conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Entretenimento

“Segundo Sol” pecou nos protagonistas e compensou com os coadjuvantes

Publicado

“Segundo Sol” tinha uma série de expectativas a cumprir. A primeira delas era manter a alta audiência deixada por “O Outro lado do Paraíso”, que bateu os 40 pontos na oitava semana e desde então manteve uma média alta, chegando a quase 50 em sua semana final
.


Em
Divulgação

Em “Segundo Sol” casal de protagonistas ficou em segundo plano e vilões dominaram a novela que acaba nessa sexta-feira (09)

A outra pressão que recaía em “ Segundo Sol
” era alcançar o sucesso de outro fenômeno do autor João Emanuel Carneiro
: “Avenida Brasil”. A novela não conseguiu cumprir nenhuma delas.

Leia também: Full Carminha: na reta final de “Segundo Sol”, Esteves refaz sua famosa vilã

Embora termine com audiência em alta, o folhetim só superou os 40 pontos nas últimas semanas, quando Valentim (Danilo Mesquita) descobriu que foi roubado por Karola (Deborah Secco) e na verdade é filho de Luzia (Giovanna Antonelli). Até chegar nesse ponto – uma das maiores revelações da trama – o caminho foi árduo.

Inicialmente sobre Beto Falcão (Emilio Dantas), um cantor de axé que é dado como morto e acaba vivendo com outra identidade, o personagem foi deixado de lado durante boa parte da trama. JEC perdeu a oportunidade de aproveitar mais a questão de uma pessoa em conflito, que fez coisas ruins pensando no dinheiro.

Acabou por coloca-lo como uma vítima das circunstâncias e um mocinho ingênuo do qual as pessoas se aproveitam. Ninguém passa tanto tempo se fingindo de morto e arrependido para nada. Ele não conta para o filho quem é e engana o público, mas se não fosse a volta de Luzia, talvez ele nunca revelasse a verdadeira identidade.

Emilio é ótimo ator e prometia depois de “A Força do Querer”, mas o autor escorregou em seu personagem e o protagonista é esquecível. Luzia (Giovanna Antonelli) foi a grande protagonista e nesse sentido “Segundo Sol” evocou a novela antecessora e repetiu o sofrimento sem fim da mocinha.

Leia também: Escala de vilões em “Segundo Sol”: quem se superou e quem abandonou a vilania

Ela é agredida verbalmente pelo ex-marido, acaba por mata-lo em legítima defesa, é presa, quase morre na cadeia, foge e perde os filhos e tem um bebê roubado. Foge do país por anos, mas volta para tentar reconquistar os filhos e acaba vivendo como fugitiva. É presa novamente, julgada e, quando Beto finalmente confessa quem é, acaba inocentada. Mas por que a criatividade de Carneiro parou em algum lugar no meio do caminho, ela se envolve em outro assassinato e é mais uma vez acusada e se trona fugitiva novamente.

Toda essa história foi repetitiva e cansativa e acabou ficando de lado por conta das tramas paralelas, que eram mais fortes e bem construídas, e acabaram salvando a trama do fiasco.

O lado bom de “Segundo Sol”



Reprodução/TV Globo

“Segundo Sol”

Tanto o trio de vilões quanto a saga da família Athayde e das irmãs Rosa (Letícia Colin) e Maura (Nanda Costa) tiveram mais caldo. Laureta (Adriana Esteves) e Karola (Deborah Secco) fizeram uma bela parceria, uma piorando a outra no quesito maldade. A decisão de coloca-las como mãe e filha justifica muito pouco, já que ambas tem motivação de sobra para fazer o que fazem e se apoiarem uma na outra. Da mesma forma, acrescentar o parentesco com Remy (Vladimir Brichta) foi desnecessário, pois o personagem tinha ambições próprias também. Ainda assim, Secco, Esteves e Brichta brilharam, com destaque para a primeira.

Maria de Médicis e Dennis de Carvalho capricharam no trabalho com o elenco. O resultado foi uma atuação fluída e entrosada, sem tons mecânicos.   

Leia também: O que vai deixar saudades e o que não vai em “Segundo Sol”

As reviravoltas de “Segundo Sol”
, infelizmente, não foram positivas e o bom elenco nem sempre teve o que mereceu. Ainda assim, a novela não foi sofrível de assistir e mesmo com histórias um tanto absurdas, teve um bom ritmo, além de contar com a beleza da Bahia para facilitar.

Comentários Facebook

Entretenimento

Zezé Di Camargo e Luciano encerram comemorações pelos 46 anos de Tangará da Serra

Publicado

Foto: Assessoria de Imprensa

Fechando as celebrações do 46º aniversário de emancipação político/administrativa de Tangará da Serra, uma apresentação da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano neste domingo, 15, lotou o Módulo Esportivo, palco onde os artistas cantaram seus sucessos e encantaram o público.

Com entrada franca, o show faz parte do projeto ‘Consertos Ihara’ que leva para o interior do país o melhor da música nacional. O evento estava programado para acontecer em 2020, mas foi adiado devido à pandemia da Covid-19.

No palco com a dupla sertaneja, se apresentou a Orquestra Contemporânea Innovare. “O Concertos Ihara vem cumprir o objetivo de interiorizar a cultura e valorizar as pessoas que ajudam, dia após dia, a construir a história desse imenso país”, frisou a organização do evento que contou com o apoio do Município.

Foto: Assessoria de Imprensa

“São projetos sociais e culturais como esse que reforçam que, além de levarmos soluções inovadoras para a agricultura brasileira, também buscamos fortalecer nosso comprometimento com as comunidades onde atuamos”, afirma Gabriel Saul, Gerente de Comunicação da Ihara.

O projeto é enquadrado na Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Ihara, apoio da Prefeitura e realização do Ministério do Turismo.

Continue lendo

Entretenimento

Xuxa cita dupla personalidade de Pelé e momento quente com Senna

Publicado

por


source
Xuxa Meneghel já namorou Pelé e Ayrton Senna
Reprodução/Divulgação

Xuxa Meneghel já namorou Pelé e Ayrton Senna

Xuxa vive uma história de amor madura com o ator e cantor Junno Andrade. A apresentadora, de 59 anos, diz que seus relacionamentos a levaram à forma com ela encara, atualmente, a vida a dois. Alguns deles acompanhados de perto pelos olhos atentos do público, como Pelé e Ayrton Senna. Este último, um relacionamento intenso, mas que não durou muito tempo. Nas palavras da apresentadora, ambos tinham uma conexão que “era difícil para as outras pessoas entenderem”.

Entre  no canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro das principais notícias dos famosos e da TV

Xuxa revelou até o que ocorria na intimidade entre ela e o piloto. A apresentadora narrou, por exemplo, um momento quente do casal quando pediu para que ele usasse um capacete.

“Na hora em que a gente foi ficar junto, ele começou a puxar o meu cabelo, como se fosse uma chuquinha, para cima. Aí eu olhei para ele e disse: ‘Ah, você quer ficar com a Xuxa da televisão’… Não tem problema, boto a bota, chuquinha, mas você coloca o capacete?”, disse ela ao programa “Papagaio Falante”, no Youtube.

Ainda segundo ela, isso aconteceu após ela narrar para Beco, apelido pelo qual chamava Ayrton, um episódio de um relacionamento anterior em que, na hora do rala e rola, o parceiro pediu para que ela cantasse “Quem quer pão?”.

Leia Também

Xuxa falou ainda sobre seu relacionamento com Pelé. Disse que o ex-jogador foi seu “primeiro amor, um grande amor”. Eles se conheceram durante um ensaio fotográfico para uma capa de revista. Ficaram juntos por cerca de seis anos. A apresentadora, porém, destacou que não foi um período “fácil” e citou que Pelé tinha “dupla personalidade”.

“Foi dos17 aos 23. Ele tem dupla personalidade, fala na terceira pessoa. Eu me apaixonei pelo Dico (apelido), que era apaixonado, era familia”, disse Xuxa sobre ele na intimidade.

Diferente da forma que agia quando o astro do futebol entrava em cena: “Às vezes chegava com camisa suja de batom. Dizia: ‘essas mulheres ficam querendo agarrar o Pelé’. Eu era muito nova. Não foi fácil.”

No início do relacionamento, Xuxa contou que Pelé levou as modelos que participaram do ensaio para uma boate. Na hora da despedida, ele deu um beijo “quase na boca” da apresentadora.

“Meu coração bateu mais forte. (Posteriormente) mandava flores para minha mãe. Conversava com o meu pai”, completa ela, que, no início do relacionamento, só saía com Pelé depois da autorização dos pais.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana