conecte-se conosco



Tecnologia

Sem Terra Plana! Google Maps agora mostra Terra esférica no zoom out

Publicado


Google Maps, agora, não mostra mais a Terra Plana com a projeção de Mercator, mas versão esférica do globo terrestre
Reprodução

Google Maps, agora, não mostra mais a Terra Plana com a projeção de Mercator, mas versão esférica do globo terrestre

O Google deu uma má notícia para os defensores da teoria da Terra Plana nesta sexta-feira (3). Isso porque a empresa promoveu uma atualização do seu aplicativo de mapas, Google Maps, e a nova versão abandona a projeção de Mercator (formato que mostra o mapa mundi de forma plana) e passa a exibir uma esfera do globo terrestre.

Leia também: Google vai usar realidade aumentada para gamificar mapas no estilo Pokemon Go

Abandonando a versão de Terra Plana , o Google faz com que o aplicativo de mapas fique mais parecido o Google Earth que já adotava o modelo em 3D. A mudança, porém, tem uma explicação.

A projeção de Mercator é uma forma bem comum de representar o planeta. Com a disponibilidade muito maior de representações em 2D, com o passar dos anos a versão do mapa mundi de Gerardo Mercator foi se tornando a mais popular por se aproximar da forma mais fidedigna possível da representação dos verdadeiros territórios numa superfície plana.

Leia também: Atualização do Google Maps oferece experiência mais personalizada para usuário

Ainda assim, a projeção do Mapa Mundi nessa superfície plana causa distorções no tamanho dos territórios, assim como qualquer outra projeção que tenta mostrar um globo em um plano.

Leia mais:  Nova falha no Facebook vaza fotos de 6,8 milhões de usuários

No geral, os territórios mais próximos da linha do Equador são representados como mais fidedignidade, enquanto os mais próximos dos polos são representados de formas mais distorcidas. 

Até por isso, o Google emitiu uma nota dizendo que, com a mudança, “a projeção da Groenlândia não fica mais do tamanho da África”.

Leia também: Como usar o Google Maps quando estiver sem internet

A atualização do Google Maps de Terra Plana (ou projeção de Mercator) para a versão esférica em 3D do globo terrestre já está disponível para desktops e para navegadores que suportam o padrão WebCL. O Google, no entanto, não informou quando vai corrigir o planeta nos aplicativos móveis.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Nova falha no Facebook vaza fotos de 6,8 milhões de usuários

Publicado

por


Nova falha no Facebook vaza dados de 6,8 milhões de usuários
shutterstock

Nova falha no Facebook vaza dados de 6,8 milhões de usuários

Uma nova falha no Facebook permitiu que aplicativos acessassem as fotos de 6,8 milhões de usuários. A informação foi reveleada nesta sexta-feira (14), em um post da página voltada para desenvolvedores da plataforma.

De acordo com a postagem da empresa, a falha no Facebook durou 12 dias e expôs as imagens pessoais de alguns usuários entre 13 e 25 de setembro deste ano.  Cerca de 1,5 mil aplicativos de 876 desenvolvedores podem ter conseguido acessá-las.

As pessoas que foram afetadas pelo problema devem ser notificadas em suas contas em breve.

Ainda segundo o comunicado, o ‘bug’ teria dado acesso não apenas as fotos que foram postadas na rede social, mas também àquelas que não haviam sido compartilhadas com amigos ou o público, como as imagens compartilhadas no nos stories do Facebook .

“Corrigimos o problema, mas, devido ao bug, alguns aplicativos de terceiros podem ter tido acesso a um conjunto de fotos mais amplo do que o normal por 12 dias”, diz o aviso.


Mais informações em instantes

Comentários Facebook
Leia mais:  Em resposta ao YouTube Stories, Instagram lança novidade em sua plataforma
Continue lendo

Tecnologia

Nova falha no Facebook vaza fotos de 6,8 milhões de usuários

Publicado

por


Nova falha no Facebook vaza dados de 6,8 milhões de usuários
shutterstock

Nova falha no Facebook vaza dados de 6,8 milhões de usuários

Uma nova falha no Facebook permitiu que aplicativos acessassem as fotos de 6,8 milhões de usuários. A informação foi reveleada nesta sexta-feira (14), em um post da página voltada para desenvolvedores da plataforma.

De acordo com a postagem, a falha no Facebook durou 12 dias, entre 13 e 25 de setembro deste ano, mas já foi corrigida. Os usuários que foram afetados pelo problema devem ser notificados em suas contas em breve.


Mais informações em instantes

Comentários Facebook
Leia mais:  Google demitiu 48 funcionários por assédio sexual nos últimos dois anos
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana