conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Sogra e genro são presos por aplicarem golpe durante venda de moto em Tangará

Publicado

A Polícia Judiciária Civil de Tangará da Serra conseguiu capturar e prender uma dupla de criminosos que atuou aplicando golpe em uma mulher que acabou perdendo cerca de R$ 2.500 na negociação de uma motocicleta.

A vítima informou à PJC que estava adquirindo uma motocicleta. Ela realizou um depósito no valor de R$ 1.500 e um pix de R$ 1 mil na conta bancária de uma moradora de Tangará Serra.

“Identificamos a quem pertence a conta e diligenciamos até a residência dela. Ao encontrarmos a suspeita ela nos informou que o seu genro havia utilizado sua conta bancária para receber esse valor”, informou a polícia.

De imediato a Polícia Judiciária Civil conseguiu localizar o indivíduo e ambos foram conduzidos para a delegacia em flagrante. A sogra responderá pelo crime de receptação culposa e com o genro que movimentava a conta dela constantemente, a polícia localizou uma porção de cocaína e dessa forma ele foi autuado pelo uso de drogas e estelionato.

“O estelionato eletrônico é um crime que foi atualizado no ano passado e estabelece reclusão de 4 a 8 anos. O suspeito foi autuado em flagrante sem direito a fiança, sendo colocado à disposição da justiça para que as medidas cabíveis sejam tomadas”, completou a polícia.

O valor pago pela vítima não foi possível ser recuperado pois o suspeito havia realizado transações utilizando o montante que ela havia transferido para a conta da sogra. “Conseguimos identificar o que podemos chamar de começo de um grupo que atua como falsos intermediadores, utilizando redes sociais para replicar anúncios de vendas de veículos e imóveis, aplicando golpes em vítimas que pensam estar adquirindo produtos que ficarão sob sua posse”, pontuou a PJC.

Uma das práticas desse tipo de crime, conforme o investigador da PJC, é colocar o preço do produto bem abaixo do praticado no mercado e realizar negociações sem contato direto com a vítima, numa espécie de negociação verbal.

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Bandido arromba e furta loja na Ismael do Nascimento. “Insegurança”, diz vítima

Publicado

Um criminoso arrombou a porta e furtou uma loja localizada na Avenida Ismael José do Nascimento, em Tangará da Serra. O crime aconteceu nesta madrugada de sexta-feira e toda a ação foi registrada por câmeras do circuito interno da empresa.

Veja abaixo os vídeos da ação criminosa desta madrugada

Conforme as imagens, por volta das 2h35, o bandido inicia uma série de tentativas de arrombar a porta da loja, forçando a abertura com alguns objetos. Um carro se aproxima e ele sai andando, disfarçando como se apenas passasse pelo local.

Poucos segundos depois ele volta e retoma as tentativas de arrombar a porta da loja. O criminoso sai mais duas vezes, quando motocicletas passam. Ele leva cerca de 6 minutos para arrombar a porta e entrar no estabelecimento comercial.

No interior da loja, o criminoso segue direto para o caixa, em seguida, inicia a captura dos objetos de maior valor. “Levou objetos pequenos, mas de maiores valores como relógios, perfumes, calças de marca, camisetas”, disse a proprietária em entrevista ao programa Tangará 40 Graus da TV Cidade Verde.

O bandido leva aproximadamente 3 minutos para furtar os objetos e deixar o interior do empreendimento, tomando rumo ignorado. Hoje pela manhã a dona da loja registrou o boletim de ocorrência. “É muito constrangedor, para mim que sou empreendedora da cidade. A gente trabalha, luta todos os dias, e chegar lá e ver que foi roubado”, lamentou a empresário durante a entrevista.

“Tem que transformar a loja em uma prisão com grades”, diz lojista

“Não tenho esperança de recuperar os objetos, mas desejo a prisão para que ele não faça isso com outro comerciante, tirando a paz do comércio. Não podemos deixar uma luz ligada para que as pessoas vejam a mercadoria, tem que transformar a loja em uma prisão, com grade. A sensação é de insegurança”, afirmou.

Continue lendo

Tangará da Serra

CNH vencida entre janeiro a junho de 2021 deve ser renovada até dia 31 de julho

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) reforça aos motoristas que estão com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida entre janeiro a junho de 2021 que têm até o dia 31 de julho para regularizar o documento. O prazo para renovação foi reestabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) por meio da deliberação Contran n° 253.

Para renovar a habilitação, o motorista pode baixar o aplicativo MT Cidadão ou acessar o site oficial do Detran (www.detran.mt.gov.br) e fazer o serviço de forma online, sem sair de casa. No caso de renovar de forma online, a única etapa que exige deslocamento é para realização do exame médico.

Pelo aplicativo MT Cidadão é possível renovar a CNH inclusive de condutores profissionais e os que necessitam de junta médica, como os condutores PCD.

O Detran ressalta que existem casos em que o condutor deverá realizar a renovação da CNH somente de forma presencial, com agendamento prévio do atendimento pelo site do Detran (www.detran.mt.gov.br).

Situações que necessitam de atendimento presencial: mudança e adição de categoria da habilitação, processo de transferência de CNH de outro Estado, registro de estrangeiro e alteração de dados cadastrais (nome, nome de mãe, número de CPF) que precisam ser informados ao Senatran.

Mais informações no Disque Detran: (65) 3615-4800 ou pelo e-mail: [email protected]

Com informações de Detran-MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana