conecte-se conosco


Mato Grosso

Serviços sociais e de cidadania de MT são modelo nacional

Publicado

O governador Pedro Taques recebeu, nesta terça-feira (04.12), a equipe de comando da Secretaria de Estado de Assistência Social e Trabalho (Setas) para acompanhar o balanço das ações desenvolvidas em Mato Grosso entre 2015 e 2018. Para sua surpresa, o Estado será premiado nesta  quarta-feira (05.12) pelo Governo Federal pela rede de proteção social eficaz existente em âmbito estadual.

Taques destacou sua felicidade e satisfação ao ver que o trabalho desenvolvido pela secretaria, que chegou a ser alvo de operação da polícia em 2014, hoje é uma das que mais entregam serviços de qualidade aos mato-grossenses, sendo reconhecida nacionalmente.

“Desde a gestão do Valdinei de Arruda, que fez o trabalho que precisava ser feito, em 2015, depois vieram Max Russi, em 2017, criando o Pró-família, e Mônica Camolezi que promoveu o fortalecimento dessas ações e criação de uma rede de assistência. Estamos felizes porque vamos entregar a assistência melhor do que recebemos ao governo”, disse Taques.

A secretária Mônica Camolezi apresentou o resultado efetivo da grande rede de assistência social que foi implementada no estado, envolvendo 140 dos 141 municípios mato-grossense. Segundo ela, mais de 2,7 mil servidores trabalham diretamente com o Pró-família. “O programa está impactando diretamente em todos os indicadores e conseguimos uma marca histórica de redução da extrema pobreza em Mato Grosso. Isso não havia sido alcançado pela Setas”.

Segundo a secretária, além do Pró-família e do Ganha Tempo, a secretaria ainda conseguiu fazer diversas ações nos municípios, ela lembrou, por exemplo, que na última sexta-feira (30.11) houve a entrega aos municípios de 200 kits de informática, com computadores e impressoras.

Leia mais:  Acidente entre carreta e caminhão deixa um morto e outro em estado grave em MT

“Criamos um sistema de informações que será um verdadeiro radar que vai conectar o estado de Mato Grosso aos pactos globais e à toda essa rede que pensa a assistência social no mundo. Democratizando o acesso, possibilitando que outras pessoas também façam parte dessa rede de proteção do estado”.

Para dar conta de todo esse trabalho, a Setas ofereceu ainda capacitação aos servidores do estado e dos municípios. Tudo para possibilitar o acompanhamento da situação de cada família em situação de vulnerabilidade social. Segundo Mônica, o estado atingiu a marca de acompanhamento de mais 70% das famílias participantes do programa Bolsa Família, do Governo Federal.

Lembrou ainda que a gestão do governador Pedro Taques possibilitou o empoderamento dos Conselhos Tutelares de Mato Grosso ao entregar 147 veículos novos. “Ajudamos toda rede de atuação do direito da criança e do adolescente”, acrescentou Mônica ao governador Pedro Taques.

Ganha Tempo

Outro avanço é a implantação de 8 unidades do Ganha Tempo, sendo que antes só existia a unidade da Praça Ipiranga, que foi totalmente reformada na atual gestão. Hoje o Ganha Tempo já está no CPA (Cuiabá), Sinop, Barra do Garças, Rondonópolis, Várzea Grande (VG Shopping) e depois do dia 20 de dezembro será inaugurado no Cristo Rei, também em Várzea Grande. No início da próxima gestão será inaugurado em Cáceres.

“Tínhamos um Ganha Tempo, a unidade da Praça Ipiranga, que estava em estado de calamidade e tivemos que fazer uma reforma completa, praticamente refizemos tudo internamente para melhor atender os mato-grossenses”, frisou a secretária da Setas.

Leia mais:  Servidores públicos participam de curso de pilotagem de drone

Cidadania

A secretária elogiou ainda o programa Caravana da Transformação, que realizou quase 70 mil cirurgias e nos chamados “Dias D” realizou 127 mil atendimentos de cidadania, feitos pela Setas e parceiros da secretaria. “Para se ter uma ideia, fizemos mais de mil RGs para indígenas”, contou como curiosidade da ação.

Reconhecimento nacional

A secretaria será premiada pelas ações em assistência social, principalmente pelo trabalho desenvolvido no Criança Feliz, de acompanhamento da primeira infância. “Ainda no cenário nacional, conseguimos emplacar uma chapa no fórum de secretários, em que Mato Grosso ocupa a vice-presidência”, contou Mônica, lembrando que há décadas os diretores eram do Nordeste.

Todo esse esforço levou a um reconhecimento nacional, conta a secretária e que isso não veio apenas de forma simbólica, mas foi monetizado. “Recebíamos um cofinancimento de R$ 4,6 milhões ao ano da União e hoje e de R$ 7,6 milhões, dos quais repassamos, sem intermediários, R$ 2,5 milhões, por mês, para todos os municípios do estado”.  

Comentários Facebook
publicidade

Jurídico

Acusado de matar Mariana vai a júri popular em Tangará da Serra

Publicado

A Justiça determinou a realização de júri popular para julgar, Bruno Santos Souza, 23 anos, acusado de ser o mandante do homicídio de Mariana Dutra Teixeira, 21 anos, encontrada morta em uma região de mata no Bairro Jardim Acapulco em 21 de novembro do ano passado.

Consta no processo pedido de condenação do réu pelo crime de homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, corrupção de menor, consistente na promessa de pagar R$5 mil e drogas ao adolescente “V.L”, para matar a vítima e pelo modo cruel em que operaram o crime, em decorrência dos golpes de faca desferidos contra Mariana, além da ocultação de cadáver.

A sessão do júri ainda não foi determinada pelo Tribunal de Justiça, por caber recurso da defesa, porém foi negado o pedido de habeas corpus a favor do réu, o privando da liberdade enquanto aguarda o julgamento. Quanto aos jurados (Conselho de Sentença) a vara criminal possui uma lista de pessoas da sociedade civil, que serão escolhidos em sorteio prévio e decidirão pela culpa ou inocência do réu. Em caso de condenação, cabe ao juiz estipular o tempo e as condições da pena.

A sentença de pronúncia que encaminhou o caso a júri popular foi definida nesta semana. O menor envolvido no crime, responde por ato infracional e continua apreendido em uma unidade de acolhimento.

 

Leia mais:  Sine oferece 1.481 postos de trabalho em Mato Grosso

O caso

De acordo com as investigações, no dia 5 de novembro de 2018, o menor teria matado Mariana, a golpes de faca, ele ainda revelou que a vítima, implorou para não ser morta, mas, cumpriu o crime a mando de Bruno, por vingança. O corpo de Mariana, foi encontrado 17 dias depois do desaparecimento, em uma região de mata, no bairro Jardim Acapulco.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Clima

Separe o cobertor, frente fria avança e derruba as temperaturas em Tangará da Serra

Publicado

Uma frente fria avança sobre o Centro-Oeste e nuvens carregadas se espalham pelo estado. Os meteorologistas alertam para fortes pancadas de chuva e rajadas de vento.

No sábado (25) os termômetros devem marcar mínima de 12ºC em Tangará da Serra.

A entrada da massa de ar polar continental vinda da Argentina para o Brasil, derruba as temperaturas em parte de Mato Grosso. Em Tangará da Serra, região sudoeste do estado, os termômetros vão baixar e nesta sexta-feira (24) durante o dia, o sol aparece entre muitas nuvens e intercala, com períodos de céu nublado, a mínima prevista é de 14ºC e máxima de 24ºC.

Deslocamento do ar frio de origem polar sobre o BR entre 21 e 26 de maio.

No sábado (25), sol com algumas nuvens e não chove, no entanto, pode ser o dia mais frio do ano com mínima de 12ºC, e máxima de 28ºC. Já no domingo (26), a temperatura volta a subir e os termômetros marcam entre 18ºC e 34ºC.

Fonte:Clima Tempo

Na próxima semana, a chuva diminui e o sol deve predominar sobre todas as áreas de Mato Grosso.

Comentários Facebook
Leia mais:  Em Várzea Grande, PM fecha ‘bocas de fumo’, apreende 20 tabletes de maconha e prende dois
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana