conecte-se conosco


Estradas

Serra de Deciolândia: Após vistoria, deputado diz que acionará Sinfra-MT por melhorias

Publicado

A má sinalização e conservação deficiente da pista da MT-480 na Serra de Deciolândia está gerando uma mobilização das autoridades locais. Na primeira sessão ordinária do ano na Câmara Municipal de Tangará da Serra, a vereadora Sandra Garcia (PSDB) apresentou indicação ao deputado estadual Faissal Calil (PV) solicitando providências.

A ação da vereadora repercutiu e chamou atenção do representante de Tangará da Serra e região na Assembleia Legislativa. No último sábado, em vistoria realizada no local, o deputado Doutor João (MDB) externou, em entrevista à Rádio Tangará, a sua preocupação com os riscos que o trecho em declive da serra representa.

Em entrevista, Doutor João disse que pedirá urgência nas melhorias na Serra de Deciolândia

O trajeto oferece alto risco pela sua declividade e por estar pouco sinalizado no alto, antes da descida. Ou seja, o motorista que não conhece o local não percebe que terá pela frente uma serra perigosa.

Outros problemas da Serra de Deciolândia são as erosões. “Se der uma chuva forte, estas erosões poderão romper a pista e causar uma tragédia” disse o deputado, na entrevista concedida ao repórter Kleber Leite, da Rádio Tangará.

Processos erosivos também causam preocupação e representam sérios riscos, segundo deputado

João disse que, já nesta segunda-feira (18.02), apresentará na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra-MT) um relatório com imagens da serra de Deciolândia. “Temos urgência nestas melhorias. Está morrendo gente aqui”, disse o parlamentar, citando casos de acidentes fatais que ocorreram recentemente no trecho.

Leia mais:  Parceria vai integrar dados entre Sema e Centro de Controle da Sesp

Segundo João, o relatório será apresentado ao secretário-adjunto da Sinfra, Wener Santos, que conhece a região, foi ex-prefeito de Nova Marilândia e também já residiu em Tangará da Serra. O parlamentar disse, na entrevista, que poderá intermediar uma reunião de vereadores e representantes do Executivo municipal com Wener para tratar deste e outros assuntos relacionados a infraestrutura. “Abro este espaço e faço o agendamento. Coloco-me à disposição”, afirmou.

O deputado disse, também, que irá se pronunciar sobre a Serra de Deciolândia na tribuna na sessão da Assembleia Legislativa de amanhã (terça,19).

Beja, abaixo, fotos do trecho da Serra de Deciolândia. (Fotos: Assessoria)

Comentários Facebook
publicidade

Estradas

Governo informa que concessão do trecho Itanorte-Jangada sairá ainda em 2019

Publicado

As obras de restauração do trecho de rodovias Itanorte-Jangada, formado pelas MTs 358-343-246, já está em obras. A informação é do governo do Estado, através da Secretaria Adjunta de Comunicação, após questionamento da reportagem do Bem Notícias.

Antes da concessão – na modalidade ‘PPP Caipira’ – pista deverá ser restaurada.

Segundo a secretaria, o trecho em questão será disponibilizado para concessão à iniciativa privada ainda este ano. Ao que tudo indica, a concessão ocorrerá através de parceria entre governo e associação de produtores (modalidade de Parceria Público-Privada, ‘PPP Caipira’), com cobrança de pedágio exclusivamente para manutenção do trecho.

Antes, porém, haverá trabalhos de recuperação da pista, ao longo de todo o trecho, deste Itanorte até o entroncamento com a BR-364, em Jangada, com os trabalhos ocorrendo em três frentes.

Entre Barra do Bugres e Jangada, o projeto da obra – que ficará sob responsabilidade da empreiteira Guaxe Construção e Terraplanagem – passa por revisão e tem conclusão prevista em junho.

Já entre Tangará da Serra e Barra do Bugres, a empresa responsável é a Fratello, que já mantém equipes em atividade no trecho.

Em relação ao trajeto Itanorte–Tangará da Serra, o projeto da obra também está sendo revisado e deve ficar pronto em junho. A empresa responsável é a Guaxe.

Problema crônico: Situação das estradas no trecho Itanorte-Jangada é caótico.

Comentários Facebook
Leia mais:  Parceria vai integrar dados entre Sema e Centro de Controle da Sesp
Continue lendo

Estradas

REGIÃO NO BURACO: Vereadores reclamam de isolamento por estradas precárias

Publicado

A polêmica das péssimas estradas de jurisdição estadual na região de Tangará da Serra rendeu reclames incisivos de vereadores na sessão ordinária da Câmara Municipal da tarde desta terça-feira (12). O município e toda a região anexa vivem o drama do isolamento em razão da incompetência das últimas sete gestões estaduais, desde década de 1980.

O trecho compreendido desde a localidade de Itanorte, na divisa de Tangará da Serra com Campo Novo do Parecis até o trevo de Jangada, no entroncamento com a BR-163, sempre foi problemático nos últimos 30 anos, com poucas obras de restauração e apenas trabalhos paliativos.

Trecho Itanorte-Jangada: Problemas sem solução há mais de 30 anos

Os vereadores Vagner Constantino e Wilson Verta, ambos do PSDB, e Niltinho do Lanche, do MDB, não pouparam críticas aos governos anteriores e empurraram ao atual governador Mauro Mendes (DEM) a responsabilidade de solucionar o problema que se arrasta há décadas. “Todos os dias tem carro ou caminhão parado na beira da estrada por danos causados pelos buracos. A região está isolada e o governo não aponta solução”, disse o tucano Vagner, sem poupar nem mesmo Pedro Taques, que governou Mato Grosso de 2015 a 2018 pelo mesmo partido do vereador.

Vagner Constantino: “Região isolada”

Niltinho do Lanche, por sua vez, disse que os buracos já fazem “aniversário” e citou, também, o governo de Silval Barbosa, que responde a processos por corrupção. Niltinho foi além e bombardeou os ex-deputados Wagner Ramos (PSD) e Saturnino Masson (PSDB). “Estes governos que tivemos foram muito ruins, mas os nossos deputados também foram ruins de serviço”, disparou.

Leia mais:  Quinze tabletes de droga foram apreendidos em chácara de Sinop

Além do trecho Itanorte-Jangada, a região convive com trafegabilidade precária na MT-240 (Tangará-Santo Afonso), na MT-339 (Tangará-Assentamento) e na MT-480 (Tangará-Deciolândia).

Niltinho do Lanche: “Buracos fazem aniversário”

Situação

As condições do trecho Itanorte-Jangada pioram a cada dia em razão das chuvas que caem na região. O pavimento de péssima qualidade não resiste à umidade e ao tráfego pesado.

Semana passada, o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) esteve na região e declarou, em reunião com lideranças regionais, em Tangará da Serra, que o governo do estado estuda formas de melhorar a situação das estradas. No trecho Itanorte-Jangada é estudado uma concessão do tipo parceria público-privada envolvendo governo e produtores rurais, na chamada ‘PPP Caipira’, através da qual os valores arrecadados seriam aplicados na manutenção da pista.

Já as MT’s 240, 339 e 343 já possuem projetos e obras iniciadas que, segundo PIvetta, deverão ser retomados ainda este ano.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana