conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Cidades

Prestação de contas do PNAE deve ser enviada até 19 de março

Publicado


Os dados de execução orçamentária dos municípios referentes aos recursos recebidos em 2020 do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) deverão ser enviados até dia 19 de março de 2021 ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM está comunicando os prefeitos sobre o prazo da prestação de contas. A instituição alerta que o ente que não cumprir o prazo fica inadimplente e pode ficar sem receber os recursos do programa. A parcela extra do PNAE, repassada em dezembro de 2020, também deve compor a prestação de contas.

Os recursos do Programa são submetidos à apreciação e votação dos Conselhos Municipais de Alimentação Escolar, que têm até dia 03 de maio de 2021 para registrar seus pareceres, aprovando ou não as contas, no Sistema de Gestão de Conselhos do FNDE (Sigecon).

A AMM ressalta a importância dos municípios manterem esta e as demais prestações de contas regulares, incluindo os pareceres dos respectivos Conselhos Municipais, para evitar possíveis bloqueios de recursos e responsabilização por parte dos e órgãos de controles.

PNAE – O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública. O governo federal repassa a estados, municípios e escolas federais, valores financeiros de caráter suplementar efetuados em 10 parcelas mensais (de fevereiro a novembro) para a cobertura de 200 dias letivos, conforme o número de matriculados em cada rede de ensino.

O PNAE é acompanhado e fiscalizado diretamente pela sociedade, por meio dos Conselhos de Alimentação Escolar (CAE)  e também pelo FNDE, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), pela Controladoria Geral da União (CGU) e pelo Ministério Público.

 

Confira aqui o comunicado da AMM

Fonte: AMM

Comentários Facebook

Cidades

Governo Federal lança Agenda do Prefeito para auxiliar gestores na condução da administração municipal

Publicado

por


Prefeitos e equipes contam com mais uma ferramenta de apoio para a condução eficiente das administrações públicas municipais. Trata-se da Agenda do Prefeito + Brasil, lançada pelo Governo Federal para auxiliar os municípios a aprimorarem a governança e a condução das atividades nas prefeituras. A iniciativa é considerada de grande utilidade para a administração pública municipal nos contextos político, administrativo e técnico.

A Agenda é composta por um conjunto de quatro ações para orientar os gestores municipais: O Guia do Novo Prefeito, elaborado para conduzir as ações municipais nos primeiros dias de mandato; o Portal Federativo, que fornece painéis especializados e informações sobre convênios e prestação de contas em geral; o Informe Federativo, que traz informações sobre as ações em benefício dos municípios, além do Programa de Formação Prefeito + Brasil, que capacita e atualiza os envolvidos na administração Pública.

A Associação Mato-grossense dos Municípios está comunicando as prefeituras sobre o conteúdo, que está disponível no Portal Federativo: https://www.gov.br/secretariadegoverno/pt-br/portalfederativo A AMM sugere a leitura do informativo, que será importante para esclarecer dúvidas em várias áreas da administração pública.  Prefeitos e equipes também podem se cadastrar para receber periodicamente informações em primeira mão pelo link: https://www.gov.br/secretariadegoverno/pt-br/portalfederativo/contatos

 

Acesse aqui o Comunicado da AMM

Fonte: AMM

Continue lendo

Cidades

Nova remessa da CoronaVac contemplará idosos de 80 a 84 anos

Publicado

O Governo de Mato Grosso recebeu, na quinta-feira, 25, 11,8 mil doses da vacina CoronaVac. O quantitativo foi encaminhado pelo Ministério da Saúde e será destinado aos grupos da primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19, mais especificamente aos idosos entre 80 e 84 anos.

As unidades da nova remessa poderão ser utilizadas como primeira ou segunda aplicação. Para a vacina CoronaVac, o prazo para a aplicação da segunda dose varia entre 14 e 28 dias.

“A imunização dos grupos prioritários é fundamental para a contenção da pandemia pelo coronavírus e a vacina é a forma mais eficaz de conseguirmos diminuir as mortes e a transmissão da Covid-19. O estado de Mato Grosso segue estritamente as recomendações da Campanha Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde e espera que mais e mais doses cheguem para dar celeridade à imunização”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Com a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalham no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

Até o momento, o Estado de Mato Grosso recebeu 224.560 mil doses de vacina do Ministério da Saúde. O Estado é o segundo que mais aplicou doses de vacina contra a Covid-19 no Centro-Oeste do país.

Segundo o Ministério da Saúde, desde o início da vacinação, em 19 de janeiro, um total de 111.289 doses foram aplicadas no estado.

Com SES/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana