conecte-se conosco



Esportes

Scarpa diz que temporada foi “complicada”, mas comemora título com o Palmeiras

Publicado

A primeira temporada de Gustavo Scarpa pelo Palmeiras não foi nada fácil. O meia precisou ficar um longo tempo afastado dos gramados por problemas judiciais para se desvincular
do Fluminense, seu ex-clube e, posteriormente, sofreu uma lesão no calcanhar.

Leia também: “Pensei que eu fosse burro, mas ganharam de mim”, diz Tevez sobre final em Madri


Gustavo Scarpa em ação na última rodada do Campeonato Brasileiro 2018
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Gustavo Scarpa em ação na última rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Na reta final do Brasileirão, porém, as coisas melhoraram e Scarpa acabou como peça importante na conquista do título brasileiro não só pelos dois gols marcados, mas também por
sua rara qualidade no passe.

Quando esteve em campo, o camisa 14 mostrou o motivo de o Palmeiras ter lutado pela sua contratação. Com o passe açucarado para Luan marcar no triunfo por 3 a 0, no Allianz
Parque, pela 34ª rodada, o meia chegou a 25 assistências nas últimas quatro edições do brasileiro e só fica atrás do companheiro Dudu (35) no ranking divulgado pelo Footstats ,
site especializado em estatísticas.

Em 2016 e 2017, ainda pelo Fluminense, Scarpa terminou a competição nacional como o maior garçom. Foram 12 assistências no ano passado e dez na penúltima temporada. Além disso, o meia também aparece como o terceiro jogador que mais deu assistências para finalização no Brasileirão entre 2015 e 2018. Foram 225 e, nesse período, atrás somente de Dudu (244) e Lucas Lima (259).

Leia mais:  Jovem volante do Corinthians impressiona Vampeta: “tem que ser titular”

Leia também: Líder de barra brava do Boca Juniors é deportado ao chegar na Espanha

“Tive uma temporada complicada extracampo e não posso mentir que isso atrapalhou o rendimento. Mas, graças a Deus, todos esses imbróglios fazem parte do passado. Mesmo com esses problemas, consegui render e é muito bom saber que pude contribuir para o título. Além disso, é gratificante chegar ao final da temporada e ver que sigo com números de destaque
no futebol nacional, onde há tanta gente boa”, afirmou.

“Agora estou de férias e só quero descansar. Espero poder ajudar, ainda mais, o Palmeiras em 2019. Temos um grupo muito forte e buscarei meu espaço, sempre respeitando os
companheiros e treinando forte”, completou.

Leia também: Vinicius Junior marca seu primeiro gol pelo time principal do Real Madrid

Scarpa participou de 12 jogos na campanha do título, sendo oito como titular. Marcou dois gols (Paraná e Vitória) e deu uma assistência. Além disso, distribuiu sete passes para
finalização. Em toda a temporada, o camisa 14 disputou 24 partidas, balançou as redes seis vezes e deu dois passes decisivos.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Inter de Milão e Milan descartam reforma do San Siro para construir novo estádio

Publicado

por


Inter de Milão e Milan podem abandonar o San Siro para construir um novo estádio na cidade
Reprodução / Getty Images

Inter de Milão e Milan podem abandonar o San Siro para construir um novo estádio na cidade

O novo CEO do Milan, Ivan Gazidis, revelou nesta segunda-feira (10) que pretende descartar a ideia de modernizar o San Siro, com o objetivo de construir um novo estádio em colaboração com a rival Inter de Milão.

Leia também: Paquetá realiza exames médicos e deve ser oficializado como reforço do Milan

No início de novembro,  Inter de Milão e Milan assinaram um acordo para reformar o San Siro , o que segundo as partes era algo primordial, do ponto de vista financeiro, administrativo e técnico, mas tudo indica que o projeto deve ter uma reviravolta.

“A modernização do San Siro, anunciada há algumas semanas, é agora um plano B, porque não seria fácil usá-lo durante as obras com uma capacidade reduzida para 40 mil lugares. O Milan está pensando em um novo estádio, não só para si. O peso do investimento seria compartilhado com a Inter, junto com os direitos de nomeação e patrocínios”, explicou Gazidis, em entrevista ao jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”.

Leia também: Por artilharia, Icardi presenteia colegas da Inter de Milão com relógios de luxo

As diretorias de ambos os clubes e a Prefeitura de Milão devem se reunir futuramente para debater a ideia.


Ivan Gazidis assumiu o cargo de CEO do Milan após deixar o Arsenal
Reprodução

Ivan Gazidis assumiu o cargo de CEO do Milan após deixar o Arsenal

Gazidis assumiu o cargo de CEO do Milan no dia 1º de dezembro. O cartola sul-africano passou os últimos 10 anos como dirigente do Arsenal, além de ter desempenhado papel fundamental na criação da Major League Soccer (MLS), a principal liga de futebol dos Estados Unidos.

Leia mais:  Diretor do Barcelona não descarta o retorno de Neymar ao clube em 2019

Leia também: Político italiano critica Gattuso no Milan: “Alguém explica essa teimosia?”

O San Siro, estádio utilizado por Inter de Milão e Milan, foi inaugurado em 1926 e passou pela sua última grande reforma no fim dos anos 1980, quando ganhou o terceiro anel, em função da Copa do Mundo de 1990, disputada na Itália.


Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Paysandu dará ingressos grátis para torcedores com baixa renda em 2019

Publicado

por


Paysandu faz ação social com torcedores de baixa renda
Fernando Torres/Paysandu

Paysandu faz ação social com torcedores de baixa renda

O Paysandu Sport Club realizou no último sábado (08) uma ação social com torcedores de baixa renda. Com o projeto “Paysandu, Alegria do Povo”, divulgado na última semana, o clube pretende levar alguns torcedores de graça para o Estádio Leônidas Castro em 2019.

Leia também: PSG ajuda Neymar a fechar acordo financeiro a fim de evitar a saída do jogador

A ação social tem como público alvo os torcedores hipossuficientes – aqueles que não possuem condição financeira necessária para se sustentar. No fim de semana, o Paysandu realizou o cadastro de algumas dessas pessoas na Curuzu (sede do Sócio Bicolor).

Ex-vice-presidente de gestão do clube e agora presidente dos Lobos, Ricardo Gluck Paul foi o idealizador do projeto. A ideia é que durante a próxima temporada, a equipe consiga oferecer entrada grátis para até 1.000 pessoas.

Atual vice-presidente de gestão, Ieda Almeida, explicou a ação social. “O projeto tem a finalidade de atender aos torcedores do Paysandu que por situações adversas da vida estão desempregados. O clube vai cadastrar em um primeiro momento cerca de 500 pessoas, mas a meta é chegar a mil”, comentou.

Leia mais:  Douglas Costa revela advertência de Tite após cusparada: “Ele falou o que pensa”

Ela também explica que as pessoas beneficiadas não irão a todos os jogos do ano. Haverá um rodízio com o primeiro jogo contemplando 200 torcedores de baixa renda, no próximo 300, no outro 500 e seguindo.

Leia também:  Cristiano Ronaldo com saudades de Messi? “Talvez ele é que sinta minha falta”

Cada torcedores hipossuficiente receberá um cartão de acesso, como um cartão de sócio torcedor. Esse cartão será intransferível e, posteriormente, será substituído por um cadastro biométrico.

Ieda também comentou que a ação social do Paysandu tem outras ramificações. “Temos outras ideias também de firmar um contrato, por exemplo, com a Secretaria Municipal de Educação, para levar um grupo de crianças de escola pública uma vez por mês ao estádio para assistir a um jogo”.

O idealizador do projeto “Paysandu, Alegria do Povo” tem um motivo muito importante para implantar a ação em seu primeiro ano como presidente.

“Historicamente, o Paysandu sempre foi conhecido como o time do povo e isso não pode se perder. Precisamos trazer todos os torcedores para dentro do clube, queremos que eles participem de experiências e vivam o clube, se sintam em casa em qualquer patrimônio do clube, seja na Curuzu, na Sede Social ou na Sede Náutica”.

Leia também:  Sport denuncia possível irregularidade do Ceará e espera voltar a Série A

Leia mais:  Diretor do Barcelona não descarta o retorno de Neymar ao clube em 2019

A ação social tem início no primeiro jogo do Paysandu em 2019 pelo Campeonato Paraense começa entre os dias 19 e 20 de janeiro. O papão está na Chave A2 com São Raimundo, Independente de Tucuruí e Águia de Marabá. A Chave A1 tem Remo, Bragantino, Castanhal e Paragominas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana