conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Saúde

Rio pode vacinar todos adultos até setembro, caso ritmo de vacinação se mantenha

Publicado


source
Vacinação Covid-19
Agência Brasil

Vacinação Covid-19

Em agenda neste domingo, o prefeito Eduardo Paes se mostrou otimista com uma possível antecipação do calendário de vacinação contra a Covid-19 na cidade do Rio. O prefeito afirmou que caso o ritmo de vacinação se mantenha como o atual pode ser possível antecipar as datas em até um mês, o que permitiria toda a população carioca acima de 18 anos ser vacinada até meados de setembro.

— Do jeito que está indo, se continuar esse fluxo, estamos muito otimistas com a possibilidade até de acelerar. Quem sabe não conseguimos ganhar até um mês. Ainda é uma especulação. Avançamos quase uma década em duas semanas. Se continuar nesse ritmo as noticias podem ser boas. É um achismo meu, nada ainda oficial — afirmou.

O primeiro calendário divulgado pela prefeitura em maio que contempla todos os adultos prevê que o último grupo a ser vacinado seria o de jovens com 18 anos até o dia 23 de outubro. Entretanto, nas últimas duas semanas a prefeitura conseguiu antecipar o calendário para imunizar todas as pessoas acima de 50 anos até o dia 19 de junho — enquanto a previsão original era apenas concluir essa faixa etária no início de julho.

Essa antecipação depende principalmente da chegada de novas doses de vacinas contra a Covid-19. A cidade do Rio possui uma capacidade de aplicar cerca de 73 mil doses diárias, mas hoje aplica cerca da metade.

Você viu?

Paralelamente ao calendário municipal do Rio, o governo do estado vacina pessoas com síndrome de Down, autismo, paralisia cerebral, nanismo e mielomeningocele (espinha bífida) com 18 anos ou mais, que residam na capital. A imunização é realizada no estacionamento do Estádio Célio de Barros, de segunda a sexta, das 9h às 16h, e requer o agendamento prévio, que pode ser feito no portal do governo do Estado.

Confira o calendário da próxima semana:

  • Dia 14 de junho , segunda-feira: Mulheres (turno da manhã) e homens (turno da tarde) de 53 anos
  • Dia 15 de junho , terça-feira: Mulheres (turno da manhã) e homens (turno da tarde) de 52 anos
  • Dia 16 de junho , Profissionais da Educação Superior e cursos profissionalizantes
  • Dia 17 de junho , quinta-feira: Mulheres (turno da manhã) e homens (turno da tarde) de 51 anos
  • Dia 18 de junho , sexta-feira: Mulheres (turno da manhã) e homens (turno da tarde) de 50 anos
  • Dia 19 de junho , sábado: Mulheres (turno da manhã) e homens (turno da tarde) de 50 anos ou mais

Locais de vacinação, de segunda a sexta, das 8h às 17h

  • Clínicas da família e centros municipais de saúde
  • Planetário da Gávea
  • Tijuca Tênis Clube
  • Museu da República (Catete)
  • Paróquia Nossa Senhora do Rosário (Leme)
  • Casa Firjan (Botafogo)
  • Quartéis do Corpo de Bombeiros (Humaitá)
  • Copacabana e Barra da Tijuca (Busca e Salvamento)
  • Museu da Justiça (Centro)
  • Jockey Club Brasileiro (Gávea)
  • Hotel Fairmont (Copacabana)
  • Cidade das Artes (Barra da Tijuca)
  • Museu do Amanhã (Centro)
  • Quadra do Cacique de Ramos
  • Imperator (Méier)
  • Museu Militar Conde de Linhares (São Cristóvão)
  • Club Municipal (Tijuca)
  • Vila Militar (Deodoro)
  • Palácio Duque de Caxias, ao lado da Central do Brasil
  • Quadra da Portela (Madureira)
  • Campus da UERJ no Maracanã (portão 1) – 09h às 15h

Drive-thru, segunda a sexta, das 9h às 15h (Exclusivo para idosos)

  • Parque Olímpico (Barra da Tijuca)
  • Sambódromo (Santo Cristo)
  • Estádio do Engenhão (Engenho de Dentro)

Sábado, das 08h às 17h

  • Clínicas da família e centros municipais de saúde
  • Quadra do Cacique de Ramos (Olaria)
  • Museu Militar Conde de Linhares (São Cristóvão)
  • Vila Militar (Deodoro)
  • Palácio Duque de Caxias, ao lado da Central do Brasil
  • Jockey Club Brasileiro (Gávea) – 08h às 15h
  • Museu da República (Catete) – 08h às 15h
  • Paróquia Nossa Senhora do Rosário (Leme) – 08h às 12h
  • Quartéis do Corpo de Bombeiros: Humaitá, Copacabana e Quartel de Busca e Salvamento (Barra da Tijuca) – 08h às 12h

Drive-thru, sábado, das 08h às 15h (Exclusivo para idosos)

  • Cidade Universitária (Ilha do Fundão)
  • Parque (Madureira)
  • Parque Olímpico (Barra da Tijuca)
  • Sambódromo (Santo Cristo)
  • Engenhão (Engenho de Dentro) – 08h às 14h
Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook

Saúde

OMS: ômicron é ‘muito transmissível’, mas não deve ser motivo para pânico

Publicado

por


source
Ômicron: o que se sabe sobre os três casos confirmados no Brasil
André Biernath – @andre_biernath – Da BBC News Brasil em São Paulo

Ômicron: o que se sabe sobre os três casos confirmados no Brasil

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde, Soumya Swaminathan, disse à Reuters nesta sexta-feira que, embora a nova variante do coronavírus Ômicron pareça ser muito transmissível, a resposta certa é estar preparado, com cautela e sem pânico.

A OMS pediu aos países que aumentem a capacidade de saúde e vacinem seu povo para combater o aumento de casos de Covid-19 causados ​​pela variante Ômicron, dizendo que as restrições às viagens podem ganhar tempo, mas por si só não são a resposta.

“Até que ponto devemos ficar preocupados? Precisamos estar preparados e cautelosos, não entrar em pânico, porque estamos em uma situação diferente de um ano atrás”, disse Swaminathan durante uma entrevista na conferência Reuters Next.

Embora o surgimento da nova variante não seja bem-vinda, ela disse que o mundo estava muito mais bem preparado devido ao desenvolvimento de vacinas desde o início da pandemia de Covid-19.

Desde que foi descoberta na África do Sul, vários países fecharam suas fronteiras e restringiram voos vindos da região sul do continente africano como uma tentativa de evitar a transmissão da nova cepa. No entanto, mais de 20 países já identificaram a Ômicron em seu território, inclusive o Brasil, que tem cinco casos confirmados.

Leia Também

“Precisamos esperar, espero que seja mais branda … mas é muito cedo para concluir sobre a variante como um todo”, disse Swaminathan ao ser questionada sobre o que se sabia da Ômicron. “A Delta é responsável por 99% das infecções em todo o mundo. Esta variante teria que ser mais transmissível para competir e se tornar dominante em todo o mundo. É possível, mas não dá para prever.”

A principal cientista da OMS disse que a variante Ômicron parecia estar causando três vezes mais infecções do que as experimentadas anteriormente na África do Sul, o que significa que “parece ser capaz de superar parte da imunidade natural de infecções anteriores”.

As vacinas pareciam estar surtindo algum efeito.

“O fato de não estarem ficando doentes … isso significa que as vacinas ainda oferecem proteção e esperamos que continuem a fornecer proteção”, disse Swaminathan.

Questionada sobre a necessidade de reforços de vacinas anuais, ela disse que “a OMS está se preparando para todos os cenários”, que poderia incluir uma dose adicional, particularmente entre alguns grupos de idade ou setores vulneráveis ​​da população, ou uma vacina modificada.

“A infecção natural atua como um impulsionador”, disse a cientista da OMS, acrescentando que embora a nova variante “pudesse ter se originado em um país onde não há muito sequenciamento do genoma”, suas origens não eram conhecidas.

“Talvez nunca saibamos”, finalizou.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

‘Só uma questão de quando’, diz CEO da BioNTech sobre necessidade de nova vacina

Publicado

por


source
Farmacêutico enche uma seringa para preparar uma dose da vacina Pfizer-BioNTech/Imagem ilustrativa
Patrick T. Fallon/Divulgação

Farmacêutico enche uma seringa para preparar uma dose da vacina Pfizer-BioNTech/Imagem ilustrativa

A empresa alemã BioNTech deve ser capaz de adaptar sua vacina contra o coronavírus de forma relativamente rápida em resposta ao surgimento da variante Ômicron, disse o CEO da BioNTech, Ugur Sahin, na conferência Reuters Next nesta sexta-feira.

Acho que precisaremos de uma nova vacina contra a Covid-19, é uma questão de quando precisaremos dela “, disse Sahin. ” Temos capacidade de adaptar a vacina da Covid-19 relativamente rápido .”

A BioNTech e a Pfizer juntas produziram uma das primeiras vacinas contra a Covid-19 e Sahin também disse que as vacinas deveriam continuar a fornecer proteção contra doenças graves, apesar das mutações.

“Esta variante pode infectar pessoas vacinadas. Estamos confiantes de que as pessoas vacinadas e com a dose de reforço terão proteção suficiente contra a doença grave causada por qualquer tipo (de variante). Saberemos em algumas semanas” , pontuou.

Leia Também

O executivo-chefe da BioNTech disse também que a probabilidade de que as pessoas precisem de uma vacina anual contra o coronavírus, semelhante à vacina contra a gripe, está aumentando.

Ainda há poucas informações sobre a Ômicron, que foi detectada pela primeira vez no sul da África em novembro e já se espalhou para pelo menos duas dezenas de países, incluindo o Brasil.

“Esta variante provavelmente será capaz de infectar pessoas com alta exposição. Essa é uma das coisas que estão ficando cada vez mais claras. Não está claro se essa variante produz doença mais grave” , disse Sahin.

O CEO da BioNTech, cujo trabalho até o surgimento do coronavírus Covid-19 em 2020 foi focado no câncer, disse que a nova variante surgiu mais cedo do que ele esperava, acrescentando que havia antecipado uma em 2022.

Drop here!
Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana