conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Sesp implanta sistema de videomonitoramento em parceria com moradores do bairro Santa Rosa

Publicado


A Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, implantou nesta quinta-feira (07.04) o piloto do projeto Comunidade Inteligente, no bairro Santa Rosa, em Cuiabá.

O projeto, que foi uma sugestão da própria comunidade e não gera custos para o Estado, consiste no compartilhamento das imagens captadas pelas câmeras de segurança dos próprios moradores com a base da Polícia Comunitária.

“É um sistema de viodeomonitoramento normal, porém o aplicativo permite que cada integrante do projeto compartilhe suas imagens dentro do sistema com outras pessoas do bairro e com as forças de segurança”, explicou o coordenador da Polícia Comunitária, tenente-coronel PM  Sebastião Carlos. “A partir do momento que a comunidade entende o problema, ela não só cobra as autoridades, mas também oferece soluções. Esta é a base da filosofia da Polícia Comunitária, e que também sustenta o projeto Comunidade Inteligente”, completou.

No bairro, o sistema de videomonitoramento conta com 106 câmeras, instaladas em diferentes ruas, que permitem a vigilância e interação entre os moradores. Eles podem se comunicar e até acionar a base da PM mais próxima, em caso de ocorrência criminosa. Segundo o coordenador da Polícia Comunitária, a projeção é que o sistema apresente redução nos índices de criminalidade na região na faixa de 80%.

Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Alexandre Mendes, o projeto vai auxiliar o trabalho ostensivo da PM. “Tendo acesso às imagens do bairro onde convive, a sociedade poderá auxiliar a polícia em situações suspeitas. Essa integração é muito importante, e a meta é reduzir, ou até mesmo extinguir, determinados crimes no bairro. É um projeto piloto que vai dar muito certo”, avaliou.

O secretário adjunto de Integração Operacional de Segurança Pública (Saiop), coronel PM Juliano Chiroli, também destacou que a sociedade será a maior beneficiada, pois o sistema vai auxiliar a atuação dos operadores de segurança. “Além do trabalho preventivo da PM, as imagens dessas câmeras vão auxiliar a Polícia Civil, que terá subsídio para identificação de prova em investigações. Então, é um sistema que favorece tanto o serviço ostensivo quanto o investigativo da polícia”, pontuou.

O próximo bairro a receber o projeto Comunidade Inteligente em Cuiabá é o Morada do Ouro, onde serão instaladas mais de 200 câmeras. Além disso, 14 municípios do estado também já manifestaram interesse em aderir ao projeto. No entanto, o morador que quiser participar voluntariamente do projeto, implantando uma câmera em sua rua, poderá compartilhar a imagem e ajudar a ampliar a região monitorada.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Cidades

Quatro morrem carbonizados e um fica ferido em acidente na BR-364

Publicado

Quatro pessoas morreram carbonizadas nesta segunda-feira, 04, após uma grave colisão entre uma Toyota Hilux e uma carreta, na BR-364, entre Comodoro e Campos de Júlio (389 e 313 km de Tangará da Serra, respectivamente). Além dos mortos, uma pessoa ficou gravemente ferida.

Veja abaixo o vídeo do acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois veículos bateram de frente. O trecho na região está interditado para o atendimento da ocorrência.

Vídeo do local do acidente mostra o estrago. A caminhonete partiu ao meio com a batida. A carroceria ficou “para trás” e a cabine foi arrastada alguns metros. Veja vídeo no fim da matéria.

Nas imagens é possível ver bastante fumaça no local e alguns focos de incêndio às margens da pista.

O vídeo também mostra o corpo de um homem carbonizado no meio da pista e outros dois dentro da Hilux. “Gente queimando vivo aqui, gente, que acidente horrível. Você está doido”, narra.

O homem que gravou as imagens ainda conta que o motorista da carreta estava vivo dentro do veículo.

ATENÇÃO: IMAGENS SÃO FORTES

Com Repórter MT

Continue lendo

Barra do Bugres

Pai e filhos são presos na Barra por matar homem com tiro e golpes de facão em Alagoas

Publicado

O Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Tangará da Serra, coordenado pelo Delegado Adil Pinheiro de Paula, com apoio da Delegacia de Barra do Bugres e atendendo a uma solicitação do Núcleo de Inteligência da SSP de Alagoas, cumpriu nesta manhã de quinta-feira, 30, três mandados de prisão pelo crime de homícidio.

Os três indivíduos presos são pai e filhos. O crime aconteceu no Assentamento São Luiz, Povoado de Ouricuri, zona rural da cidade de Atalaia no Estado de Alagoas.

Segundo o Delegado Adil Pinheiro, os suspeitos em dezembro de 2012 assassinaram a vítima Jakson Batista da Silva com disparo de arma de fogo e golpes de facão. Os criminosos estavam escondidos em Barra do Bugres.

De acordo com a PJC, os presos passaram por exame de corpo delito e foram encaminhados para a Cadeia Pública de Barra do Bugres, onde ficam a disposição da justiça.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana