conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Secretaria começa formar novos servidores que atuarão no Sistema Penitenciário

Publicado

Cento e sessenta e oito novos servidores do Sistema Penitenciário de Mato Grosso começaram nesta segunda-feira (12.11) o curso de formação que os capacitará para atuar nas unidade penais do estado. Com uma carga horária dividida em 490 horas aulas, agentes penitenciários e profissionais de nível superior nos perfis de advogado – assistentes sociais, enfermeiros e psicólogos – passarão por aulas teóricas e práticas.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Fausto Freitas, deu boas vindas à turma, que ingressou por meio de concurso público realizado em 2017, e destacou os investimentos realizados para fortalecer e aprimorar a atuação dos servidores penitenciários. “É um momento de muito orgulho e responsabilidade para o Sistema Penitenciário, pois houve um esforço conjunto de muitas instituições para que, mesmo diante das dificuldades econômicas do Estado, conseguíssemos chamar essa primeira turma”, destacou o gestor.

Os novos servidores atuarão nas unidades prisionais de Cuiabá, Várzea Grande, Lucas do Rio Verde, Aripuanã, Colniza, São Félix do Araguaia, Porto dos Gaúchos e Vila Rica.

O presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários, João Batista Pereira, frisou a importância da constante qualificação dos servidores para que trabalho executado pelo Sistema penitenciário mato-grossense permaneça sendo referência nacional.

Secretário adjunto de Administração Penitenciária e agente, Emanoel Flores falou do momento que passa o setor, com investimentos robustos na área operacional – entre 2017 e este ano, a Sejudh aplicou R$ 11 milhões em recursos do Fundo Penitenciário Nacional na aquisição de munições, armamentos, viaturas, rádios comunicadores, kit fardamento; modernização de sistemas de gestão penitenciária. “O que a secretaria realizou nos últimos anos garantiu melhorias operacionais e capacidade de trabalho para que está na ponta, para que continuemos a ser exemplo para outros estados brasileiros”.

O diretor de Ensino Penitenciário, Anderson Santana, explica que as aulas ocorrerão na Escola Penitenciária, Academia de Polícia Judiciária Civil e no Centro de Treinamento da Penitenciária Central do Estado (PCE). Entre os temas que serão abordados estão: direitos humanos, processo penal, administração pública aplicada ao sistema penitenciário nacional; armamento; munições e tiro; dinâmicas prisionais: espaços e interações; privação de liberdade no Brasil: modelo institucional e jurídico. “Foi preparada uma grade para atender a necessidade de qualificação do servidor e do trabalho que será executado por ele”.

Participaram também da cerimônia instrutores do curso, superintendentes penitenciários Gilberto Rondon e João Fernando Feitoza; superintendente de Políticas sobre Drogas da Sejudh, Eunice Teodora; servidores da Escola Penitenciária e familiares dos alunos.

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana