conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Sem categoria

Suicídio: Adolescente de 14 anos é encontrada morta em casa em Tangará da Serra

Publicado

Uma adolescente do sexo feminino, de apenas 14 anos de idade, foi encontrada morta em sua casa no Jardim Monte Líbano, em Tangará da Serra, no final da tarde desta quarta-feira, 18. De acordo com as informações policiais, ela cometeu suicídio por enforcamento.

O SAMU chegou acionado, mas o óbito da menina foi constatado. Polícias Militar, Civil e Politec acompanharam a ocorrência chocante.

Peça ajuda!

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero.

Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

Onde buscar ajuda para prevenir o suicídio?

Há algumas possibilidades de auxílio quando o assunto é o suicídio. A principal delas, além das Unidades de Saúde, é o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), ponto de atenção estratégico a saúde mental, de caráter aberto e comunitário, constituído por equipe multiprofissional e que atua sobre a ótica interdisciplinar e realiza prioritariamente atendimento às pessoas com sofrimento ou transtorno mental.

Em Tangará da Serra, o CAPS está localizado na Rua Euclides Geraldo de Medeiros, 938, Centro. O telefone é o 65 3326 4450. O atendimento é gratuito.

Outras possibilidades de ajuda:

Unidades Básicas de Saúde

A Unidade Básica de Saúde (UBS) é o contato preferencial dos usuários, a principal porta de entrada e centro de comunicação com toda a Rede de Atenção à Saúde. É instalada perto de onde as pessoas moram, trabalham, estudam e vivem e, com isso, desempenha um papel central na garantia de acesso à população a uma atenção à saúde de qualidade.

UPA 24H

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) faz parte da Rede de Atenção às Urgências. O objetivo é concentrar os atendimentos de saúde de complexidade intermediária, compondo uma rede organizada em conjunto com a atenção básica, atenção hospitalar, atenção domiciliar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192.

Centro de Valorização da Vida

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email, chat e voip 24 horas todos os dias.

O número de contato gratuito é 188.

A ligação para o CVV em parceria com o SUS, por meio do número 188, são gratuitas a partir de qualquer linha telefônica fixa ou celular.

Também é possível acessar o site do CVV para chat, Skype, e-mail e mais informações sobre ligação gratuita, ou conferir aqui os postos de atendimento.

Comentários Facebook

Sem categoria

Condutor de carro não respeita sinalização e bate em motociclista

Publicado

Mais uma ocorrência de trânsito registrada entre vias de grande fluxo de veículos em Tangará da Serra. Dessa vez, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e uma guarnição da Polícia Militar foram acionados por conta de um acidente provocado por falta de atenção de um dos envolvidos.

De acordo com as informações repassadas pela polícia, o condutor de um veículo pampa não respeitou a sinalização de trânsito, invadiu a pista e colidiu contra uma motocicleta que era conduzida por uma mulher que acabou sofrendo diversas lesões.

“Acidente registrado no cruzamento da Rua 1 com a 34 e a Rua Paraná. São três ruas que se cruzam, onde aconteceu uma colisão entre carro e moto. Quando chegamos no local a condutora da motocicleta estava no solo e de acordo com informações de populares ela trafegava pela Rua 1 quando foi surpreendida por um veículo que não respeitou a sinalização”, informou a polícia.

De acordo com o Samu, a vítima sofreu uma fratura no fêmur e em uns dos dedos do pé esquerdo. “Ela estava bastante assustada tanto que quando a colocamos dentro da ambulância ela acabou ficando meio que desconexa, sentindo muitas dores. Realizamos os primeiros procedimentos e a encaminhamos para a UPA para maiores averiguações”, explicou.

Continue lendo

Sem categoria

MT Par apresentará projeto para construção de mil casas em Tangará da Serra nesta sexta

Publicado

Imagem Ilustrativa

O presidente do MT Participações e Projetos S.A (MT PAR), Wener Santos, apresentará nesta sexta-feira, 18, o projeto Mais Habitação à população e aos vereadores de Tangará da Serra, durante reunião na Câmara Municipal. A apresentação acontecerá às 10h, com a presença do presidente da instituição, vereadores (atuais e eleitos para a próxima legislatura), assim como representantes do Executivo Municipal – prefeito eleito Vander Masson (PSDB) e equipe, e o deputado Estadual Dr. João José de Matos (MDB).

Na oportunidade, de acordo com Wener Santos, será realizada a apresentação do programa Mais Habitação, fruto de parceria entre as prefeituras, Caixa Econômica Federal e Governo do Estado, por meio do MT PAR e da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

“Esta semana estamos no Nortão, com a equipe do governador Mauro Mendes falando sobre infraestrutura e habitação e sexta-feira estaremos na Câmara, junto com os vereadores, prefeito eleito e deputado Dr. João, convidando o Município para parceria na área de habitação em Tangará da Serra”, adianta Wener Santos, em entrevista ao Diário da Serra.

O objetivo, segundo ele, é que o Município entre com a área, Governo do Estado com a parte de infraestrutura e o munícipe financia a casa pelo programa Verde e Amarelo, do Governo Federal. “A tendência é que a gente construa casas maiores, melhores e com descontos de 20, 30, as vezes até 40% do valor de mercado hoje, dando viabilidade para que as pessoas consigam morar melhor, pagando menos. Esse é o objetivo da nossa ida a Tangará da Serra, para explicar esse programa e se Deus quiser, torcer para que a sociedade aceite bem a ideia, prefeito e vereadores, e que a gente possa realizar este empreendimento em Tangará”.

O empreendimento prevê a construção de 1.000 unidades habitacionais no município, com dois módulos de 500 unidades. “O objetivo é construir casas maiores, melhores e com a infraestrutura completa para a população, com preços mais acessíveis”, finaliza, ao garantir que qualquer cidadão tem o direito de fazer parte do programa, desde que se enquadre aos requisitos exigidos pelo programa.

Fonte: Diário da Serra

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana