conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Nacional

Serrana já planeja abertura de escolas e comércio após vacinação em massa

Publicado


source
Cidade de Serrana participou de estudo do Butantan e teve quase toda a população vacinada
Reprodução

Cidade de Serrana participou de estudo do Butantan e teve quase toda a população vacinada

A cidade de Serrana , na região metropolitana de Ribeirão Preto (SP), projeta ser a pioneira na abertura de escolas, comércio e indústria , após ter quase toda a população vacinada contra a Covid-19, segundo informações da Folhapress . A cidade participou de um  estudo do Instituto Butantan para analisar o impacto da vacinação na redução de casos da Covid-19.

A vacinação em massa com a CoronaVac já mostrou impactos positivos no município. Não há nenhum paciente intubado por Covid-19 nas UTIs da cidade. Os resultados, porém, são preliminares; segundo o Butantan, o impacto real só poderá ser medido em maio . Desde o início da pandemia, Serrana contabiliza chegou a 3.557 casos do novo coronavírus, com 80 óbitos.

“O clima é de esperança de que 2021 seja o ano de vida e da cura, e que possa ser o início de uma retomada econômica, social e educacional. Queremos tratar a cidade depois, por ter esse projeto de vacinação em massa, para que não seja só referência na vacinação, mas também na retomada de aulas presenciais nas escolas, no comércio, na indústria. Enfim, um modelo global, não só na vacinação”, disse o prefeito Léo Capitelli (MDB).

O p refeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB), afirmou que a vacinação em Serrana será, também, um fator minimizador de proliferação regional da Covid-19. “Depois de Sertãozinho, Serrana é a cidade mais populosa vizinha a Ribeirão Preto”, disse. Serrana tem entre 15 e 20 mil pessoas que trabalham em Ribeirão ou em outras cidades da região metropolitana diariamente e que estarão imunizadas, disse a prefeitura.

O encerramento da vacinação em massa acontecerá neste domingo (11) . Segundo o diretor do Butantan, Dimas Covas, haverá uma cerimônia na cidade envolvendo profissionais de saúde.


Comentários Facebook

Nacional

Sábado será quente e sem chuva em São Paulo

Publicado

por


source
Previsão do tempo São Paulo
Pixabay/Creative Commons

Previsão do tempo São Paulo

O sol predomina e o calor volta neste sábado (23), em São Paulo. A madrugada continua sendo fria, mas ao decorrer do dia as temperaturas podem passar dos 30ºC. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 14ºC e a máxima de 30ºC.

No final da tarde, o tempo começa a ficar nublado por conta de uma brisa marítima que atinge a Grande São Paulo. A umidade do ar na cidade oscila entre 30% e 90%.

Continue lendo

Nacional

Auxílio aluguel para moradores de áreas de risco será R$ 600 em São Paulo

Publicado

por


source
Desabamento em Paraisópolis em outubro de 2021
Divulgação/ Corpo de Bombeiros

Desabamento em Paraisópolis em outubro de 2021


O valor do auxílio aluguel pago pela Prefeitura de São Paulo vai passar de R$ 400 para R$ 600 num período máximo de 18 meses. O benefício será para pessoas que residem em áreas de alto risco em intervenções ou obras realizadas pela própria administração municipal, com o compromisso de atendimento habitacional definitivo.

Essa foi uma das propostas apresentadas aos moradores e lideranças da região do Córrego Antonico, em Paraisópolis, nesta sexta-feira (22). A medida deve atender às 1.500 famílias que residem em cima do córrego .

Na apresentação, estiveram presentes os secretários da Habitação, Orlando Faria, de Assistência Social, Carlos Bezerra, e de Projetos Estratégicos, Alexis Vargas e o coordenador geral da Defesa Civil, Joel Malta de Sá. Cada um destacou as ações planejadas por suas pastas após o desabamento ocorrido na região no último sábado (16).

Em Paraisópolis, 19 famílias que tiveram suas casas interditadas já estão autorizadas a receber o benefício de auxílio aluguel provisório. As formas de atendimento habitacional definitivo serão oferecidas por meio do programa “Pode Entrar”, sancionado em setembro deste ano, com previsão de regulamentação até novembro.

Leia Também

A iniciativa oferece uma Carta de Crédito aos beneficiários. Ela funciona como um subsídio para a aquisição do imóvel e a conta garantidora, que faz com que a prefeitura garanta crédito para as pessoas que não conseguem comprovar renda ou que não tenham acesso ao sistema bancário. O valor dessa carta vai variar de acordo com a renda do cidadão, com limite de R$ 120 mil, não reembolsável.

Além disso, o secretário Orlando Faria mencionou a possibilidade de a gestão adquirir imóveis privados para fins de habitação de interesse social, garantindo redução dos custos e tempo de entrega. “Já fizemos uma pesquisa na região e já mapeamos 6 mil unidades de interesse social que a Prefeitura pode comprar”, adiantou.

A administração municipal frisa que o plantão social, tanto da habitação como da Assistência Social permanece na região. “Porém nenhuma família aceitou a oferta de ser abrigada pelos serviços municipais, inclusive em hotéis”, explicou o secretário, Carlos Bezerra.

Interdição

Segundo o comandante da Defesa Civil, foram vistoriados e selados 32 imóveis, sendo sete deles comerciais, no local do desabamento. A prefeitura ressalta que, para o avanço das obras no local, é fundamental que as famílias aceitem alguns dos benefícios ofertados, deixando suas casas que se encontram em área de risco hidrológico. Após a desocupação de toda a área, as intervenções de engenharia poderão ser iniciadas.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana