conecte-se conosco

  • powered by Advanced iFrame free. Get the Pro version on CodeCanyon.


Mato Grosso

Protesto contra possível pedágio na MT-358 será realizado nesta terça-feira

Publicado

Líder do Movimento Direita em Ação, Jean Piccoli e Presidente do Sindicato dos Caminhoneiros, Edgar Laurini.

Uma paralisação na MT-358, nas proximidades do trecho conhecido por “Trevo da Melancia”, está programado para acontecer nesta terça-feira (20), em Tangará da Serra.

A mobilização é encabeçada pelo Sindicato dos Caminhoneiros (Sindicam) em parceria com o Movimento Direita em Ação, os grupos farão uma paralisação a partir das 07h00. O bloqueio acontecerá um dia antes, do Leilão de Concessão de rodovias que inclui trechos da MT-358 e MT-480, ambos na região de Tangará da Serra, modelo visto como inviável, segundo destaca um dos representantes do movimento, Jean Piccoli. “Somos contra esse modelo, idealizado pelo Governo do Estado, que irá transformar um investimento de R$700 milhões em R$3 bilhões para as concessionárias e isso vai sair do bolso do contribuinte”. Salienta.

A manifestação antecederá ao leilão, proposto pelo Governo de Mato Grosso e programado para esta quarta-feira (21), na Bolsa de Valores B3 (antiga BM&F Bovespa), em São Paulo. O Leilão de Concessão de cerca de 300 quilômetros de rodovias estaduais, faz parte de um planejamento de investimentos na logística de Mato Grosso,  em parceria com o Setor Privado com a possível privatização de trechos das rodovias MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480, e implantação de três praças de pedágios, entre Tangará da Serra e Jangada.


A mobilização acontecerá por cerca de 12 horas, com bloqueios parciais, caso o movimento não seja ouvido pelo Governo, pretendem trancar a rodovia por completo.

Leia mais:  Governo repassou R$ 75,7 milhões para a Secretaria de Saúde de Cuiabá em 2019

 

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Corpo de jovem de Diamantino desaparecido há uma semana é encontrado em Campo Novo do Parecis

Publicado

O corpo de um adolescente de 16 anos, foi encontrado no início da noite deste domingo (22) em uma área de mata, há cerca de 28 quilômetros da cidade de Campo Novo do Parecis.

Foto: Arquivo pessoal

A suspeita é que a vítima, tenha sido assassinado a tiros. Segundo a mãe dele, a família mora em Diamantino, e procurava por Gabriel Siqueira Machado, desde a manhã do dia 16 de setembro, quando ele fez o último contato com a mãe e declarou que estaria sendo ameaçado. O jovem teria comunicado a família que iria para Campo Novo do Parecis, visitar um amigo.

Os peritos em criminalística estiveram no local para os procedimentos de análise técnica e liberação do corpo. As investigações sobre a autoria do crime ficarão sob responsabilidade da Polícia Civil de Campo Novo do Parecis. A previsão é que o corpo de Gabriel seja velado e enterrado, nesta terça-feira (24), em Diamantino.


 

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação com informações Atual MT

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Motociclista tem morte cerebral confirmada após ser atropelado por carreta
Continue lendo

BemRural

Primavera começa com temperaturas acima da média e pouca chuva, aponta Inmet

Publicado

primavera começou nesta segunda-feira (23), às 4h50, e a previsão é que a estação chegue com temperaturas acima da média climatológica e poucas chuvas na maior parte do país, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Foto: DS

Os termômetros deverão registrar temperaturas de 1°C a 1,5°C acima da média – isso significa ter dias com temperaturas bem altas, e outros com temperaturas mais baixas ou dentro da média, o que na variação entre os três meses chega à elevação prevista, afirma o chefe da previsão do tempo do Inmet, Francisco de Assis Diniz.


Chuva na primavera

A primavera deverá ter menos chuvas do que o normal para a estação, de acordo com Diniz. Em Goiás, parte do Mato Grosso e em Minas Gerais, as chuvas deverão ser irregulares e um pouco abaixo da média climatológica. A estação se estende até o dia 22 de dezembro, quando começa o Verão, à 1h19.

Fim do inverno com recorde de calor

Na segunda-feira (16), Cuiabá chegou a registrar a maior temperatura em 108 anos – foram 42,3°C. Desde 1911 até agora, o último recorde foi de 42,2°C, em 1940.

Fonte: G1

Comentários Facebook
Leia mais:  Mulher com mandado de prisão em aberto por roubo é presa pela PM na MT-358
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana