conecte-se conosco


Mato Grosso

Quinta-feira (30): Mato Grosso registra 50.538 casos e 1.794 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (30.07), 50.538 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.794 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 42 mortes nas últimas 24 horas. 

Foram registradas cerca de 1.684 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 50.538 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.284 estão em monitoramento e 30.460 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 301 internações em UTIs públicas e 316 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 86,34% para UTIs adulto e em 35,75% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (11.214), Várzea Grande (4.055) , Rondonópolis (3.208), Lucas do Rio Verde (2.812), Tangará da erra (2.077), Sorriso (1.930), Sinop (1.892), Primavera do Leste (1.755), Nova Mutum (1.417) e Pontes e Lacerda (933). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

O documento ainda aponta que um total de 46.722 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam cerca 3.237 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Na última quarta-feira (29), o Governo Federal confirmou 2.483.191 casos da Covid-19 no Brasil e 88.539 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 87.618 óbitos e 2.442.375 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não informou os dados desta quinta-feira (30). 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Sede da MTI passa por desinfecção biológica nesta sexta-feira (31)

Publicado

por


.

A sede da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) receberá o serviço de desinfecção biológica na tarde desta nesta sexta-feira (31.07). A ação será realizada por meio de uma parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT).

O serviço de desinfecção biológica iniciará às 14h. Por conta disso, o atendimento presencial na empresa, que já se encontra limitado, não será realizado no período da tarde.

Todo o prédio será esvaziado para evitar qualquer tipo de contaminação ou reação alérgica aos produtos. No período da tarde, as atividades e trabalhos na empresa serão realizadas de maneira não presencial, por meio de teletrabalho.

Operação

A Operação de Biodefesa do CBMMT já atendeu diversas instituições públicas, oferecendo melhores condições de trabalho e garantindo a prestação de serviços à sociedade diante da situação atual de pandemia do Coronavírus.

A Operação visa intensificar as atividades de desinfecção biológica na Capital e nos demais municípios do estado, atendendo principalmente órgãos públicos. O CBMMT vem realizando essas ações desde o início do período crítico, em março deste ano, com o propósito de impedir o avanço da Covid-19 entre a população mato-grossense. 

Após o lançamento da Operação Biodefesa, já foram realizadas 74 desinfecções e mais 133 já haviam sido feitas desde o dia 25 de março, totalizando mais de 200 locais atendidos.

Para realizar as atividades da Operação Biodefesa, foi feita pulverização de hipoclorito de Sódio na concentração de 1% como previsto pela ANVISA.  A aplicação dessa diluição não só é eficaz contra o Coronavírus como também é eficaz contra diversos outros vírus que já circulam nas cidades do Brasil.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Cestas básicas entregues em Lucas do Rio Verde são incrementadas com produtos locais

Publicado

por


.

As cestas básicas da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus” entregues para o município de Lucas do Rio Verde (a 360 km de Cuiabá) foram incrementadas com alimentos produzidos na própria região. As famílias carentes beneficiadas receberam o kit contendo arroz, feijão, óleo, macarrão, café, açúcar, sal, sardinha, farinha de trigo, extrato de tomate, café, itens de higiene pessoal (sabonete) e de limpeza (sabão em barra e água sanitária), além abóbora e mandioca fornecidas pela agricultura familiar.  

A ação social do Governo do Estado é realizada pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e liderada voluntariamente pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes. Estima-se que em Lucas do Rio Verde exista 9,2 mil pessoas que vivem em situação de extrema pobreza, de acordo com dados de abril deste ano dados do Cadastro Único.  

Para a secretária de Assistência Social do município, Lucileide Queiroz Gurka, as doações fornecidas pelo Governo do Estado irão complementar o trabalho social feito pela Prefeitura ajudando as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade. “Lançamos uma campanha no município, chamada “Somos todos pela partilha”, e passamos a incrementar as cestas com peixes, produtos de higiene e limpeza. Com a doação do Governo resolvemos complementar com abóboras e mandiocas”.

Segundo ela, a prioridade é atender as famílias que correm o risco de ficarem expostas à pobreza, fome, violência, exploração, que vivem em moradias precárias e irregulares, dentre outras necessidades. “É de suma importância nesse momento de Pandemia que assola o mundo, e as pessoas se encontram com diversas fragilidades e desproteções, uma cesta de alimentos na grande maioria das vezes acalenta um bolso sem recursos financeiros para provê-la e muitos estômagos vazios. O cuidado com o público em vulnerabilidade Social e risco nesse momento de pandemia faz toda diferença aos cidadãos mato grossenses”.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, destacou que parcerias como essa só trazem benefícios para as famílias atendidas. “Com mais parceiros conseguimos atender mais pessoas carentes e chegar naquelas que realmente estão precisando de ajuda, principalmente neste momento de crise”.

Em mais de dois meses de atuação, a campanha Vem Ser Mais Solidário arrecadou mais de R$ 5 milhões em doações, recursos revertidos na compra de mais cestas básicas.

Essas doações somadas aos investimentos realizados diretamente pelo Governo de Mato Grosso vão possibilitar a distribuição de aproximadamente 230 mil cestas básicas ao todo, em todo Estado, beneficiando famílias carentes nos 141 municípios, algo em torno de 1,150 milhão de mato-grossenses, tendo em vista que cada cesta é capaz de alimentar uma família com cinco pessoas em média.

Participe

Se você quiser ajudar pode doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Para o cadastro de atendimento, as instituições, entidades e/ou grupos representativos devem enviar um ofício para o e-mail [email protected], com a lista das pessoas que serão beneficiadas, contendo nome completo, CPF, nome da mãe e Número de Identificação Social (NIS).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana