conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Seduc repassa R$ 22,9 milhões para unidades educacionais e municípios do Estado

Publicado

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) repassou, nesta semana, o valor de  R$ 15,3 milhões para as 768 escolas da rede estadual e R$ 7,6 milhões aos municípios do Estado, totalizando R$ 22,9 milhões. Os recursos são referentes aos primeiros repasses de 2019 do Projeto Político Pedagógico (PPP), da alimentação e do transporte escolar.

Para o PPP foram destinados recursos na ordem de R$ 12.360.057,85, o valor foi depositado nas contas dos Conselhos Deliberativos da Comunidade Escolar (CDCEs). Desse total, R$ 10.760,427,35 são para custeio e R$ 1.599,630,50 são referentes à  compra de bens duráveis (bebedouro, geladeira, mesa, etc). Os recursos devem ser liberados nas contas dos CDCEs até sexta-feira (22.03).

Segundo o secretário adjunto executivo, Alan Porto, serão quatro repasses anuais, com parcelas pagas nos meses de março, junho, setembro e dezembro. “Esses recursos devem ser utilizados para a compra de material de limpeza, de insumo, para reparos hidráulicos, elétricos, troca de torneiras e, a partir desse ano, também para a contratação de serviços de internet”, explica.

O valor para cada unidade escolar está condicionado à quantidade de alunos matriculados, conforme o censo escolar do ano passado.

Alimentação Escolar

As escolas estaduais receberam também o valor total de R$ 2.948,732,00 referente à 1ª parcela do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Os valores pagos são de acordo com o número de alunos matriculados neste ano e leva em conta ainda a faixa etária e a modalidade de ensino. Os recursos financeiros apurados são tranferidos em até dez parcelas por ano e são destinados para a aquisição exclusiva de gêneros alimentícios para preparo da alimentação escolar.

Atualmente, na rede estadual de Mato Grosso são servidas cerca de 413 mil refeições diárias. Nas escolas plenas, cujo ensino é integral, são servidas três refeições, assim como as escolas especiais. As creches, por sua vez, servem cinco refeições.

Os cardápios da alimentação escolar são elaborados pelo nutricionista, responsável técnico da Seduc, utilizando gêneros alimentícios básicos. O cardápio respeita as referências nutricionais, os hábitos alimentares, a cultura alimentar da localidade e a sustentabilidade, sazonalidade e diversificação agrícola da região e na alimentação saudável e adequada.

Os cardápios atendem também aos alunos com necessidades nutricionais específicas, tais como doença celíaca, diabetes, hipertensão, anemias, alergias e intolerâncias alimentares, dentre outras.

Transporte Escolar

A Seduc também repassou aos 141 municípios do Estado a 1ª das 10 parcelas relacionadas ao transporte escolar, com valor de R$ 7.663,088,29. O repasse é feito direto aos municíoios, pois o transporte escolar fica a cargo dos mesmos, responsáveis pela manutenção dos veículos e pela contratação dos motoristas.

O valor disponibilizado para cada município depende da quilometragem diária realizada pelos veículos, percorrendo os trajetos em buscar e levar os estudantes até as unidades educacionais. O transporte dos estudantes da rede estadual de ensino, residentes na zona rural, é executado pelo Estado de Mato Grosso em parceria com os municípios.

O transporte escolar é um direito dos estudantes residentes em zona rural, local de difícil acesso. O objetivo é promover o desenvovlimento social inclusivo, articulado com a nova organização da estrutura escolar; diminuir o índice de evasão escolar, garantir a permanência dos estudantes na escola; e fortalecer a educação do e no campo.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Seis drones são apreendidos na Mata Grande em menos de uma semana

Publicado

por


Mais três drones foram apreendidos sobrevoando a Penitenciária Major Eldo de Sá, Mata Grande, em Rondonópolis (230 km de Cuiabá). Os aparelhos estavam carregados com porções de drogas e celulares para os detentos da unidade, porém os policiais penais impediram a ação e apreenderam os materiais.  

Em duas ocorrências foram apreendidos três aparelhos de celular, 800 gramas de maconha e 350 gramas de pasta base de cocaína. Um quarto drone que despejou a carga de celulares, estava longe do alcance dos policiais e não foi possível fazer a apreensão. 

No primeiro flagra, os suspeitos não se intimidaram e, em plena luz do dia, tentaram levar o drone com a carga para a penitenciária. Foi por volta de 12h desta sexta-feira (22.10), quando os policiais em ronda flagraram o aparelho sobrevoando o Raio III com uma carga suspeita e foi capturado.

Apenas 50 minutos depois, os policiais em ronda localizaram outro drone se aproximando da unidade com uma carga não identificada. O equipamento foi apreendido e estava carregado de entorpecente que seria entregue aos reeducandos.

Na terceira ocorrência, os suspeitos aproveitaram o início da noite para entrar com o drone na unidade. Era em torno das 17h desta quinta-feira (21.01), quando os agentes identificaram dois drones sobrevoando a unidade. Um dos equipamentos capturado carregava uma porção de maconha.

O segundo aparelho que não foi capturado pelos policiais descarregou o pacote suspeito. Nesta carga, foram localizados três celulares e um fone de ouvido, porém nenhum suspeito. 

Esta é a quarta apreensão feita pelos policiais em menos de uma semana na penitenciária Mata Grande. Na última quarta-feira (20.01), um aparelho foi apreendido com 11 celulares e 47 chips. No último domingo (17.10), os policiais capturaram outros dois drones. 

 
Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governo inicia obra de pavimentação da Avenida Mário Palma

Publicado

por


As obras de pavimentação da Avenida Mário Palma, em Cuiabá, já estão sendo executadas pela empresa contratada pelo Governo de Mato Grosso. Com 1 quilômetro de extensão, a Avenida passa pelos bairros Vista Alegre e Novo Colorado e será uma importante ligação dessa região com a Avenida Miguel Sutil.

A obra está na fase de limpeza da área e terraplanagem e foi licitada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT). A empresa Geosolo Engenharia foi vencedora do certame com uma proposta de R$ 1.816.762,02, o que representou uma economia de 9,1% em relação ao orçamento inicial. A ordem de serviço foi emitida no dia 20 de setembro.

O asfalto vai trazer mais qualidade de vida aos moradores da região.

“Esta será uma grande via de acesso, melhorando a mobilidade de toda a região do Ribeirão do Lipa, facilitando o acesso ao Hospital Municipal de Cuiabá e interligando a Avenida Miguel Sutil com a Avenida Helder Cândia”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira.

Mais MT 

A Avenida Mário Palma é um dos investimentos realizados pelo Governo de Mato Grosso na Capital. O Estado investe atualmente na restauração da MT-251, estrada que liga Cuiabá até Chapada dos Guimarães, na restauração da trincheira Jurumirim e em uma nova ponte sobre o Rio Cuiabá, ligando os bairros Parque Atalaia e Parque do Lago. Além disso, o Governo está construindo dois novos hospitais em Cuiabá, o Hospital Central na região do Centro Político e o novo Hospital Universitário Júlio Muller, na MT-040 entre Cuiabá e Santo Antônio do Leverger.

A atual gestão também finalizou obras como a construção da Avenida Parque do Barbado e do Centro de Treinamento da UFMT. Recentemente, o Governo anunciou que vai pavimentar a MT-400, conhecida como antiga Estrada da Guia.

Outras duas obras devem ser lançadas em breve pelo Estado: a primeira é a obra de extensão da Avenida Parque do Barbado, entre as avenidas Arquimedes Pereira Limas e das Torres, em um trecho de 0,7 km. A licitação para essa obra será publicada na próxima semana. A outra é a restauração da Arquimedes Pereira Lima, cujo projeto está pronto e aguarda trâmites internos para poder ser licitado.

As obras fazem parte do programa Mais MT, o maior programa de investimentos públicos da história de Mato Grosso, lançado pelo governador Mauro Mendes. Apenas para o eixo de infraestrutura estão previstos investimentos de  R$ 4,73 bilhões.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana