conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tecnologia

Prime Gaming de março traz Madden NFL 22, Surviving Mars e mais

Publicado


source
Jogos de março no Prime Gaming
Divulgação/Amazon

Jogos de março no Prime Gaming

A lista de jogos gratuitos do mês de março para os membros do Amazon Prime Gaming foi anunciada trazendo títulos populares de gêneros diferentes. No geral, plataforma oferece sete games que poderão ser adicionados à sua conta e jogados diretamente no PC, como Madden NFL 22 e Surviving Mars, além de outros conteúdos exclusivos. Veja, a seguir, mais detalhes sobre os títulos oferecidos pelo Prime Gaming.

Madden NFL 22

O destaque do mês de março no Prime Gaming é Madden NFL 22. A franquia de futebol americano desenvolvida pela Eletronic Arts chega em uma nova versão com elencos atualizados e recursos que visam aumentar a semelhança entre videogame e realidade.

Apesar de o FIFA ser o jogo de esporte que mais faz sucesso no Brasil, o game também têm adeptos no país, principalmente por aqueles que acompanham o campeonato de “Football” norte-americano. Madden NFL 22 foi lançado em agosto de 2021 e estará disponível de graça para assinantes do Prime Gaming em março.

Surviving Mars

Já pensou como seria se pudéssemos colonizar Marte? Em Surviving Mars você é desafiado a habitar e desenvolver o planeta vermelho. O jogo te apresenta uma série de desafios que podem complicar o gerenciamento da sua cidade, incluindo desastres naturais, falta de oxigênio e recursos escassos.

Além disso, explore o planeta e descubra quais suas capacidades de colonização no jogo, que fica disponível de graça no Prime Gaming.

Crypto Against All Odds

Em Crypto Against All Odds você é colocado no papel de um especialista em segurança cibernética que precisa defender suas torres para obter sucesso.

A proposta do game é te ensinar sobre os fundamentos das criptomoedas enquanto combate hackers e outras ameaças ao seu sistema. Além disso, Crypto Against All Odds oferece uma enciclopédia sobre os conceitos, memes, além de minijogos em formato arcade.

Leia Também

looK INside

Outro jogo indie da lista do Prime Gaming é looK INside. O quebra-cabeça te induz a investigar todos os detalhes sobre os familiares do personagem principal após descobrir um livro antigo no sótão. O game casual de aventura pode chamar a atenção de fãs da categoria principalmente pelo design muito bem detalhado dos elementos.

Pesterquest

Com uma pegada mais de Visual Novel, Pesterquest também chama a atenção pelo nível de detalhes presente no design dos elementos. O jogo indie também funciona como uma aventura onde suas decisões podem impactar no direcionamento da trama.

SteamWorld Quest: Hand of Gilgamech

Para os fãs de jogos de cartas, temos mais um para vocês testarem: SteamWorld Quest: Hand of Gilgamech. O jogo tem temática de RPG em turnos e te coloca na liderança de um grupo de aspirantes a heróis, onde ameaças precisam ser enfrentadas. Com um sistema de recompensas, você consegue subir de nível, abrir baús de ouro, encontrar dragões e outros tipos de seres mitológicos.

The Stillness of the Wind

Após se estressar com os monstros do jogo acima, caso queira algo mais tranquilo, The Stillness of the Wind também estará à disposição via Prime Gaming. O jogo tem uma pegada mais tranquila e de quietude, já que você controla Talma, a única pessoa que restou em uma aldeia após todos seus vizinhos se mudarem para a cidade. É possível cultivar alimentos e cuidar de animais, desenvolvendo sua rotina pessoal.

Mais benefícios do mês de março

Além dos jogos gratuitos do Prime Gaming de março, conteúdos extras e exclusivos também fazem parte do catálogo para os jogadores.

A plataforma oferece recompensas em jogos como Call of Duty, Apex Legends e Madden NFL 22, além de conteúdo exclusivo para Lost Ark, Red Dead Online, PUBG: Battlegrounds, Legends of Runeterra, Grand Theft Auto Online, Dead by Daylight, DOOM Eternal e outros.

Comentários Facebook

Tecnologia

Por mais segurança, Google esconde apps antigos na Play Store

Publicado

por


source
Para deixar Android mais seguro, Google esconde apps antigos na Play Store
Giovanni Santa Rosa

Para deixar Android mais seguro, Google esconde apps antigos na Play Store

As atualizações de aplicativos são super importantes. Além de trazer novos recursos, os desenvolvedores implementam melhorias no software para garantir mais segurança aos usuários e solucionar bugs. E é por isso que o Google vai começar a restringir os apps antigos ou abandonados para Android na Google Play Store.

A mudança foi anunciada em um blog da companhia nesta quarta-feira (6). Na publicação, o Google reforçou que já exige que os novos aplicativos submetidos à loja apontem para um nível de API dentro de um ano após o lançamento mais recente. Mas a empresa pretende redobrar este cuidado para tornar o Android mais seguro.

“Hoje, como parte das atualizações de política mais recentes do Google Play, estamos tomando medidas adicionais para proteger os usuários contra a instalação de aplicativos que podem não ter os recursos de privacidade e segurança mais recentes, expandindo nossos requisitos de API de nível de destino”, anunciaram.

Android: apps antigos serão limitados na Play Store

A alteração aponta diretamente para o nível de API do aplicativo. Ao preparar um aplicativo para o sistema, é preciso indicá-lo para um nível de API. É através desse elemento que o desenvolvedor informa sobre como o app é executado em diferentes versões do Android, segundo um documento do Google.

Cada versão do sistema operacional possui um nível diferente. Por exemplo, o Android 11 é identificado pela API de nível 31 enquanto o Android 10 traz o nível 30. Ou seja, o nível aumenta a cada nova versão do software – mas, claro, há exceções para esta regra.

Leia Também

E é a partir desse elemento que o Google vai limitar aplicativos antigos. Segundo a publicação, se os apps existentes não segmentarem um nível de API “dentro de dois anos a partir da versão principal do Android mais recente”, o software ficará restrito na loja. Assim, se o celular tiver versões do sistema superiores ao nível da API de destino dos aplicativos, o usuário não poderá encontrá-los ou instalá-los.

Aatualmente, estamos no Android 12, que utiliza a API de número 31. Isto significa que se o seu celular estiver atualizado, o bloqueio não será aplicado aos apps que apontem para o Android 10 (nível 29) e Android 11 (nível 30). O diagrama abaixo também exemplifica isso:

Apps terão que atingir nível de API dos últimos dois anos para serem amplamente exibidos na Play Store
Reprodução/Google

Apps terão que atingir nível de API dos últimos dois anos para serem amplamente exibidos na Play Store

A regra está prevista para entrar em vigor em 1º de novembro de 2022. Mas é importante ressaltar que a política não vai impedir que usuários de versões antigas do sistema instalem apps pela Play Store. O Android Police também observa que, se você usa um celular com Android 9 Pie (nível 28), ainda será possível encontrar apps para o nível 28, por exemplo.

Continue lendo

Tecnologia

Primeiro tweet da história está à venda de novo via NFT, por US$ 48 mi

Publicado

por


source
Primeiro tweet da história está à venda de novo via NFT, por US$ 48 mi
Pedro Knoth

Primeiro tweet da história está à venda de novo via NFT, por US$ 48 mi

Uma cópia do primeiro tweet já escrito na história está à venda de novo via NFT. A publicação havia sido vendida  inicialmente em março do ano passado para o presidente da Bridge Oracle, provedora de serviços de blockchain, Sina Estavi, por US$ 2,9 milhões. Agora, ele está a revendendo por US$ 48 milhões, 16 vezes o valor que pagou.

O tweet é de autoria do fundador do Twitter, Jack Dorsey, que deixou o cargo de CEO da empresa em novembro do ano passado. “só estou configurando o meu twttr”, diz o post feito em 2006.

A venda será feita pela OpenSea, plataforma de negociação de ativos digitais. NFTs são tokens não-fungíveis, uma espécie de certificado digital que atesta a originalidade de um determinado bem.

Estavi anunciou a venda desse tweet por 14.969 Ethereum (ETH), segunda criptomeda mais valiosa do mundo.

Ele prometeu destinar 50% do lucro para a GiveDirectly, uma instituição de caridade que doa dinheiro a pessoas em situação de pobreza. É a mesma organização que Dorsey prometeu apoiar quando vendeu seu primeiro tweet no ano passado.

Jack Dorsey respondeu à publicação questionando: “por que não [doar] 99%?”, marcando no comentário também a GiveDirectly e o bilionário Elon Musk,  que recentemente foi indicado a membro do Conselho de Administração do Twitter.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana