conecte-se conosco


Cidades

Secretaria de Infraestrutura planeja parceria com iniciativa privada e prefeituras

Publicado

Firmar parcerias é a saída para que o Estado consiga tocar as obras na área de infraestrutura, principalmente, as de pavimentação e revitalização de rodovias. A afirmação é do secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, ao comentar sobre o planejamento que vem sendo traçado pela equipe da atual gestão do Governo do Estado.

Segundo ele, as chamadas Parcerias Público Privada (“PPP caipiras”) terão um estímulo significativo nos próximos quatro anos, por meio das concessões de trechos rodoviários. “O Estado sozinho não tem condições de fazer tudo que se precisa em termos de rodovias, mas com grandes parecias conseguiremos sair desse atoleiro que está Mato Grosso”, enfatizou o titular da Sinfra.

O secretário explicou que a atuação da Secretaria de Infraestrutura será no sentido de se unir a parceiros como associações de produtores do agronegócio, consórcios regionais e também a prefeituras. “Temos que entregar as rodovias (estaduais) para aqueles que realmente as utiliza, e que terão satisfação em conservá-la, até porque precisam delas para locomoção e escoamento da produção”, pontou.

De acordo com Marcelo de Oliveira, a demanda hoje do Estado é grande na área de Infraestrutura, com destaque para restauração de pistas não pavimentadas e pavimentadas, incluindo as vias que não estão contempladas em programas tocados pela Sinfra.

“A conserva sobre as rodovias é importante porque muitas delas estão entre sete a nove anos sem ter nenhum tipo de restauração. Temos que fazer novas pavimentações no Estado. Também vamos atender os municípios que precisam de ajuda com pavimentação, recuperação de pontes”, elencou ele, ilustrando que Mato Grosso tem cerca de 2,5 mil pontes de madeira e cerca de 350 delas precisam ser recuperadas.

Justamente diante desse cenário, as concessões serão a aposta do Estado. Para que se tornem realidade, a Sinfra irá utilizar os 5% de recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) destinados a investimentos de Infraestrutura captados via MT PAR.

“Esses 5% vão gerar valores para que o MT PAR financie trechos e até rodovias inteiras e depois de concluídas sejam destinadas à concessão, via PPP. E os produtores, ou quem vencer a concessão, reembolsarão a MT PAR para que continue investindo nesse setor”, revelou o secretário.

Com base na nova lei do Fethab, aprovada em janeiro de 2019, na Assembleia Legislativa, 30% das contribuições do Fundo serão destinadas pelo Governo a obras e projetos de infraestrutura. O investimento é da ordem de R$ 450 milhões. 

Quanto a rodovias concessionadas, Mato Grosso tem hoje setes trechos entregues à iniciativa privada, além do oitavo em processo de transferência à concessionária. No total, são 673,73 km de estradadas sendo operadas por empresas, consórcios e associações.

Planejamento estratégico

Conforme Oliveira, a intenção do atual Governo é trabalhar para reduzir os inúmeros gargalos, mas sempre com base em planejamento. Na sua opinião, a realidade hoje não permite mais pensar apenas em pavimentar uma rodovia ou duplicar outra, faz-se necessário pensar a longo prazo para que o desenvolvimento ocorra de forma sustentável.


“Por isso, não podemos pensar a Sinfra em quatro ou oito anos, tem que se ter projeto para no mínimo 16 a 20 anos”, afirmou ele. Acrescentando ainda que o Governo do Estado vai trabalhar, justamente, para fortalecer a logística em Mato Grosso, preparando a malha viária para integração com outros modais como, por exemplo, a ferrovia.

Comentários Facebook
Leia mais:  Empresas que compartilham postes podem ter de remunerar prefeituras
publicidade

Cidade

Prefeitura de Nova Ubiratã oficializa entrega de ônibus para estudantes de comunidades rurais

Publicado

O segundo semestre do ano letivo tende a ser mais seguro e confortável para dezenas de estudantes das escolas municipais Professora Vera Lúcia Schmidt e Entre Rios, em Nova Ubiratã.

Localizadas, respectivamente, nos distrito de Piratininga e Entre Rios, as instituições de ensino foram contempladas com a entrega de dois ônibus 0 km, adaptados com elevadores de acesso para cadeirantes e demais Portadores de Necessidades Especiais (PNE’s). Os veículos foram oficialmente entregues entre os dias 05 e 12 de agosto.

Durante a solenidade de entrega, que foi acompanhada por representantes dos Poderes Executivo e Legislativo, além de profissionais da área e de entidades representativas como a Unidade Executora (UEX), o gestor da pasta, Leandro Alves Pereira dos Santos, enalteceu a importância do investimento de R$ 189.000,00 (cento e oitenta e nove mil reais).

“Quando falamos em melhoria na educação precisamos levar em consideração não só a qualificação dos profissionais, mas também a reestruturação das escolas bem como a do transporte coletivo dos nossos alunos. Atualmente nossa frota escolar é composta por 36 veículos que rodam diariamente cerca de 4.800 quilômetros”, assinala.

“A aquisição desses ônibus significa mais comodidade e segurança a esses estudantes, além de garantir um melhor custo benefício aos cofres públicos já que eles necessitam apenas de manutenção preventiva”, avalia Leandro.

Representante do Distrito de Piratininga, o vereador Nilton Parizotto enalteceu o empenho do gestor da pasta e defendeu que outras comunidades também sejam beneficiadas.

Leia mais:  Empresas que compartilham postes podem ter de remunerar prefeituras

“A gente tem que parabenizar a prefeitura, em especial o secretário [Leandro Alves Pereira dos Santos] pelo trabalho que tem desempenhado. Eu gostaria de aproveitar a oportunidade e pedir que as demais comunidades rurais, além de Piratininga e Entre Rios, também sejam contempladas com ônibus desse porte”, frisou.

Para o subprefeito do Distrito de Entre Rios, Elisandro Goulart, a destinação do veículo para a comunidade demonstra o comprometimento da gestão municipal com os moradores da zona rural.

“Posso assegurar com conhecimento de causa que os nossos distritos nunca foram tão bem assistidos pelo poder público. Basta olhar ao redor e ver as ações colocadas que foram concretizadas. Ações que foram aguardadas por muitos anos e que estão fazendo a diferença na vida de milhares de pessoas”, observa o subprefeito.


Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidade

Assistência Social implantou o Programa “Dia de Pão” em Peixoto de Azevedo

Publicado

Umas das metas do Prefeito de Peixoto de Azevedo, Mauricio Ferreira, e da Primeira Dama e Secretária Municipal de Assistência Social, Marisete de Souza, era colocar em funcionamento a Padaria Municipal para atender os programas sociais da administração.

Quando esta administração assumiu a padaria se encontrava em total abandono, servindo de depósito e com seus poucos equipamentos sucateados, um cenário desolador para um local de funcionamento de uma padaria municipal.

Aos poucos esta administração foi investindo, primeiro na reforma do local e depois na aquisição de novos equipamentos e por último um padeiro profissional foi contratado.

A padaria municipal foi colocada em funcionamento e já produz há algum tempo bolos e salgados para atender a demanda dos programas sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Nesta etapa aconteceu a implantação do novo programa “Dia de PÃO” com a distribuição de pães duas vez por semana, cerca de 270 famílias da sede e de União do Norte serão beneficiadas em média com 2.000 pães por semana que com certeza estarão completando a alimentação destas famílias dos 350 alunos do SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

As famílias presentes também receberam frutas e verduras fresquinhas vindas do convênio entre Secretaria, Conab e Agripac.

O Prefeito Maurício Ferreira participou juntamente com a Primeira Dama Marisete de Souza do ato implantação deste novo programa da Secretaria Municipal de Assistência Social de Peixoto de Azevedo.

Leia mais:  Pleito da gestão local, novas regras para licitações podem ser aprovadas no plenário da Câmara
Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana