conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Saúde

Prefeito pede conscientização da população para enfrentar efeitos da pandemia

Publicado

Foto: Assessoria

“Estamos passando pelo momento mais crítico da pandemia em Tangará. A população tem de fazer uma reflexão e se conscientizar”, enfatizou o Prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson (PSDB) durante coletiva de imprensa concedida na manhã desta terça-feira, 12, na sede do Poder Executivo.

Tangará está com 100% de seus leitos de UTI pública ocupados por pacientes contaminados pelo Coronavírus. A situação é grave e a atual gestão tem promovido esforços com objetivo de reduzir esses índices, ampliar a capacidade de atendimento e avançar no enfrentamemto à pandemia.

“Assumimos no dia 1°, fizemos reuniões, adotamos medidas, estamos destravando o orçamento do Município para utilizarmos recursos do superávit no enfrentamemto à pandemia”, informou Masson.

Segundo o Prefeito, será encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores um projeto solicitando aprovação para utilização dos recursos provenientes do superávit orçamentário em medidas de gestão que serão adotadas com objetivo de reduzir o avanço do Coronavírus em Tangará.

“Há meses ouvíamos falar com colapso da rede pública de Saúde. Agora esse momento chegou. Todos os nossos leitos estão ocupados e estamos lutando para enfrentar isso”, frisou.

O Prefeito falou da necessidade de contratação de mais seis médicos e 14 técnicos de enfermagem e enfermeiros. “Assumimos com um quadro deficitário. Isso é público e notório. Agora estamos buscando a solução desse quadro, destravando o orçamento e promovendo os esforços necessários para efetivarmos as parcerias necessárias”, salientou.

VANDER E DR. JOÃO

O prefeito Vander Masson juntamente com o Deputado Estadual Doutor João estiveram em Cuiabá na última semana. Segundo o Prefeito, o objetivo dessa ida à capital foi encaminhar à Secretaria de Estado de Saúde uma pauta de reivindicações de melhorias para Tangará da Serra.

“Apresentamos demandas de mais respiradores, mais medicamentos e mais aparelhos de tomografias. Estamos trabalhando, nos esforçando para termos condições e recursos para atender a nossa população”, afirmou o Prefeito.

Prefeito Vander Masson

CONSCIENTIZAÇÃO

Vander Masson, durante a coletiva, foi enfático. “Precisamos a reflexão e da conscientização da população. De nada valerão nossos esforços, se a população não fizer a sua parte”.

SECRETÁRIA DE SAÚDE

A Secretária Municipal de Saúde de Tangará da Serra, Gicelly Zanatta, em sua fala, relatou o cansaço físico e mental dos profissionais de frente no combate à COVID-19, lamentando as baixas sofridas, assim como a contaminação de inúmeros profissionais.

“A demanda está aumentando. Infelizmente, por mais esforços que façamos, se cada um não fizer a sua parte, não venceremos essa batalha”, desabafou.

A Secretária informou que diante do atual cenário, com todos leitos de UTI ocupados, na última noite já ouve a necessidade de transferência de paciente para UTI do Hospital Metropolitano de Várzea Grande.

“Não mediremos esforços para fazermos as transferências necessárias de pacientes. Nenhum tangaraense ficará sem atendimento”, declarou a Secretária, pontuando que o pico dos casos de contaminação são reflexo das festividades de Natal e Ano Novo.

Secretária Gicelly Zanatta

CÂMARA MUNICIPAL

Representando o Poder Legislativo, o vereador Doutor Bandeira (PDT) participou da coletiva de imprensa ocorrida na Prefeitura.

Na oportunidade o parlamentar reafirmou o compromisso do Legislativo no combate aos avanços da pandemia na cidade.

“A Câmara é solidária com o Executivo e com toda a sociedade tangaraense. Estamos unidos nessa luta e suplicamos à população que colabore com os Poderes constituídos. Estamos enfrentando uma pandemia de proporções mundiais”, concluiu.

“Câmara é parceira do Executivo”, diz Doutor Bandeira

Comentários Facebook

Saúde

Enfermeira atravessa rio para vacinar idosa na Paraíba

Publicado

por


source
Enfermeira atravessou rio no interior da Paraíba para vacinar idosa
Reprodução

Enfermeira atravessou rio no interior da Paraíba para vacinar idosa

Uma enfermeira viralizou nas redes sociais após atravessar um rio para conseguir vacinar uma idosa, em São José de Espinharas (PB) . O caso aconteceu na última quinta-feira (04), quando o serviço de imunização da cidade realizava a vacinação em idosos.

Em um vídeo compartilhado na internet, a profissional atravessa o rio com os equipamentos necessários para a imunização.

Em entrevista ao G1, a enfermeira Mayane Brito contou que tomou a atitude após ver a dificuldade de locomoção até o bairro onde a moradora estava. Ela lembra que ainda precisou de uma carona de moto para conseguir imunizar a idosa, que seria a última a ser vacinada no dia.

“Não dava para atravessar de carro para ir vacinar essa idosa e só faltava ela. O carro ficou me esperando, eu atravessei a pé e eu pedi a uma pessoa amiga da senhora para me pegar de moto do outro lado do rio para eu poder vacinar a senhora”, afirmou.

Mayane ressaltou o pensamento de querer que alguém fizesse o mesmo pela própria mãe, o que reforço a ideia de atravessar o rio.

“Quando eu cheguei em casa nesse mesmo dia, me vi pensando que se fosse minha mãe – que infelizmente não está aqui mais hoje comigo, pois vai fazer cinco meses que ela faleceu – eu gostaria que um profissional de saúde atravessasse o rio para vacinar ela também”, completou.

A Secretaria da Saúde de São José de Espinharas informou que a profissional participava do programa de imunização para idosos entre 80 e 89 anos na cidade. Segunda a pasta, 24 moradores foram imunizados até o momento.  

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

Rio de Janeiro atinge 93% de ocupação de leitos de UTI para Covid-19

Publicado

por


source
Rio de Janeiro tem 93% dos leitos de UTI ocupados e 73% de leitos na enfermaria
Reprodução: ACidade ON

Rio de Janeiro tem 93% dos leitos de UTI ocupados e 73% de leitos na enfermaria

Um balanço divulgado pela Secretaria estadual de Saúde no início da noite deste sábado mostra que 93% dos 616 leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) disponíveis para atender pacientes com Covid-19 na capital estão ocupados. Parte dessas vagas estão sendo preenchidas, inclusive, por pacientes vindos da região Norte do país. No caso de vagas de enfermarias, os pacientes com diagnóstico de Covid-19 ou de síndrome respiratória aguda grave, a taxa de ocupação chega a 73% dos 640 leitos.

Entre as unidades que praticamente não têm mais vaga de UTI para Covid-19 está o Hospital Ronaldo Gazolla, em Acari, referência no tratamento da doença. No fim da tarde, 141 das 143 vagas estavam preenchidas e havia a expectativa da chegada de mais um paciente. No caso das enfermarias, a unidade tinha 169 de suas 237 vagas preenhidas.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, prevê que a ocupação de leitos na capital deva diminuir no início da semana.

“Essa é uma estatística de momento. Mas se for preciso, parte das vagas de enfermaria do Gazolla podem ser convertidos em UTI rapidamente”, disse o secretário.

Você viu?

Ao todo, 975 pessoas estão internadas na cidade com sintomas de Covid-19. Treze pessoas aguardam vagas ou transferência.

Em 24 horas, foram diagnosticados 107 novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Ao todo, desde o início da pandemia, 209.527 pessoas contraíram a doença e 19.115 morreram na cidade, segundo dados da Secretaria municipal de Saúde.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana