conecte-se conosco


Tecnologia

Quer saber como cada animal enxerga? Este software vai te mostrar

Publicado

source

Olhar Digital

abelha arrow-options
Unsplash/v2osk

Software mostra como os animais enxergam o mundo


Humanos e outras espécies enxergam o mundo de maneiras diferentes, desde tons de cores distintos até padrões e níveis de brilho. Com o intuito de mostrar como os animais veem as coisas , um grupo de pesquisadores lançou um software de código aberto chamado Quantitative Color Pattern Analysis (QCPA). 

“Criamos um software que permite aos usuários captar imagens digitais, filtrar as informações visuais que os animais contêm de acordo com as limitações dos sistemas de perspectiva deles, analisar esses dados para obter informações altamente detalhadas sobre o design e, finalmente, visualizá-las”, afirmou Cedric van den Berg, criador da tecnologia, ao Digital Trends .


Apesar de o projeto provavelmente ser requisitado por muitas pessoas somente pela curiosidade, ele pode fornecer informações valiosas aos cientistas. Por exemplo, saber como os animais percebem o mundo pode ajudar a entender melhor os mecanismos de camuflagem e cores de aviso que eles emitem para defesa. Além disso, a tecnologia possibilita obter mais informações sobre modos de sinalização sexual e exibições territoriais.

Leia também: Conheça o robô que pode brincar com seu gato quando você estiver fora de casa

Entretanto, não é somente a ciência que pode se beneficiar com o QCPA. Novas ferramentas voltadas para o mundo animal podem obter dados do software para facilitar a compatibilidade do objeto com os animais. “Estamos vendo novas aplicações o tempo todo, à medida que os usuários adotam a estrutura e começam a usá-la”, revelou van den Berg.


Um artigo que descreve o estudo, que resultou na criação do trabalho, foi publicado na revista científica Methods in Ecology and Evolution, na segunda-feira (2).

Leia mais:  Serviço de streaming vai exibir 8 competições nacionais de futebol

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook

Tecnologia

Novo chip japonês resolve problema de 1200 anos em um segundo

Publicado

por

source

Olhar Digital

chip arrow-options
Unsplash

Novo chip otimiza cálculos muito demorados


Você pode nunca ter ouvido falar nele, mas o “ problema do caixeiro viajante ” é um clássico da  computação : “dado um número de cidades, como encontrar o caminho mais curto que passe por todas elas?”. Pode parecer um exercício fútil, mas é um exemplo de  otimização combinatória , algo fundamental no cálculo de rotas no trânsito, análise molecular de medicamentos, análise de portfolios financeiros em busca de investimentos com o maior retorno e menor risco, e outros cenários onde vários parâmetros, e a interação entre eles, deve ser considerada.

Quanto maior o número de elementos (ou cidades, no exemplo acima) a serem considerados, mais tempo de  computação  é necessário para chegar a uma solução ideal. É por isso que um novo  chip , desenvolvido por pesquisadores do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade de Ciências de  Tóquio , no  Japão , está chamando a atenção.

Leia também: Google atinge supremacia quântica, mas o que isso significa? Entenda em 4 passos

De acordo com o professor Takayuki Kawahara, líder da equipe, o novo chip consegue calcular uma solução para 22 cidades instantaneamente, algo que em um  processador  tradicional “de alto desempenho” levaria 1.200 anos.

Pesquisadores vem há tempo estudando soluções para o problema usando circuitos integrados. Entretanto, elas exigiam pré-processamento e o número de componentes (e tempo) necessários para entrada dos dados aumentava de acordo com a escala do problema. Por isso, técnicas já existentes conseguiam encontrar uma solução para no máximo 16 elementos.


Leia também: 10 tendências tecnológicas inusitadas que devem bombar na próxima década

Leia mais:  Microsoft cria celular com duas telas e suporte para Android; veja as fotos

O que a equipe do Professor Kawahara fez foi rearranjar os elementos do circuito, de forma que a quantidade de “células” necessárias para armazenar cada estado possível, e o tempo necessário para o cálculo, fossem drasticamente reduzidos.

Os autores apresentaram seus resultados na 18ª edição do  Simpósio Mundial para Inteligência de Máquina Aplicada e Informática  (SAMI 2020). Eles esperam que, no futuro, sua solução possa ser usada em sistemas de alto desempenho e baixo consumo de energia, para facilitar a descoberta de soluções ótimas para grandes números de combinações.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Amazon Music ultrapassa 55 mi de usuários e ameaça outros serviços de streaming

Publicado

por

source

Olhar Digital

streaming arrow-options
Unsplash/Alphacolor

Entenda a guerra entre os serviços de streaming de música


Quando você pensa em serviço de streaming de música , provavelmente o seu primeiro pensamento é o Spotify . Em seguida vêm serviços como Apple Music , YouTube Music , Deezer e outros, mas existe uma outra empresa que está crescendo em um ritmo forte neste mercado, que é ignorada por boa parte do público: a Amazon , que acaba de anunciar a marca de 55 milhões de usuários.

O número impressiona, mas ele é rapidamente colocado em perspectiva quando se percebe que o Spotify anunciou recentemente que chegou à marca dos 113 milhões de assinantes que efetivamente pagam pelo serviço, com mais 135 milhões que utilizam a versão gratuita com anúncios da plataforma , totalizando 248 milhões de usuários.

Leia também: Natal recorde: Amazon Prime ganha 5 milhões de assinantes em uma semana

Com isso, os 55 milhões de usuários do Amazon Music revelados pela companhia são pouco mais de 20% da base total de assinantes do Spotify . O ponto positivo para a Amazon é que seu serviço é consideravelmente mais jovem, indicando um crescimento rápido. O ponto negativo, é que boa parte dessa base não está pagando pelo serviço em si, porque há hoje múltiplas formas de acessar a plataforma.

Para começar, existe uma modalidade gratuita suportada por anúncios, que simplifica bastante o acesso. Além disso, a Amazon também oferece o Prime Music , que é disponibilizado para os muitos assinantes do Amazon Prime , apesar de bastante limitado na quantidade de músicas. Também há as modalidades premium, formada pelo Music Unlimited e o Music HD, que têm um catálogo muito mais amplo; a diferença entre ambos está no fato de que o HD conta com áudio de maior qualidade para os audiófilos que conseguem perceber a diferença na compressão.


Leia também: Aqui está tudo o que você precisa saber sobre criar uma playlist no Spotify

Leia mais:  CES 2020 começa amanhã: veja 6 novidades esperadas na maior feira de tecnologia

É fato também que a Amazon se beneficiou bastante da popularidade da assistente Alexa e das caixas de som conectadas Echo . O Amazon Music é profundamente integrado a estes dispositivos, criando uma situação em que é natural para um consumidor passar a usá-lo para fazer streaming de música .

A Amazon nota que o Music cresceu cerca de 50% em países como Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Japão e mais do que dobrou seu público na França, Itália, Espanha e México.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana