conecte-se conosco


Cidades

Prefeito decreta toque de recolher a partir desse sábado (15) em Tangará da Serra

Publicado

Seguindo as mesmas medidas já adotadas em outras ocasiões desde o início da pandemia, a prefeitura de Tangará da Serra dará início a um novo toque de recolher, restringindo a circulação de pessoas em vias públicas a partir desse sábado (15), entre 22h e 6h.

Depois de registrar 41 mortes por Covid-19 e também devido aos números de casos estarem cada vez mais crescentes, o prefeito Fábio Martins Junqueira (MDB) decidiu intensificar as fiscalizações. Conforme o decreto o  nº363, fica proibida a circulação de pessoas nas ruas durante o horário estabelecido, exceto para profissionais da saúde e segurança, além de pessoas que comprovem situações de urgência e emergência.

Contudo, após as 22h00 não é permitido o atendimento ao público de forma presencial em restaurantes, bares, lanchonetes, padarias e similares. Continuam válidas todas as demais medidas previstas no decreto 169 de prevenção e ao combate a pandemia covid-19. Para mais informações entre em contato com a Câmara de Dirigentes e Logistas (CDL) pelo Fone: (65) 9.9927-5137.

Comentários Facebook

Cidades

Prefeitura oficializa cancelamento do desfile de 7 de setembro em Rondonópolis

Publicado

por


.

A Secretaria Municipal de Cultura divulgou o cancelamento do desfile cívico de 7 de setembro desse ano. A medida vida resguardar a saúde dos estudantes, organizadores e outras pessoas que participam do evento bem como da população que sai casa para assistir o desfile cívico militar na cidade.

O documento emitido pelo secretário de Cultura do município, Humberto de Campos, diz que o cancelamento visa combater a disseminação do novo coronavírus, momento em que a população deve ficar em casa, mantendo o distanciamento social, cumprindo as normas de segurança contra a Covid-19.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Modernização garante eficiência no sistema de distribuição de água em Nova Ubiratã

Publicado

por


.

A Secretaria Municipal de Obras, Infraestrutura e Transporte conclui, nesta sexta-feira (14), o processo de modernização do sistema responsável pelo bombeamento e distribuição de água em Nova Ubiratã.

O procedimento foi iniciado no início deste mês após servidores, que atuam junto ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), identificarem falhas no sistema de distribuição em pelo menos três bairros do município.

Por consequência, o restante da rede acabou sendo prejudicada em virtude da baixa vazão.

“Nós constatamos a reincidência das falhas no período matutino, ou seja, quando aumentava o consumo de água. Desde então passamos a monitorar todo o sistema para identificar qual a forma mais eficiente para sanar o problema”, explica a chefe de divisão da autarquia, Tatiana Carvalho Alves.

Um relatório emitido pela equipe técnica apontou a necessidade da substituição do sistema de alimentação elétrica (rede de alta tensão, quadro de comando, bitola de fios, conectores, entre outros), bem como o aumento da capacidade bombeamento. O antigo sistema era alimentado por apenas um motor de 5,5 CV de potência.

“A partir de hoje estamos operando com dois motores de 10 VC de potência cada um. Isso representa o dobro da capacidade de bombeamento de água evitando a sobrecarga dos equipamentos e reduzindo consideravelmente o risco de novas falhas”, assinala Tatiana.

Ainda de acordo com a servidora, outra medida implementada, em caráter de urgência, é a instalação de um novo reservatório d’água no bairro Jardim Imperial.

“Já iniciamos o procedimento burocrático e a instalação deve ser concluída nas próximas semanas. Com esse novo reforço estaremos preparados para garantir a distribuição de água de forma eficiente e satisfatória no período de estiagem”, conclui.

Investimento em médio prazo

Em 2019, a Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã firmou um convênio com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) para custear obras de expansão da rede de água.

Orçado em R$ 718.458,14 (setecentos e dezoito mil quatrocentos e cinquenta e oito reais e quatorze centavos), o projeto prevê a ampliação da rede de abastecimento, construção da sede do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), assim como a instalação de dois novos reservatórios d’água aumentando a capacidade para 750 mil litros.

Segundo o prefeito do município, Valdenir José dos Santos, parte do projeto já foi executado. Entretanto, a conclusão da obra aguarda repasse financeiro do governo federal.

“Muitos repasses foram suspensos temporariamente em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Como não poderíamos ficar esperando, estamos investindo recursos próprios para manter algumas obras emergenciais”, avalia o gestor.

“Nosso índice de desenvolvimento está muito acima do nível estadual e nacional (…) o crescimento traz consigo alguns desafios que requerem atenção da administração pública. Saúde, educação, segurança e infraestrutura estão no topo da nossa lista de prioridades, a exemplo dos investimentos direcionados para a melhoria do serviço de distribuição de água”, finaliza Valdenir.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana