conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Proprietária de casa noturna é presa por coação e ameaça em Nova Xavantina

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A proprietária de uma casa noturna em Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá) foi presa pela Polícia Civil do município na manhã desta segunda-feira (08.03), após ameaçar de morte a vizinha do seu estabelecimento comercial. A suspeita de 55 anos foi autuada em flagrante pelos crimes de coação no curso do processo e ameaça. 

A vítima mora ao lado da casa noturna e procurou a Delegacia de Nova Xavantina para registrar a ocorrência de perturbação da tranquilidade e ameaças.

No local, onde funciona a boate tem ocorrido aglomeração de pessoas, em desconformidade com o decreto estadual de combate a pandemia, uso de som alto, e ainda os frequentadores proferem palavras de baixo calão perturbando e incomodando a vizinhança.

Conforme a comunicante, o fato corriqueiro já havia sido relatado à Justiça em outras oportunidades, bem como já havia sido instaurado processos judiciais em desfavor da proprietária da casa noturna. Não gostando da situação, a suspeita passou a coagir a vítima e a ameaçá-la de morte, fato novamente ocorrido na noite de domingo (07.03).

Diante das informações, os policiais civis passaram a apurar os fatos, localizando a suspeita em frente a sua residência. Ela foi detida e encaminhada à Delegacia de Polícia de Nova Xavantina para esclarecimentos.

Após ser ouvida, a conduzida foi autuada em flagrante pelo crime de coação no curso do processo e perturbação do sossego. Em seguida foi arbitrada a fiança no valor de R$ 10 mil, pelo descumprimento das normas de distanciamento social.

A suspeita não realizou o pagamento da fiança alegando não ter condições de pagar o valor estipulado. Em seguida, ela foi transferida para a Cadeia Pública local, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

Três pessoas são presas por tráfico de drogas em empresa no distrito industrial de Rondonópolis

Publicado

por


Assessoria | Polícia Civil-MT

Três pessoas, entre elas um adolescente, envolvidas com a venda de drogas em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) foram presas pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (09.04), durante investigação daDelegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

Os suspeitos de 19 e 21 anos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O menor de 16 anos responderá ato infracional análogo aos mesmos crimes. Um dos maiores e um dos menores já possui passagem criminal.

As diligências iniciaram após uma denúncia anônima feita ao 197 sobre uma oficina de conserto de lonas que estava sendo utilizada como ponto dde tráfico. Com base nas informações, a equipe de investigação passou a monitorar o endereço no Distrito Industrial Renato Vetorasso.

Durante vigilância nas proximidades, os policiais constataram um intenso fluxo de pessoas, característico com comércio de substâncias ilícitas. Na manhã desta sexta-feira 909) os policiais civis abordaram os indivíduos que estavam no local.

Na revista foi encontrada uma porção de maconha no bolso de um dos suspeitos, que também estava com a chave do contêiner utilizado como sede da empresa de lonas. Próximos a eles também foi localizada uma pedra de pasta base, enrolada em um pano.

Ao abriri o contêiner, os policiais verificaram que dentro havia, em meio a farelo de soja, outra porção de pasta base. Ainda no interior do contêiner foram localizadas anotações de valores, celulares, relógio, soprador de ar, extensão de energia, dinheiro, máquinas de cartões de crédito e débito, caixas de giletes, entre outros objetos.

Diante dos fatos, os suspeitos foram encaminhados até a Derf-Rondonópolis, interrogados e presos em flagrante. Após a confecção dos autos, os conduzidos foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Polícia Civil cumpre prisão de homem que invadiu ótica em Pedra Preta e desferiu golpes de faca na ex-esposa

Publicado

por


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Pedra Preta prendeu na tarde desta sexta-feira (09) o autor da tentativa de feminicídio ocorrida na última segunda-feira, dentro da ótica em que a vítima trabalhava, no centro da cidade.

G.A.S., de 41 anos, invadiu o local de trabalho da ex-mulher, de 33 anos, e desferiu diversos golpes de facas que atingiram órgãos vitais da vítima. Ela foi socorrida ao hospital de Pedra Preta e depois encaminhada em estado grave para o Hospital Regional de Rondonópolis.

A Polícia Civil foi acionada pelo proprietário da ótica e teve acesso a imagens das câmeras de segurança da ótica que mostraram o suspeito chegando ao local, quando deixa o capacete em cima de um balcão. Outro ângulo das câmeras mostraram ele fugindo da ótica, com um objeto na mão, mas sem o capacete.

Equipes da Delegacia da Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, realizaram diligências logo após o crime, inclusive na zona rural do município, onde havia informações de que ele estaria, mas não conseguiram localizar o suspeito.

A Polícia Civil apurou que o suspeito não aceitava o término do relacionamento com a ex-mulher. A partir dos indícios coletados, a delegada Lígia Avelar encaminhou na quarta-feira, representação ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do suspeito, uma vez que ele estava foragido.

Nesta sexta-feira, o suspeito foi apresentado na delegacia, acompanhado por um advogado, contudo, a prisão já havia sido decretada.

Após a formalização dos procedimentos na delegacia, o suspeito será encaminhado para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, em Rondonópolis.

A vítima segue internada em uma unidade de tratamento intensivo do Hospital Regional. Ela teve diversos órgãos vitais atingidos com os golpes desferidos pelo suspeito.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana