conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

“Que Rodrigo descanse em paz’, diz mãe de soldado tangaraense morto após treinamento

Publicado

“Espero que agora eu possa descansar e o Rodrigo também”, desabafa Jane Claro, mãe do soldado do Corpo de Bombeiros Rodrigo Claro, de Tangará da Serra. Está marcado para esta quinta-feira, 23, o julgamento da tenente Izadora Ledur, acusada de tortura que levou à morte do rapaz em 2016.

A audiência de julgamento já foi marcada e adiada várias vezes por diversos motivos. O que torna o processo ainda mais doloroso para a família, que vê seu desejo de Justiça cada dia mais distante de ser atendido.

“Meu coração está num misto de ansiedade, nervosismo e confiança. Mas acho que confiança é o que predomina nesse momento. Que isso chegue ao fim, para que a gente possa sentir o dever cumprido. Para que tudo possa se resolver e a gente descansar. Também permitir que o Rodrigo também descanse em paz”, relata a mãe do jovem.

A família de Rodrigo Claro deixou Tangará e atualmente mora em Sinop e segue para Cuiabá para participar do julgamento, que ocorre na 11ª Vara Criminal Militar, sob presidência do juiz Marcos Faleiros.

Desde a morte do soldado, a oficial só foi ouvida uma vez em juízo. Ela declarou que não agiu de forma irregular e ressaltou a dificuldade do rapaz. Ela apresentou vários atestados médicos para justificar a impossibilidade de depor e também tentou promoção ao cargo de capitã na corporação, mas não foi aprovada.

O caso

Rodrigo Claro morreu em 15 de novembro de 2016, cinco dias após ser internado em hospital particular de Cuiabá. Ele participava de treinamento de salvamento aquático na Lagoa Trevisan, curso do qual a oficial era instrutora. Conhecida por sua conduta enérgica e até agressiva, a tenente teria perseguido o soldado, sabendo da dificuldade que ele apresentava durante o treinamento.

No curso, o jovem passou mal após sofrer vários “caldos” e foi impedido pela tenente de deixar a aula, mesmo relatando o mal estar. Já sem forças para continuar, ele saiu do treinamento e foi buscar socorro médico. Da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Verdão, ele foi encaminhado para o Hospital Jardim Cuiabá, onde faleceu.

Com Gazeta Digital

Comentários Facebook

Tangará da Serra

‘Debate público’ para discutir aquisição de área do HR será promovido pela Prefeitura

Publicado

O prefeito municipal, Vander Masson, convida a sociedade civil organizada, entidades, associações e população em geral para debate público a ser realizado na próxima segunda-feira, dia 25/10, no teatro do Centro Cultural de Tangará da Serra. Em pauta estará a aquisição de área para a construção do Hospital Regional de Tangará da Serra.

O chefe do Executivo explica que o objetivo do debate público é ouvir a comunidade sobre o tema, apresentando de maneira transparente os encaminhamentos já feitos pelo Poder Executivo, mostrando a importância do Hospital Regional para Tangará e região, bem como esclarecer que tudo está sendo realizado sem onerar os cofres públicos.

“Queremos convocar a população, a sociedade civil organizada, entidades, associações para esse debate público para tratarmos de maneira participativa da aquisição da área para a construção do Hospital Regional. Contamos com a participação de toda a nossa sociedade. Esse debate é muito importante, nós não podemos correr o risco de perdermos o nosso Hospital Regional”, disse o prefeito, conclamando a população para participar do debate.

Ele destaca que é importante a participação da sociedade civil organizada, vereadores, lideranças comunitárias e população em geral. “Precisamos debater esse assunto e decidirmos o que é melhor para nós, para a nossa cidade, para a nossa população. Nós somos moradores de Tangará, temos e sabemos das nossas necessidades, do que realmente é importante para nossa comunidade”, disse.

“Vamos todos juntos defender esse projeto tão importante para a nossa comunidade, que é o nosso Hospital Regional, precisamos adquirir a área, que é a nossa contrapartida e repassar para o Governo do Estado poder licitar a obra e já iniciar a construção”, defendeu.

Ao pedir apoio da sociedade, o prefeito solicita aos proprietários de áreas compatíveis com o projeto que apresentem carta de intenção de venda ou doação durante o debate público da próxima segunda-feira. “Pedimos aos proprietários, que possuem áreas que atendam o projeto, que apresentem carta de intenção de venda ou doação à Prefeitura durante esse debate público. A área será analisada e se for compatível com o projeto do Governo do estado procederemos com o processo de compra e doação ao Estado”, disse.

O debate público entre prefeito, vereadores e sociedade representativa ocorrerá na segunda-feira, dia 25/10, às 19h, no teatro do Centro Cultural Pedro Alberto Tayano Filho.

Alexandre Rolim/Assessoria de Comunicação

Continue lendo

Tangará da Serra

Dr. João sugere ‘chamamento público’ para definir área do Hospital Regional em Tangará

Publicado

O deputado estadual Doutor João (MDB) em entrevista à Rádio Serra FM, sugeriu que uma alternativa rápida para definição da área para construção pelo governo do estado do Hospital Regional em Tangará da Serra seria a realização de um Chamamento Público.

“As coisas são demoradas, e na minha opinião, um chamamento público, com um edital prático, objetivo, bem feito, acredito que em 45 dias teríamos condições de resolver o problema a nível de justiça, a nível de Ministério Público. A sociedade precisa participar, apoiar. Unir forças para ultrapassar este impasse”, disse o deputado ao programa Primeira Hora.

Ainda durante a entrevista, o deputado confirmou que se reunirá com o prefeito Vander Masson. Segundo ele, o objetivo do encontro é discutir uma alternativa para a solução do impasse que envolve a definição da área para construção do HR.

“Vou a Prefeitura conversar com o prefeito, sugerir ideias. O que precisar da gente, de alguma experiência da Secretaria Estadual de Saúde, para dar uma agilidade”, disse, na sequência Dr. João alertou. “Se deixar, pode demorar de seis meses a um ano”, completou.

Foto Dr. João: Diário da Serra

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana