conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Região Turística do Portal do Agronegócio inicia debate sobre criação de Instância de Governança

Publicado

A adjunta de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômica (Sedec) promove nesta terça-feira (13.11), uma reunião técnica para iniciar os trabalhos que poderão consolidar mais uma Instância de Governança Regional do Turismo (IGR) em Mato Grosso.

Desta vez, a mobilização será no município de Tapurah que representa, junto com mais seis cidades (Cláudia, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Sinop e Sorriso), a Região Turística Portal do Agronegócio de acordo com o Mapa do Turismo mato-grossense.  

Mato Grosso possui somente uma IGR formalizada que é a Associação de Desenvolvimento Turístico da Região das Nascentes composta por sete municípios: Barra do Bugres, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Campos de Julio, Porto Estrela, Sapezal e Tangará da Serra. O Mapa do Turismo oficial de MT possui 16 Regiões Turísticas formatadas congregando 94 municípios.

De acordo com o coordenador de Pesquisa e Planejamento do Turismo da Sedec, Diego Augusto Beserra a intenção é que outras regiões que compõem o Mapa do Turismo se organizem para consolidar as suas próprias IGRs que fortalecem o setor.

Beserra explica que em todo o processo que envolve o planejamento, desenvolvimento e implementação de Planos Estratégicos de Desenvolvimento do Turismo Regional é fundamental que exista uma organização, que se encarregue da coordenação, acompanhamento e gestão da região turística que é o principal objetivo das Instâncias.

“Para formalizar uma IGR é preciso reconhecer, institucionalizar ou fortalecer uma organização representativa dos poderes público, privado, do terceiro setor e da sociedade civil organizada dos municípios componentes da região turística em foco. Caberá a esta organização executar as propostas, podendo ser um fórum, conselho ou outro tipo de colegiado, de acordo com o perfil de cada região turística, atuando de forma descentralizada”, esclarece.

Em paralelo a reunião, outra equipe técnica da adjunta de Turismo também estará em Tapurah fazendo um trabalho de sensibilização sobre a importância do Cadastur para formalizar profissionais do segmento do turismo que terão seus cadastros disponíveis no portal de Ministério do Turismo.

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana