conecte-se conosco


Mato Grosso

Procon-MT alerta população sobre reajustes na energia e volta de cobrança da tarifa social

Publicado


.

O Procon Estadual alerta a população que começou a vigorar na última quarta-feira (01/07) o reajuste tarifário anual aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) para Mato Grosso. De acordo com a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (AGER-MT), as faturas podem ter uma elevação média de +2,47%, no caso de empresas. Para os consumidores residenciais, o reajuste será de +1,50%.

A revisão da tarifa de energia elétrica é feita e aprovada anualmente pela ANEEL. Em Mato Grosso, o aumento que normalmente ocorre em abril, tinha sido postergado por 90 dias pela agência reguladora, tendo em vista a pandemia do coronavírus (Covid-19).

Os consumidores que tiverem dúvidas ou se sentirem lesados com os novos valores que virão na fatura a partir do próximo mês podem entrar em contato direto com a concessionária de distribuição de energia elétrica que atende a população de Mato Grosso. A Energisa dispõe de canais de atendimento alternativos para atender as demandas dos consumidores e também registrar reclamação, como o telefone 0800 64 64 196.

Os consumidores que não tiverem suas demandas de reclamações e dúvidas resolvidas pela distribuidora também podem entrar em contato com a Ouvidoria da AGER-MT pelos diversos canais de atendimento disponibilizados, entre eles, o telefone 0800 727 0167 ou WhatsApp (65) 98435-7458. A AGER-MT é responsável por desenvolver, por delegação da ANEEL, os procedimentos de fiscalização dos serviços públicos de distribuição e geração de energia elétrica no Estado de Mato Grosso, além da atividade de Ouvidoria Setorial e Mediação Administrativa. Algumas atividades, como a definição de normas e homologação de tarifas continuam sendo realizadas de forma centralizada pela ANEEL.

Outra alternativa para os consumidores registrarem sua reclamação contra a Energisa é o Consumidor.gov.br . Disponível aos consumidores desde 2014, a plataforma de reclamação online tem sido o principal instrumento para os consumidores registrarem suas reclamações durante a pandemia. A Energisa tem cadastro ativo na plataforma desde setembro de 2019 para atender as demandas dos mato-grossenses.

A ferramenta proporciona a interlocução direta entre consumidores e fornecedores e funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana. O Consumidor.gov.br também possui uma versão de aplicativo que pode ser baixada na loja virtual de qualquer dispositivo móvel com android.

Tarifa social

O Procon lembra aos consumidores beneficiados com a Tarifa Social de Energia que a isenção na conta, prevista na Medida Provisória 950/2020, também encerrou no dia 30 de junho. Durante os meses de abril, maio e junho, devido à pandemia, o desconto havia sido ampliado para 100% no consumo até 220kw. Com o fim da MP, a partir de julho os consumidores beneficiados com a Tarifa Social voltarão a ter as reduções previstas na Lei 12.212/2010. Os descontos variam de 10% a 65%, de acordo com o consumo de energia. Saiba mais sobre a Tarifa Social aqui.

Veja, nas tabelas abaixo, os valores dos descontos:

Subclasse Residencial Baixa Renda

Parcela de consumo mensal de energia elétrica

Desconto

Tarifa para aplicação da redução

de 0 a 30 kWh

65%

B1 subclasse baixa renda

de 31 kWh a 100 kWh

40%

de 101 kWh a 220 kWh

10%

a partir de 221 kWh

0%

 

 

Quilombola e Indígena

Parcela de consumo mensal de energia elétrica

Desconto

Tarifa para aplicação da redução

de 0 a 50 kWh

100%

B1 subclasse baixa renda

de 51 kWh a 100 kWh

40%

de 101 kWh a 220 kWh

10%

a partir de 221 kWh

0%

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Unemat divulga terceiro Panorama da Covid-19 em Alta Floresta

Publicado

por


.

A nota técnica nº 03, do Panorama atual da Covid-19 em Alta Floresta, foi divulgada nessa quinta-feira (30.07). O documento apresenta a distribuição e o comportamento epidemiológico da doença em seis municípios que integram a região do Alto Tapajós: Alta Floresta, Apiacás, Carlinda, Nova Monte Verde, Nova Bandeirantes e Paranaíta.

O Panorama visa compartilhar produtos do projeto intitulado Mapeamento e Monitoramento da Covid-19 e Dengue em MT, vinculado à Faculdade de Ciências Biológicas e Agrárias, do Câmpus da Unemat de Alta Floresta.

A ação reúne pesquisadores de diferentes áreas que atuam na compilação e consolidação de dados, distribuição espacial por municípios e bairros, apresentação gráfica da incidência da Covid-19, assim como projeção futura do número de casos no município, por meio de modelagem matemática.

De acordo com o estudo, a Região de Saúde do Alto Tapajós acumulou, até 20 de julho, 423 casos positivos da Covid-19. Sendo que Alta Floresta se destaca com 65,24% dos registros, seguida de Paranaíta (19,14%), Nova Bandeirantes (9,21%), Nova Monte Verde (4,25%), Apiacás (1,65%) e Carlinda (0,47%).

Entre os meses de maio a julho, também houve avanço da zona de risco muito alto, a partir da baixada cuiabana em direção a região do Alto Tapajós, ao longo da BR-163. A classificação do nível de gravidade de disseminação passou de risco médio para muito alto, configurando o município de Alta Floresta o epicentro da Covid-19 na Região do Alto Tapajós, seguido por Paranaíta e Nova Bandeirantes.

Projeção de casos

O estudo aponta que o comportamento da curva está longe de uma estabilidade. Ao contrário, mostra o avanço da contaminação pelo novo coronavírus. A projeção do número de casos até o dia 19 de agosto é baseada nos dados oficiais acumulados até dia 20 de julho, para o município de Alta Floresta.

A previsão, no cenário mais pessimista e se não houver nenhuma medida mais restritiva, é que até dia 19 de agosto, 580 a 636 pessoas (considerando erro padrão) sejam positivadas para Covid-19. Da mesma forma, considerando 3,35% (10) o total de óbitos, a estimativa prevista seria de 21 óbitos, representando um aumento de 110%.

Modelos como esse têm como função alertar para os riscos de disseminação da doença e que, por razões de mudanças nas ações preventivas, há necessidade de sua constante atualização.

O objetivo dessa ação é contribuir com o poder público nas ações preventivas e critérios normativos para o controle da disseminação do referente vírus e prevenção, controle e monitoramento dos casos do novo Coronavírus (SARS-CoV-2) no Estado e na cidade, considerando que a evolução da pandemia é dinâmica e heterogênea em cada município ou território, contribuindo para o entendimento da situação epidemiológica de Alta Floresta, a partir da análise dos dados.

Para ver estudo completo e notas técnicas anteriores: http://portal.unemat.br/index.php?pg=site&i=comunicacao&m=comite-de-acompanhamento-do-coronavirus-covid-19

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Centro de Triagem da Covid-19 prestará atendimento aos domingos

Publicado

por


.

Após uma semana de pleno funcionamento, o Centro de Triagem da Covid-19 será aberto neste domingo (02.07) para atender à população que apresenta sintomas leves do coronavírus e precisa realizar o teste para o diagnóstico da doença.

Neste dia, 650 senhas serão entregues das 6h às 6h45 e os atendimentos começam às 7h. Para atendimento mais ágil, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) orienta que o paciente leve o Cartão Nacional de Saúde (Cartão do SUS). Quem não tiver o documento, poderá fazê-lo no local.

Para entrar no complexo, é obrigatório o uso de máscaras de proteção. Além disso, o Corpo de Bombeiros estará no local para auxiliar toda a coordenação e evitar qualquer tipo de aglomeração de pessoas durante a entrega das senhas.

O Centro possui uma equipe de 20 médicos, que atenderá adultos com sintomas leves da Covid-19. Para casos graves do coronavírus, as referências continuam sendo as unidades da Atenção Primária, que regulam pacientes para os Hospitais de Referência no tratamento da Covid-19.

A iniciativa é uma ação Governo de Mato Grosso para auxiliar a Atenção Básica dos municípios da Baixada Cuiabana no diagnóstico e tratamento precoces do coronavírus, de forma a evitar o agravamento da doença em pessoas que inicialmente apresentam sintomas leves da síndrome respiratória.

Serviço

O Centro de Triagem na Arena Pantanal fica localizado na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá. Para chegar até o local por meio do transporte público, o cidadão pode embarcar na linha 609, que sai da Estação Alencastro, em frente à Prefeitura de Cuiabá.

Para quem pretende utilizar automóvel próprio para chegar à Arena Pantanal, poderá deixar o veículo no estacionamento do estádio. Para saber mais detalhes e outras opções de como chegar ao Centro de Triagem na Arena Pantanal clique aqui .

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana