conecte-se conosco


Saúde

Quase 50 novos casos de HIV são diagnosticados em Tangará da Serra em 2019

Publicado

No último domingo, dia 1º de dezembro, foi lembrado o Dia Mundial Contra a Aids. A data relembra a importância da prevenção e do diagnóstico precoce, oportunidade em que estatísticas sobre o assunto foram divulgadas em todo o país.

Em Tangará da Serra, o número de diagnósticos positivos também ainda é preocupante. De acordo com dados repassados pela Vigilância Epidemiológica, somente nesse ano, 46 novos casos foram registrados. Apesar de ser considerado um número alto, a quantidade de diagnósticos positivos caiu em um comparativo com 2018, quando 50 casos foram confirmados.

Para a coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento/ Serviço de Atenção Especializado (CTA/SAE) de Tangará da Serra, Cláudia Cunha de Oliveira, para a luta contra a Aids ser efetiva é fundamental que haja o diagnóstico precoce. “Em Tangará da Serra não tivemos aumento dos casos se compararmos com o ano passado, mas a gente fica preocupado se essa diminuição aconteceu porque o paciente não foi até a unidade fazer o teste ou se o medo do preconceito afastou o paciente de fazer o exame”, comentou a coordenadora, destacando que ações para prevenção e diagnóstico estão acontecendo de forma intensificada. “Temos trabalhado tanto com qualificação nas USF’s de Tangará como também nos municípios vizinhos”, relatou a responsável.

O CTA/SAE está localizado na Rua Sebastião Barreto, 824 – Centro. Além da unidade, testes rápidos também são oferecidos nas USF’s do município.

Leia mais:  Ciclista com sinais de embriaguez é atropelado por carro na Avenida Ismael José do Nascimento

DADOS

Conforme informativo da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Mato Grosso registrou 718 casos de pessoas contaminadas pelo vírus HIV neste ano. Desse número, 37,2% foram detectados em jovens com a faixa etária de 20 a 29 anos. Se comparado a 2018, esse número diminuiu em Mato Grosso. No ano passado, foram 859 pessoas contaminadas pelo vírus.


Fonte: Diário da Serra

Comentários Facebook

Saúde

Dentista graduada em Tangará morre após complicações no parto em Aripuanã

Publicado

Uma jovem de 24 anos morreu na madrugada desta quarta-feira (21), após complicações no parto, ocorrido no Hospital Municipal Santo Antônio, em Aripuanã.

Flávia Voss, morou e se formou em Odontologia em Tangará da Serra. Após concluir a graduação, ainda permaneceu por um período na cidade, mas no segundo semestre do ano passado, se mudou para Aripuanã, cidade onde tinha parentes.


Segundo o hospital, Flávia entrou em trabalho de parto na madrugada, durante a cesária sofreu uma crise convulsiva e apresentou hemorragia interna, a equipe médica tentou reanimar a paciente, mas ela não resistiu e morreu no hospital. A jovem esperava a primeira filha, que sobreviveu ao parto e passa bem. O IML deverá emitir nos próximos dias, um laudo para apontar a causa da morte. Flávia será velada e enterrada em Aripuanã.

Comentários Facebook
Leia mais:  Na Brasa Festival celebra sucesso de público e crítica; evento volta em julho de 2020
Continue lendo

Mato Grosso

Bebê cai de escorregador de creche e sofre traumatismo craniano em MT

Publicado

Um bebê de apenas 1 ano e 3 meses teria caído de um escorregador e batido a cabeça no chão, em um hotelzinho infantil no município de Campo Verde.

Com o diagnóstico de traumatismo craniano, ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Santa Casa em Rondonópolis, desde o último dia 10 de janeiro. Segundo relato da tia do menino, Ariades Oliveira, na tarde deste domingo (19), por meio do Facebook, o acidente ocorreu nas dependências do Hotelzinho Chapeuzinho Vermelho.  A mulher acusa o local por descaso e omissão de socorro. Benjamim Miguel Rodrigues de Oliveira foi encontrado desacordado no brinquedo e com sangramento no ouvido.

“Até o momento não tínhamos nos pronunciado devido estarmos muito abalados com tudo que está acontecendo, porém necessitamos levar a público as informações devido ao descaso da direção da escola quanto ao caso”, escreveu Ariades. A publicação tinha mais de 270 compartilhamentos até o fechamento desta matéria.

Conforme o relato, familiares da vítima teriam sido informados por uma responsável do hotelzinho identificada apenas como Silma, no entanto, ela afirma que não estava no local no momento do acidente.

“Ela [Silma] nos disse que as demais monitoras que se encontravam no local onde o Benjamim foi encontrado desacordado com sangramento no ouvido, disseram não saber o que aconteceu, por que uma monitora tinha ido para dentro do hotelzinho levar uma das crianças e deixou o Benjamim sozinho no quintal! (Um grande absurdo)”, comentou.

Leia mais:  TANGARÁ DA SERRA: 2ª Feira Estadual do MT Horticultura vai apresentar as tendências do mercado de hortifrúti

“Silma supõe que ele [Benjamim] deve ter caído do escorregador e batido a cabeça (parte da nuca), porém o Benjamim também se encontrava com hematomas na face, onde fica muito difícil aceitar essa suposição! (Na verdade não existe essa possibilidade pelo tamanho da fratura que o mesmo teve) mentiras, mentiras e mais mentiras”, compartilhou.

Ariades relata que o menino teria sido socorrido com ajuda de um motociclista que passava pela rua e por uma vizinha do hotelzinho. “Quem socorreu disse que já tinha um tempo que o Benjamim estava sangrando até a mesma [Silma] chegar, porque havia sangue seco no local. Por volta das 15h00, foi socorrido o Benjamin e só comunicaram aos pais exatamente às 15h44, sendo a comunicação feita por uma menina de menor. E por negligência na prestação de socorro do hotelzinho, para com o Benjamim, ele se encontra na UTI em estado grave”, ressalta.

Benjamim foi diagnosticado com traumatismo craniano e sofreu duas paradas cardiorrespiratória. Além de já ter recebido transfusões de sangue devido a duas hemorragias, sendo uma interna.

“Queremos apenas a verdade, pois é uma vida e pessoas [direção do hotelzinho] mentido e não teve consideração para prestar socorro corretamente a uma criança, que além de tudo estava recebendo para cuidar dele. Peço a todos que continuem orando pelo Benjamim, pois o mesmo está vivo por um milagre”.

Leia mais:  SERRA DE DECIOLÂNDIA: Associação aguarda governo para obras de manutenção

Outro lado

Procurado pela reportagem, o hotelzinho preferiu não se manifestar sobre o caso até que o Benjamim receba alta do hospital.

Fonte:HNP

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana