conecte-se conosco


Esportes

Scarpa diz que temporada foi “complicada”, mas comemora título com o Palmeiras

Publicado

A primeira temporada de Gustavo Scarpa pelo Palmeiras não foi nada fácil. O meia precisou ficar um longo tempo afastado dos gramados por problemas judiciais para se desvincular
do Fluminense, seu ex-clube e, posteriormente, sofreu uma lesão no calcanhar.

Leia também: “Pensei que eu fosse burro, mas ganharam de mim”, diz Tevez sobre final em Madri


Gustavo Scarpa em ação na última rodada do Campeonato Brasileiro 2018
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Gustavo Scarpa em ação na última rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Na reta final do Brasileirão, porém, as coisas melhoraram e Scarpa
acabou como peça importante na conquista do título brasileiro não só pelos dois gols marcados, mas também por
sua rara qualidade no passe.

Quando esteve em campo, o camisa 14 mostrou o motivo de o Palmeiras ter lutado pela sua contratação. Com o passe açucarado para Luan marcar no triunfo por 3 a 0, no Allianz
Parque, pela 34ª rodada, o meia chegou a 25 assistências nas últimas quatro edições do brasileiro e só fica atrás do companheiro Dudu (35) no ranking divulgado pelo Footstats
,
site especializado em estatísticas.

Em 2016 e 2017, ainda pelo Fluminense, Scarpa terminou a competição nacional como o maior garçom. Foram 12 assistências no ano passado e dez na penúltima temporada. Além disso, o meia também aparece como o terceiro jogador que mais deu assistências para finalização no Brasileirão
entre 2015 e 2018. Foram 225 e, nesse período, atrás somente de Dudu (244) e Lucas Lima (259).

Leia mais:  Neymar: PSG recusa proposta do Real de R$446 milhões e mais três jogadores

Leia também: Líder de barra brava do Boca Juniors é deportado ao chegar na Espanha

“Tive uma temporada complicada extracampo e não posso mentir que isso atrapalhou o rendimento. Mas, graças a Deus, todos esses imbróglios fazem parte do passado. Mesmo com esses problemas, consegui render e é muito bom saber que pude contribuir para o título. Além disso, é gratificante chegar ao final da temporada e ver que sigo com números de destaque
no futebol nacional, onde há tanta gente boa”, afirmou.

“Agora estou de férias e só quero descansar. Espero poder ajudar, ainda mais, o Palmeiras
em 2019. Temos um grupo muito forte e buscarei meu espaço, sempre respeitando os
companheiros e treinando forte”, completou.

Leia também: Vinicius Junior marca seu primeiro gol pelo time principal do Real Madrid


Scarpa
participou de 12 jogos na campanha do título, sendo oito como titular. Marcou dois gols (Paraná e Vitória) e deu uma assistência. Além disso, distribuiu sete passes para
finalização. Em toda a temporada, o camisa 14 disputou 24 partidas, balançou as redes seis vezes e deu dois passes decisivos.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Messi jogando na terceira divisão do futebol norueguês? Entenda

Publicado

por

Daniel Are Knutsen mudou de nome para Lionel Messi e foi contratado para jogar em time da Noruega arrow-options
Reprodução
Daniel Are Knutsen mudou de nome para Lionel Messi e foi contratado para jogar em time da Noruega

Um time da terceira divisão da Noruega contratou Lionel Messi. Mas, evidentemente, não estamos falando do jogador do Barcelona. O mais novo reforço do IK Junkeren se chamava originalmente Daniel Are Knutsen, mas sua idolatria pelo craque era tão grande que o atleta resolveu mudar de nome.

Leia mais: “Ele me faz ser um jogador melhor”, diz Cristiano Ronaldo sobre Messi


O jovem jogador demonstra confiança em seu futebol, mas reconhece a gigantesca diferença entre ele e o craque argentino. “ Messi é o meu maior ídolo e faço o melhor que posso para seguir o caminho dele. É possível ver algumas semelhanças, mas o meu talento não é tão bom”, afirmou o atleta de 16 anos.


Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Leia mais:  Por que Eden Hazard é um dos jogadores mais cobiçados do mundo?
Continue lendo

Esportes

Ex-Galo, namorado de Larissa Riquelme pode ser condenado a 24 anos de prisão

Publicado

por

Jonathan Fabbro e Larissa Riquelme arrow-options
Reprodução/Instagram
Jonathan Fabbro e Larissa Riquelme

O paraguaio Jonathan Fabbro pode ser condenado a até 24 anos de prisão por abusar sexualmente de sua afilhada. O abuso teria durado por anos desde que a menina, agora com 11 anos de idade, tinha cinco. Preso preventivamente na Argentina, o jogador, que atuou por River Plate, Boca Juniors e Atlético Mineiro, entre outros clubes, conhecerá sua sentença na próxima quinta-feira.

A acusação pediu ao tribunal a condenação de Jonathan Fabbro por 24 anos, enquanto a promotoria indicou uma pena de 12 anos. O jogador de 37 anos foi preso no México em 2017, e extraditado para a Argentina.

“As provas demonstram a materialidade dos atos e a autoria do imputado, para o qual pedimos 24 anos de prisão “, disse o advogado da vítima, Gastón Marano, à agência de notícias “Télam”.

Leia também: Homem que assediou russa na Copa com gritos de “b… rosa” processa TV Globo

Segundo peritos, a vítima “apresentava sintomas associadas à vitimização sexual e o baixo rendimento acadêmico, com depressão, anseidade, culpa, vergonha e hostilidade. A pena de Fabbro pode ser intensificada pela vítima ter menos de 13 anos, o que configura corrupção de menores.


A portas fechadas, o julgamento contou com mais de 20 depoimentos, incluindo um da modelo paraguaia Larissa Riquelme , que fez sucesso na Copa de 2010. Ela é namorada de Fabbro.

Leia mais:  É do Tricolor! São Paulo anuncia contratação do lateral-direito Daniel Alves

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana