conecte-se conosco


Mato Grosso

Setas recebe certificação de responsabilidade social da ALMT

Publicado

A Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT) recebeu o Certificado de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A sessão solene para entrega foi realizada na última segunda-feira (03/12).

Na ocasião a secretária da Setas, Mônica Camolezi, foi homenageada com a Moção de Congratulação – no ato representada pela secretária adjunta de Assistência Social, Marli Luz. O superintendente de Inclusão Social, Aparecido Cavalcante e a contadora Wanderneia Pereira também receberam a homenagem.


A Setas faz gestão de política pública social, também exerce seu papel com a responsabilidade social e intensificou suas ações desde o espetáculo Auto da Paixão quando inseriu nas qualificações trabalhadores do aterro sanitário, indígenas, migrantes haitianos que participaram do evento como atores e figurantes.

De acordo com Aparecido Cavalcante, superintendente de Inclusão Social, a certificação é viabilizadora de recursos públicos e aumenta o ‘status quo’ da Setas alinhando a secretaria com as de outros estados.  “A Setas pela primeira vez recebeu essa certificação, isto para nós é muito importante. É um marco, pois é a primeira vez que a assistência social recebe esse reconhecimento. Desenvolvemos política pública social e também responsabilidade social”, reafirmou.

A secretária da Setas, Mônica Camolezi, disse que a certificação é um reconhecimento do trabalho árduo de cada servidor em fazer o melhor. “O impacto desse nosso trabalho a comunidade sente, pois são mais de 300 mil famílias assistidas por políticas publicas geridas pela Setas em Mato Grosso que inclui os integrantes do Pró-Família, Bolsa Famílias, Criança Feliz e o Benefício de Proteção Continuada”, afirma a secretária.

Leia mais:  Batida frontal entre carretas deixa dois mortos na BR-364

Este ano a Setas está desenvolvendo o projeto-piloto com a Associação de Catadores de Material Reciclável e Reutilizável de Mato Grosso Sustentável (Asmats). Já foram entregues mais de 600 quilos de material reciclável, em 120 dias, consolidando o compromisso com a inclusão socioprodutiva.

O superintendente informou que esse projeto já permite a sensibilização do público interno, motivando a reduzir o desperdício. “Nós já iniciamos a transferir o material para os catadores e nos impactou porque também percebemos que precisamos melhorar nosso comportamento, reduzindo o resíduo produzido pela secretaria”, afirma.

A parceria visa proporcionar, além da reciclagem, melhora financeira para as famílias, já que a iniciativa gera recursos para a Associação. A Secretaria fica responsável pela coleta seletiva destes materiais e acompanhamento dos resultados, enquanto a Associação fará o manuseio correto e a venda dos materiais.

Selo

Esta é a 13º edição da concessão do Certificado de Responsabilidade Social – selo criado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Os colaboradores e contadores das instituições receberam moções de congratulações. Este ano, 55 empresas, fundações, associações e cooperativas receberam a certificação.

A Comissão Mista de Responsabilidade Social de Mato Grosso, que reúne representantes de diferentes entidades, avalia e analisa o balanço social apresentado. Esse documento permite visualizar a qualidade das relações internas, externas e com o meio ambiente, além desses vários outros itens são analisados, antes de escolher as entidades para a certificação.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Homem cai em poço desativado, passa 8 horas até ser encontrado por prima e é resgatado gravemente ferido em MT

Publicado

Um homem de 58 anos caiu em um poço artesiano desativado, nessa quarta-feira (20), na comunidade quilombola de Mata Cavalo, em Nossa Senhora do Livramento – MT. Benedito Euzébio Maciel está internado em estado grave no Pronto Socorro de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá.

O Corpo de Bombeiros foi chamado por volta de 19h e, quando chegou ao local, encontrou a vítima dentro do poço. Ele estava consciente, mas reclamava de dores na cabeça.

A vítima estava limpando a chácara de um familiar quando caiu na poço artesiano desativado. O poço não tem água e mede 18 metros de profundidade, aproximadamente. A prima de Benedito, notou a falta e dele e começou a procurá-lo. Segundo ela, o tio ficou dentro do poço por cerca de 8 horas até ser encontrado.

Segundo os bombeiros, o resgate foi complicado, pois a região é de mata e tinha muito insetos. Benedito sofreu fratura no crânio e está internado em estado grave, na unidade de saúde. Está sendo medicado com antibióticos e aguarda cirurgia.

Fonte: G1 MT.

Comentários Facebook
Leia mais:  Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping suspende atendimento nesta terça (12)
Continue lendo

Eventos

Com presença de Tangará da Serra, Cuiabá realiza 1º Festival da Cerveja Artesanal de MT

Publicado

Que o mato-grossense é um grande consumidor de cerveja, já se sabe. E ele também tem ampliado exponencialmente seu leque de estilos. É difícil encontrar uma pessoa que nos últimos anos não tenha saboreado uma nova cerveja e se questionado: por qual motivo não a experimentei antes? A sede do consumidor por novidades tem movimentado o mercado nacional de produção e venda de cervejas artesanais.

Em Mato Grosso, este cenário está em franca expansão, como é o caso de Tangará da Serra, com a Alpner (que em março realiza o evento St Patrick’s Day) e a Van Dogh. Neste cenário promissor, a capital Cuiabá recebe nos dias 12 e 13 de julho, a primeira edição do Festival da Cerveja Artesanal de Mato Grosso.


Cervejarias de todo o estado, entre elas de Tangará da Serra, participam de grande evento em julho, na capital

O evento – que tem como foco reunir cervejarias, empresários do segmento e apreciadores – chega para fortalecer o mercado regional em prol de proporcionar o intercâmbio de informações e o contato com diversos estilos de cervejas, além de aproximar a população com novos sabores e rótulos.

Nesta terça-feira (19), organizadores, representantes do setor, empresários e cervejeiros se reuniram em Cuiabá para lançar o Festival. “As cervejarias artesanais do Estado estão se unindo para trazer para Cuiabá um evento totalmente diferenciado. Algo que já acontece em grandes praças – como em Santa Catarina, que tem um dos maiores festivais de cerveja do mundo. Além de opções de estilos de cervejas artesanais, praça de alimentação e atrações musicais, o evento contará com concurso e um congresso técnico com cursos e palestras para quem quer se aprofundar no tema”, explica Paula Scanagatta, diretora da Up Eventos e co-idealizadora do festival.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), Carlo Lapolli, o festival tem como papel reforçar a qualidade e tradição da produção mato-grossense. “O mercado regional de cerveja artesanal já tem um tempo de tradição, mas agora tem crescido em ritmo acelerado – assim como ocorre por todo o país. A cerveja artesanal está chegando agora nas gôndolas dos supermercados e as pessoas passaram a prová-la. E ela tem sido bem aceita”, pondera. A Abracerva é apoiadora do festival.

Leia mais:  Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping suspende atendimento nesta terça (12)

Carlo complementa que, inclusive, este é o grande desafio do setor. “Não só fazer uma cerveja, mas fazer com que ela seja bem aceita pelo consumidor. No Brasil, temos cerca de 900 fábricas instaladas e as pessoas passaram a ver que não é preciso trazer algo de fora para apreciar um bom produto. No festival, o público terá a oportunidade de ter essas cervejarias unidas e, é claro, degustar seus produtos. Será uma oportunidade ímpar para conhecer essa riqueza de estilos”, ressalta.

Pensamento reiterado pelo sommelier de cervejas Elvio Rezende, ao reforçar que, para além da interação entre as cervejarias e a população, o festival também traz consigo o hábito de beba menos, mas beba melhor. “A proposta é proporcionar conteúdo de qualidade para as pessoas que querem conhecer mais sobre o ramo artesanal. Isto, com informações variadas que vão desde processo de produção de cerveja, harmonização, panorama do mercado regional até como esse setor pode influenciar os demais”, assinala.

Bares e restaurantes

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) também vai participar do Festival da Cerveja Artesanal de Mato Grosso como apoiador. Conforme explica o presidente da Abrasel, Fernando Medeiros, o cliente está cada vez mais exigente e com paladar apurado, o que requer dos bares e restaurantes a oferta de novos produtos.

“A bebida é de extrema importância para o setor da gastronomia. E o festival é a oportunidade de o consumidor conhecer diversas marcas e estilos, ter a oportunidade de degustar e aprender a harmonizar os pratos com determinado tipo de cerveja. A cerveja artesanal já caiu no gosto dos consumidores. Esse pode ser um movimento sem volta”, comenta.

Leia mais:  Motocicletas são responsáveis por 52% dos acidentes de trânsito

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana