conecte-se conosco



Nacional

Primeiro bebê nascido por útero transplantado de doadora morta é brasileiro

Publicado


Primeiro bebê nasce de útero transplantado de doadora falecida; caso de transplante é inédito no mundo
Divulgação/ Sesab

Primeiro bebê nasce de útero transplantado de doadora falecida; caso de transplante é inédito no mundo

O primeiro caso mundial de bebês nascidos vivos após transplante de útero de uma doadora já morta aconteceu no Brasil, em dezembro de 2017. As informações sobre o feito inédito foram divulgadas pelo veículo “The Lancet”, uma das principais revistas médicas do mundo, nesta terça-feira (4).

Leia também: Cientista cria bebês resistentes ao HIV e gera dúvidas no meio científico

Esse foi caracterizado como o primeiro transplante de útero da América Latina e foi realizado por uma equipe totalmente brasileira do Centro de Reprodução Humana do Hospital das Clínicas da USP em setembro de 2016. A receptora, de 32 anos, tinha uma doença rara chamada Síndrome de MRKH e, por isso, nasceu sem o órgão. Já a doadora, de 45 anos, faleceu com hemorragia e já havia passado por três partos naturais.

O órgão doado teve boa adaptação no corpo da receptora, que engravidou sete meses após o transplante, através da transferência do embrião para dentro do útero – procedimento que antes era feito somente um ano após o transplante. De acordo com os médicos que participaram da operação, não houve episódios de rejeição do corpo em relação ao útero , nem durante a recuperação, nem ao longo da gravidez.

Leia mais:  Toffoli pede que PF e PGR apurem caso de passageiro que chamou STF de “vergonha”

O nascimento do bebê do sexo feminino, no dia 15 de dezembro de 2017, ficou confirmado como o primeiro e – pelo que é conhecido – único caso do mundo. Esse é um grande passo para a medicina, não só no Brasil, mas no mundo inteiro, em relação ao tratamento de infertilidade uterina.

Leia também: Nobel de Medicina vai para americano e japonês por terapia contra o câncer

O acontecimento abre “caminho para uma gravidez saudável para todas as mulheres com infertilidade do fator uterino, sem necessidade de doadores vivos”, publicou a revista. Apesar disso, o procedimento ainda precisa ser mais estudado antes que possa ser popularizado e incorporado ao SUS.

Outros transplantes de útero com doadoras falecidas já tinham sido realizados em outros países, porém, até o caso brasileiro, nenhum bebê havia nascido depois da operação.

“É um feito histórico, o primeiro caso sempre marca”, diz Wellington Andraus, autor do estudo e coordenador do serviço de transplante de fígado do Hospital das Clínicas.

Leia também: Pulmão criado em laboratório é transplantado em porcos; humanos são os próximos

O acontecimento coloca o País novamente em posição pioneira em relação a esse tipo de procedimento.  O primeiro transplante de fígado, entre doador e receptor com vida, e um dos primeiros transplantes de coração do mundo foram, também, realizados no Brasil.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Considerado foragido, João de Deus deve se entregar amanhã, diz defesa

Publicado

por


Defesa afirma que João de Deus se entregará à Justiça amanhã (16)
Cesar Itiberê/ Fotos Públicas

Defesa afirma que João de Deus se entregará à Justiça amanhã (16)

O médium João de Deus, acusado por mais de 330 denúncias de abusos sexuais contra mulheres, deve se entregar à Justiça neste domingo (16), de acordo com sua defesa. As informações foram apuradas pelo jornal O Estado de S. Paulo .

Segundo a publicação, João de Deus deve se entregar amanhã em Goiás. A data foi informada no final da tarde deste sábado (15), após o líder espiritual ter sido considerado foragido pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) e ter seu nome incluído na lista da Interpol.

A prisão preventiva de João de Deus foi decretada ainda na manhã de sexta-feira (14) após a Justiça aceitar o pedido do Ministério Público de Goiás que já havia recebeu mais de 330 denúncias de mulheres que se dizem vítimas de abuso sexual por parte do líder espiritual João Teixeira de Faria, o João de Deus. Os relatos chegaram de pessoas de  s eis países diferentes, além de 13 estados do Brasil e do Distrito Federal .

Horas antes do pedido de prisão, o líder espiritual esteve na  Casa Dom Inácio de Loyola  pela primeira vez desde que começaram a surgir denúncias contra ele . O médium permaneceu no local por apenas 10 minutos e se disse inocente. “Meus queridos irmãos e minhas queridas irmãs. Agradeço a Deus por estar aqui. Ainda sou irmão de Deus, mas quero cumprir a lei brasileira porque estou na mão da lei brasileira. João de Deus ainda está vivo”, declarou.

Leia mais:  É preciso oxigenar a política com a diversidade

De acordo com o coordenador da força-tarefa do MPGO, responsável por apurar as denúncias contra João de Deus , promotor Luciano Miranda Meireles, há indícios de que o líder espiritual tenha praticado diversos tipos de crimes sexuais, como estupro, estupro de vulnerável (quando cometido contra menor de 14 anos ou quem esteja em situação de vulnerabilidade) e violação sexual mediante fraude. Os dois primeiros crimes, segundo observou Mendes, são considerados hediondos, sendo o estupro de vulnerável o crime com maior pena prevista, podendo resultar em condenação de até 15 anos de reclusão.

Investigadores apuram que João de Deus sacou R$ 35 milhões de sua conta


Pela primeira vez depois das denúncias de crimes sexuais, João de Deus apareceu  na Casa Dom Inácio de Loyola na quarta-feira (12)
Marcelo Camargo/ABr

Pela primeira vez depois das denúncias de crimes sexuais, João de Deus apareceu na Casa Dom Inácio de Loyola na quarta-feira (12)

Investigadores do caso do líder espiritual  identificaram movimentações bancárias recentes nas contas do médium . Segundo informações do portal O Globo , até quarta-feira (12) já haviam sido sacados R$ 35 milhões em seu nome.

De acordo com o site, a descoberta destas operações financeiras acelerou o processo de ordem de prisão de João de Deus . O dinheiro teria sido retirado de aplicações que o homem tem em instituições bancárias. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Tiroteio em praia de São Vicente mata um e deixa dois feridos; veja o vídeo

Publicado

por


Tiroteio em São Vicente deixou uma banhista ferida
Reprodução YouTube

Tiroteio em São Vicente deixou uma banhista ferida

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas durante um tiroteio em São Vicente, no litoral de São Paulo, na tarde deste sábado (15). De acordo com informações, o crime aconteceu na praia dos Milionários.

O homem que morreu foi um dos autores do tiro. Entre os baleados, um dos comparsas do tiroteio em São Vicente e uma banhista, que foi atingida nas costas e está internada no Hospital Municipal da cidade.

No vídeo, é possível escutar os tiros, gritos e ver a correria dos banhistas, que saem da faixa de areia rapidamente. O crime aconteceu por volta 15h20 quando os dois homens tentaram roubar banhistas. Um policial militarque estava no local, de folga, percebeu a ação e reagiu. Confira a filmagem divulgada pelo portal A Tribuna :


Mais informações em instantes

Comentários Facebook
Leia mais:  PT mobiliza grupos para manifestações durante depoimento de Lula sobre sítio
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana