conecte-se conosco


Tecnologia

Spotify para iOS ganha novo visual

Publicado

source

Olhar Digital

O Spotify está de cara nova para quem tem um smartphone da  Apple . O aplicativo do streaming de músicas recebeu uma atualização para a versão mobile no  iOS , com três mudanças em sua interface.

Modo escuro no WhatsApp Web: saiba como ativar a funcionalidade

A primeira é a presença de um novo botão para “Reprodução aleatória”. O ícone é formado por um círculo verde com o tradicional símbolo de ordem aleatória em um outro círculo menor sobreposto. Além disso, o aplicativo acrescentou uma “Barra de ação”, com as opções de curtir, downloads e mais.

Reprodução

“Todas as ações, incluindo ‘curtir’, ‘reproduzir’ e ‘baixar’ para usuários Premium são agrupadas em uma barra na parte central da tela. Além disso, o download para ouvir sem Wi-Fi (para nossos usuários Premium) agora tem um novo ícone – o mesmo que usamos para podcasts .

Ademais, a nova barra é o seu lugar único para tudo o que você deseja fazer com apenas uma mão – a experiência é muito mais adaptável e responde ao tamanho do seu dispositivo”, escreveu o Spotify em seu blog.

Novidade: Uber traduz mensagens em mais de 100 idiomas

A última novidade foi uma reformulação na lista de músicas. Agora, a arte da capa do álbum estará visível ao lado das músicas na aba das playlists , pesquisa e sua biblioteca . A empresa afirma que isso vai facilitar a navegação no aplicativo e a localização das músicas.

Aqueles que utilizam smartphones  Android  vão ter que esperar um pouco mais para ver as mudanças, já que o novo design deve chegar em breve.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook

Tecnologia

Anvisa bloqueia Zoom em seus computadores

Publicado

por

source
Zoom arrow-options
Unsplash/Allie Smith

Aplicativo Zoom passa por diversos escândalos de privacidade


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa ) bloqueou o uso da ferramenta Zoom em seus computadores. A medida veio depois da identificação de possíveis falhas de segurança no aplicativo

A Anvisa afirma que sua equipe de Tecnologia da Informação acompanha os recentes acontecimentos que envolvem o Zoom . Recentemente, várias falhas de segurança foram encontradas na plataforma por especialistas do mundo todo, o que poderia dar espaço para a ação de hackers

Leia também: Zoom é seguro? Entenda os escândalos de privacidade envolvendo o aplicativo

O próprio CEO do Zoom , Eric Yuan, admitiu, em entrevista ao The Wall Street Journal, os erros que a empresa teve ao tentar proteger a privacidade de seus usuários. 

Ele afirmou, ainda, que a empresa já trabalha na correção dessas falhas, e se esforça para construir uma criptografia de ponta a ponta nas videoconferências realizadas no Zoom

A Anvisa afirma que aguarda essas correções de software que devem ser disponibilizadas pelo aplicativo para, então, poder reavaliar seu posicionamento.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Google derruba recurso para evitar queda de sites de combate à pandemia

Publicado

por

source

Olhar Digital

Google Chrome arrow-options
Unsplash

Google desabilita função de privacidade do Chrome


O Google decidiu desfazer uma mudança implementada recentemente no Chrome por causa do novo coronavírus (Sars-CoV-2). A empresa optou por reverter um update que mudaria a forma como o navegador lida com cookies e que poderia fazer com que sites parassem de funcionar adequadamente.

A versão 80 do Chrome , liberada em fevereiro, trouxe uma alteração fundamental na forma como interpreta os cookies SameSite , visando melhorar a privacidade dos usuários dificultando alguns tipos de rastreamento por sites de terceiros, como explica o 9to5Google . No entanto, essa transição tem um efeito colateral: quebrar alguns sites que não tenham sido atualizados recentemente para se adaptar.

Leia também: Quer encontrar a cura para a Covid-19? Seu computador pode ajudar

A empresa entendeu que este momento, durante a pandemia da Covid-19 , não era o momento ideal para fazer com que nenhum site parasse de funcionar, sob o risco de tornar inacessíveis serviços essenciais , como o e-commerce ou páginas informativas de governos , como explica a empresa no blog oficial.

O Google diz que não desistiu de implementar a mudança, mas que temporariamente a função foi desabilitada a partir de sexta-feira (3). A expectativa da empresa é que seja possível reativá-la a partir do terceiro trimestre.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana