conecte-se conosco


Tecnologia

Selfie espionada? Apps do Google Play atacam privacidade de usuários; entenda

Publicado

source

Olhar Digital

apps de selfie espionavam usuários arrow-options
Reprodução
Apps de Selfie no Google Play espionavam usuários

Pesquisadores da Wandera, empresa especializada em segurança de dispositivos móveis, encontraram dois apps no Google Play que escondiam adware bastante agressivo, que exibia anúncios de tela cheia que prejudicavam o uso do smartphone. Além disso, ambos exigiam permissões que permitiriam espionar os usuários.

Leia também: iOS 13.1 chega antes: atualização foi adiantada em seis dias pela Apple

Os apps, chamados Sun Pro Beauty Camera e Funny Sweet Beauty Camera , juntos tinham mais de 1,5 milhão de downloads. Ambos exibem comportamento diferente, porém altamente inconveniente: depois de instalado, o SunPro Beauty Camera começava a exibir anúncios em tela cheia mesmo que o app nunca fosse aberto. Já o Funny Sweet Beauty Camera começava a exibir os anúncios depois que o usuário salvasse uma foto editada no app.

Ambos os apps tentam dificultar sua remoção usando um truque: depois de instalados, eles criam um atalho para si mesmos, e removem seu ícone original da lista de apps. Assim, se o usuário tentar “desinstalar” o app, irá apenas remover o atalho.

Além disso, os apps pediam permissão para gravar áudio, algo que é completamente desnecessário para seu funcionamento, mas poderia ser usado para escutar tudo o que é dito ao redor do aparelho.

Leia também: Dados pessoais de todos os equatorianos vazam online


Ambos os apps tinham muitos reviews negativos, o que geralmente é um sinal de que há algo errado. Segundo a Wandera, a recomendação é evitar apps com notas muito baixas, e instalar uma solução de segurança em seu smartphone .

Fonte: Wandera

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Leia mais:  Patinete elétrico autônomo? Modelo volta à estação de recarga sozinho
publicidade

Tecnologia

Mais uma empresa a pular fora: Visa também abandona criptomoeda do Facebook

Publicado

por

source

Olhar Digital

libra arrow-options
Divulgação
Visa também abandona o projeto da Libra


A Libra , criptomoeda do Facebook , está cada vez mais fraca. Gigantes do mercado financeiro não estão mais apoiando a moeda digital . Visa, Mastercard, Paypal e eBay já abandonaram o projeto.

Em comunicado, a Visa explicou a saída da Associação Libra. “A Visa decidiu não aderir à Associação Libra neste momento. Continuamos avaliando o projeto e nossa decisão final será determinada por uma série de fatores, incluindo a capacidade da Associação de satisfazer totalmente todos os requisitos regulatórios”.

Leia também: Mark Zuckerberg irá depor de novo; desta vez, o motivo é criptomoeda do Facebook

A novas baixas no projeto da criptomoeda devem ser altamente problemáticas para a rede social de Mark Zuckerberg , afinal, elas incluem todas as maiores empresas de meios de pagamento que foram membros fundadores da entidade.

Quando surgiu, a associação tinha 28 cofundadores, como MasterCard, PayPal, Visa, eBay, Spotify, Uber, Lyft, Grupo Vodafone. No momento, boa parte dessas empresas já deixou o projeto.

Leia também: Flopou? Facebook diz que há chances da criptomoeda Libra não ser lançada


O Facebook anunciou planos de lançamento da moeda digital Libra em junho de 2020, em parceria com outros membros da associação.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Leia mais:  Patinete elétrico autônomo? Modelo volta à estação de recarga sozinho
Continue lendo

Tecnologia

WhatsApp vai permitir que usuários decidam se querem ser incluídos em grupos

Publicado

por

source

Olhar Digital


whatsapp arrow-options
shutterstock

WhatsApp vai permitir que usuários escolham se querem entrar em grupos


O WhatsApp pode alterar sua configuração de entrada e saída dos usuários em grupos de bate-papo. Nesta sexta-feira (11), o  WABetaInfo divulgou informações de que o aplicativo está testando um novo recurso em sua versão Beta 2.19.289, chamado ” Lista Negra ” (Blacklist, em inglês). A ferramenta visa impedir que uma pessoa seja adicionada a um grupo sem consentimento. 

Leia também: Mensagens que se autodestroem estão chegando ao WhatsApp; confira

Com a nova configuração, um convite vai aparecer para o usuário mostrando que uma pessoa o convidou para entrar em um grupo. Assim, fica a critério do indivíduo aceitar entrar ou não. A Lista Negra vai substituir a opção “Ninguém” nas configurações de privacidade de grupos . No entanto, o  WABetaInfo alertou que ao escolher ativar a nova opção, não poderá voltar para a anterior.

Leia também: WhatsApp vai liberar novos recursos em breve; confira quais

Outra novidade é o modo escuro do aplicativo, ainda sem previsão de lançamento. Apesar das novas funcionalidades, algumas pessoas disseram que a versão beta está travando o aplicativo. Vale ressaltar que as mudanças não são definitivas e a versão ainda está em fase de testes. 

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Leia mais:  Faceapp: aplicativo da moda pode roubar dados que você não imaginava
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana