conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Sema e MT Par assinam TAP para estudo de concessão de parques estaduais de Cuiabá

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e a MT Participações e Projetos (MT PAR) assinaram um Termo de Abertura de Processo (TAP) relativo ao Projeto Parques Estaduais. O projeto abrangerá, inicialmente, o estudo técnico para a viabilidade de concessão dos três parques urbanos de Cuiabá, Massairo Okamura, Mãe Bonifácia e Zé Bolo Flô, custeado com recursos de compensação ambiental da Sinop Energia.

O Projeto Parques Estaduais faz parte de um acordo de cooperação firmado entre Sema, MT Par e Instituto Semeia para melhorar a gestão das unidades de conservação de Mato Grosso. O Termo de Compromisso de Compensação Ambiental prevê o investimento de R$ 2,18 milhões, entre um total de R$ 10,3 milhões, para a realização de estudos técnicos nos três parques urbanos de Cuiabá, que embasarão o Plano de Negócios. O resto do montante será investido nas Unidades de Conservação Municipais de Sinop, Sorriso, Colíder e Terra Nova do Norte.

O estudo de concessão ou instrumento similar otimiza a gestão da área dos parques englobando maior eficiência no roteiro comercial, conservação ambiental e aumento potencial turístico. Após o estudo realizado por uma empresa de consultoria especializada será aberta divulgação para interessados no processo de licitação. O instituto Semeia, parceiro da Sema juntamente com o MT Par nesse projeto, trabalha com governos federal, estaduais e municipais no apoio ao desenvolvimento de projetos inovadores que beneficiam à sociedade.

“Estamos dando mais um passo para que os espaços naturais e urbanos gerem oportunidade de lazer, emprego e renda, sempre respeitando a conservação ambiental. Esta parceria é fundamental pois queremos garantir, por meio de estudos técnicos detalhados, que tomaremos a decisão mais adequada”, explicou o secretário de Meio Ambiente André Baby, lembrando que pelo alto custo da manutenção dos parques pode ser mais viável a administração dos mesmos pela iniciativa privada, a partir de contratos de concessão.

A responsabilidade da Sema é realizar o procedimento licitatório com apoio técnico do MTPar e Instituto Semeia; realizar de audiências públicas; emitir pareceres de viabilidades jurídica junto à Procuradoria Geral do Estado, orçamentária junto à Secretaria de Planejamento e financeira junto à Secretaria de Fazenda; analisar os estudos, especialmente os aspectos da concessão dos serviços, promovendo análise técnica; viabilizar garantia para o contrato; realizar eventos de divulgação.

Já o papel do MT Par é convocar e coordenar reuniões do grupo de trabalho e técnicas temáticas; subsidiar o gerenciamento do Projeto e das informações; analisar os estudos, especialmente os aspectos da concessão dos serviços, promovendo análise econômico-financeira e jurídica; auxiliar a Sema na realização de consulta e audiências públicas; dar suporte a comissão de licitação da Sema nos aspectos jurídicos e econômico-financeiro do projeto; dar suporte para divulgação do projeto ao setor privado.

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana