conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Produto tóxico é despejado em ruas do Valência e uma pessoa acaba hospitalizada

Publicado

Um homem que não teve sua identidade revelada acabou sendo detido no Jardim Valência após armazenar três tonéis de 200 litros com produtos tóxicos. De acordo com o delegado da Polícia Judiciária Civil de Tangará da Serra, Adil Pinheiro, o indivíduo acabou provocando derramamento de um produto altamente tóxico naquela região, colocando os moradores em risco.

Tamanha a gravidade da ocorrência, houve a necessidade de uma ação do Corpo de Bombeiros na limpeza de ruas onde o produto acabou sendo despejado. Uma adolescente, moradora da localidade, foi intoxicada e teve de ser encaminhada à UPA 24 horas.

“Houve derramamento de substância tóxica em uma das ruas do Valência. Essa substância de tal maneira tóxica que uma adolescente que estava em casa ajudando no preparo do almoço, mesmo dentro de casa, com a substância derramada na rua, precisou de atendimento médico”, informou o delegado.

O derramamento do produto aconteceu na quinta-feira, 21. Nesse mesmo dia populares acionaram o Corpo de Bombeiros que foi até o local e fez uma primeira lavagem, o que minimizou os danos da população ao redor.

Funcionário de empresa provocou derramamento de produto

De acordo ainda com o delegado Adil Pinheiro, o autor do delito trabalha em uma grande empresa de Tangará da Serra. A empresa porém, não tinha ciência da conduta do funcionário que é encarregado de pátio no local.

“Uma transportadora foi entregar outras mercadorias da empresa e estava retornando com esses galões que seriam descartados em local correto. Esse funcionário solicitou os galões de mil litros para o motorista que deu para ele quatro galões, os levando para casa, onde descarregou três que tinham pouca quantidade de substância tóxica. O quarto galão tinha cerca de 20 centímetros de substância e eles resolveram despejar na rua para diminuir o peso, quando começaram a despejar perceberam que o cheiro era muito forte e intoxicável, pois eles mesmos começaram a passar mal imediatamente. Tiveram uma ideia ainda mais perigosa que foi arrancar com o caminhão e distribuir esse produto, escorrendo por algumas ruas do bairro. Foram com o caminhão escorrendo esse veneno para o barracão que pertence a empresa e lá esse produto terminou de escoar”, revelou o delegado.

O motorista relatou à PJC que depois que estacionou o caminhão, ao abrir a porta, desmaiou ao inalar o produto.

Investigação da Polícia Civil

Nesta sexta-feira, 22, ao tomar ciência dos fatos que ocorreram ontem, a PJC se deslocou até o bairro, juntamente com a Politec para realizar a perícia nos três galões que estavam na residência do suspeito e no quarto galão que estava no depósito da empresa.

“Para se ter uma ideia, até os peritos da Politec passaram mal só de chegarem perto desses produtos. Foram colhidas amostras e levadas pela Politec para Cuiabá para tentar determinar o que seja o produto”, informou o delegado.

O cidadão que levou os produtos para casa não soube ou não quis revelar ao delegado qual a transportadora que entregou a ele os galões. “Ele nos informou que pediu os galões para armazenar água devido à escassez de água em Tangará. O fato é que ele incorreu em crime ambiental que é justamente armazenar substância tóxica e ele foi autuado pelo artigo 56 da lei ambiental. Lhe foi arbitrada uma fiança e ele responderá o delito em liberdade”, concluiu o delegado. A adolescente intoxicada passa bem.

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Dono de restaurante denuncia golpe com notas falsas em Tangará da Serra

Publicado

O dono de um restaurante tradicional de Tangará da Serra divulgou nesta terça-feira, 07, um áudio em grupos de whatsapp denunciando um golpe do qual sua empresa foi vítima. Um indivíduo se passou por cliente do restaurante e ao efetuar o pagamento daquilo que consumiu, utilizou uma nota falsa de R$ 200.

“Peguei uma nota de R$ 200 falsa, mas uma falsificação muito bem feita, até passei a canetinha nela e na hora a canetinha não escureceu. Percebi uma pequena diferença no papel, mas não é muita coisa diferente. Realmente é uma cópia muito bem feita”, disse o empresário.

Ainda segundo ele, o falso cliente se tratava de uma pessoa de idade. “Não é jovem e estava com um bolo de dinheiro na mão. Aparentemente já veio para fazer isso”, disse.

Ao final do áudio o empresário pede que a sociedade fique atenta para não cair nesse mesmo golpe. “Fiquem atentos. É uma nota falsa, mas muito bem feita. Fiquem espertos, avisem seus entregadores, funcionários, porque se eles estão na cidade agindo, pode ser que estamos lidando com uma quadrilha que utiliza notas falsas”, concluiu.

Continue lendo

Tangará da Serra

Tangará: Comércio espera aumento de 10% a 15% nas vendas em dezembro

Publicado

O recebimento do 13º salário, aliado ao controle da pandemia e o retorno dos eventos são alguns dos fatores que contribuem para o aumento das vendas no Natal de 2021. Uma pesquisa realizada pela Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra (ACITS), aponta uma expectativa de crescimento entre 10% e 15%, no município.

Empresários do segmento de vestuário, calçados, relojoaria, eletrônicos e perfumaria, já enxergam o Natal de 2021 com mais otimismo, e veem a oportunidade de recuperação da economia, abalada pelo período de pandemia. É o que ressalta a empresária, Fernanda Aparecida Godoy. “É um momento de aquecer as vendas, nós já sentimos uma procura maior dos clientes para presentear neste Natal. Estamos esperando um aumento de até 15%”.

De acordo com o Administrador da ACITS, Jorge Nazzari, é um período em que os clientes aproveitam o melhor do comércio tangaraense. “As datas comemorativas são muito importantes para o comércio e para a Associação, é o momento de o empresário recuperar o fôlego e onde a população pode aproveitar as campanhas e promoções para comprar os melhores produtos”.

Em 2021, a ACITS está realizando a tradicional Campanha de Natal que irá sortear mais de R$ 80 mil reais em vales-compras. O comércio de Tangará da Serra conta também com o horário especial de funcionamento, possibilitando mais tranquilidade aos consumidores na hora de realizar suas compras.

Pedro Miranda / Assessoria de Comunicação

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana