requisitos, de acordo com a Lei de Uso e Ocupação do Solo vigente no município. O prazo de validade do Alvará Fácil será de 12 meses.

Mesmo com a pandemia a construção civil continua em ritmo acelerado e Tangará da Serra teve números de crescimentos expressivos na emissão de alvarás nos anos de 2020 e 2021.

Segundo Eduardo Sanches o Alvará Fácil chegou para facilitar a vida dos proprietários que desejam construir e profissionais. “Com o alvará fácil, os trâmites para a liberação dos projetos terão maior celeridade. O cidadão que tem urgência em construir não precisará esperar até 30 dias para ter acesso ao alvará, agora, o contribuinte sai com o alvará provisório em até 48h. Sem burocracia, menos papelada e muito mais rapidez”, explica vereador.

Também estiveram presentes na reunião, o secretário de Cidade, Ednilson Oliveira, o deputado estadual, Ulysses Moraes (PSL), e o vereador de Sorriso, Diogo Kriguer (PSDB). O parlamentar Eduardo Sanches finalizou sua agenda em Sinop.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana