conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Secel publica editais para concessão de bolsas para 4 categorias de atletas

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), publicou nesta sexta-feira (31.07) os editais com disposições, critérios, período e documentos para inscrição no projeto Olimpus, que ofertará bolsas financeiras a atletas.  São quatro editais de chamada pública, divididos de acordo com as determinações de cada uma das categorias contempladas: Atleta Nacional, Atleta Nacional Elite, Atleta Estudantil e Atleta Base Olímpica. 

O prazo para envio das propostas e da documentação é de 05 de agosto a 04 de setembro. Cada categoria possui uma relação específica de documentos e todas abrangem as modalidades esportivas individual e coletiva. Os editais completos estão disponíveis em: www.esportes.mt.gov.br/editais.

Para o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, a publicação oficial materializa o projeto Olimpus, garantindo o desenvolvimento ao longo dos anos de uma geração de atletas em Mato Grosso. 

“É uma conquista para todos nós ter esse projeto concretizado hoje, publicado em diário oficial, com as novas categorias e mais beneficiados, e com toda uma política de pagamento para que não haja atrasos. É o reconhecimento da importância do esporte para nossa sociedade e vamos fazer disso uma política estruturante”, comemora.

Na categoria Atleta Nacional serão concedidas 60 bolsas, no valor mensal de R$ 900 cada uma, para atletas com idade a partir de 14 anos. Para concorrer nesse grupo, o esportista da modalidade individual precisa ter obtido da primeira à sexta colocação em eventos de sua Confederação ou integre o ranking nacional final da temporada. Já para a modalidade coletiva, o critério é ter conquistado da primeira à terceira colocação em eventos da Confederação e ser selecionado como destaque pelo técnico da equipe.

Foi criada também a categoria Atleta Nacional Elite, que contemplará 20 esportistas com boas colocações em eventos internacionais. Nesse caso, o valor mensal da bolsa será de R$ 1.600. Na modalidade coletiva, além da colocação da equipe na competição, o atleta também precisa ser indicado como destaque. 

Já as outras duas categorias contempladas irão beneficiar atletas de base, com idade entre 12 e 16 anos e que participaram da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude 2019. Com concessão de 50 bolsas na categoria Atleta Estudantil e de outras 110 na categoria Atleta Base Olímpica, os editais se diferenciam pelo valor mensal e pelas colocações na competição escolar brasileira. 

Na estudantil, a bolsa mensal será de R$ 600 para atletas que conquistaram até o sexto lugar na modalidade individual e até a terceira posição, na coletiva. Para a Base Olímpica, o valor será de R$ 250 beneficiando atletas das modalidades individuais que alcançaram da sétima à décima colocação e jovens destaques em equipes que obtiveram da quarta à sétima posição nos esportes coletivos.

Dentre os documentos necessários para as duas categorias de base, estão o atestado de matrícula e frequência regular em instituição de ensino e ainda declaração de participação e colocação nos Jogos Escolares.

Os atletas que requerem as bolsas de Atleta Nacional e de Atleta Nacional Elite precisam apresentar atestado de prática de atividade esportiva e declaração de registro e vínculo em federação da respectiva modalidade, além de outros documentos informados nos editais.

Em qualquer uma das quatro categorias de bolsa-atleta, o interessado deverá apresentar histórico de resultados (currículo esportivo), contendo fotos e outras referências de comprovação. Também é solicitado um plano esportivo anual, que demonstre objetivos e metas para o ano de recebimento do benefício.

“Agradecemos à equipe da Secel, comandada inicialmente pelo deputado Allan Kardec e agora pelo Alberto Machado, a todos que acreditaram e trabalharam de forma muita intensa nesse projeto tão esperado pela comunidade esportiva.  O primeiro passo foi organizar o calendário durante o passado, e agora conseguimos garantir o financiamento básico para que as políticas esportivas aconteçam de forma perene e tenhamos uma geração de atletas de nível cada vez melhor no estado”, completa o adjunto Jefferson Carvalho. 

Entrega de documentos para inscrição

A documentação pode ser entregue diretamente na Secel, em horário de expediente, no setor de protocolo que fica no prédio da avenida José Monteiro de Fugueiredo (Lava Pés), em Cuiabá. Outra opção, principalmente para quem não mora em Cuiabá, é enviar os documentos por via postal com aviso de recebimento (AR) ou entrega rápida, em envelope lacrado. Nesse caso, será considerada a data da postagem.

Primeiro, as propostas serão avaliadas pela comissão instituída em portaria da Secel. O processo seletivo para a concessão da bolsa-atleta terá ainda mais quatro  etapas, que incluem entrevista, exame e avaliação do beneficiário, análise do Conselho Estadual do Desporto (CONSED) e emissão do termo de adesão. 

Serviço:

Editais para concessão de bolsa-atleta

Período de inscrições: 05/08/2020 a 04/09/2020

Edital Atleta Nacional: AQUI

Edital Atleta Nacional Elite: AQUI

Edital Atleta Estudantil: AQUI

Edital Atleta Base Olímpica: AQUI

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Uma pessoa é presa em flagrante com arma de fogo na Operação Ares, na região de Chapada dos Guimarães

Publicado

por


A Polícia Civil em Chapada dos Guimarães realizou nesta terça-feira (11.05) mais uma etapa da Operação Ares para cumprimento de mandados de busca e apreensão em investigações que apuram diversos crimes ocorridos na região, entre eles, uma tentativa de homicídio.

Armas foram apreendidas e uma pessoa foi presa em flagrante em Nova Brasilândia por posse irregular de arma de fogo de uso permitido. O cumprimento das ordens judiciais contou com apoio da Gerência de Operações Especiais, da Diretoria de Atividades Especiais da Polícia Civil.

A primeira fase da operação foi realizada no final de abril, quando foram cumpridos mandados de busca em Cuiabá e Chapada dos Guimarães.

De acordo com o delegado de Chapada dos Guimarães, Alexandre Nazareth, a operação buscou a apreensão de armas de fogo relacionadas em diversos crimes investigados pela Delegacia de Chapada dos Guimarães.

Os alvos da fase realizada nesta terça-feira estão relacionados à investigação de uma tentativa de homicídio ocorrida em Nova Brasilândia. A vítima sofreu seis disparos de arma de fogo e está hospitalizada, com os projeteis ainda alojados no corpo.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governo de MT já distribuiu 98,1% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicado

por


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (11.05), 1.033.630 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já disponibilizou 1.014.604 aos 141 municípios do Estado, ou seja, 98,1% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses (957.298), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (3.186) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante enfatizar que as 17.550 doses de vacina da Pfizer, recebidas nesta madrugada, estão sendo pactuadas pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e serão disponibilizadas assim que definida a destinação dos imunizantes.

Das 957.298 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 689.559 (71%), sendo 469.471 como primeira dose e 220.088 como segunda dose. O percentual se manteve igual ao da semana passada; já na semana retrasada, a taxa era de 77%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Porto Esperidião (98%), Santa Terezinha (95%), Vila Rica (94%), Santo Afonso (93%), Ribeirãozinho (92%), Nova Monte Verde (89%), Juína (87%), Campo Novo do Parecis (86%), Vale de São Domingos (85%) e Planalto da Serra (84%).

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo n° 429 ou no Painel de Distribuição de Vacinas Covid-19.

Considerando as vacinas destinadas à população indígena, alguns municípios podem contabilizar as doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassar o limite de 100% da aplicação.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Na força-tarefa da vacinação, cabe ao Governo do Estado fazer a logística de distribuição, que é definida pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição é feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e do Ministério da Defesa. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também disponibiliza sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

É importante ressaltar que o Governo Federal define o total de doses que cada estado recebe. Essa definição ocorre de acordo com a quantidade de pessoas que pertencem aos grupos prioritários e não pela quantidade absoluta da população.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana