conecte-se conosco


Nacional

Posição do Brasil é “vexatória”, diz prefeito de Manaus recuperado da Covid-19

Publicado


source
Arthur Virgílio%2C prefeito de Manaus
Reprodução/Instagram

Arthur Virgílio, prefeito de Manaus

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), que se recuperou da Covid-19 após  31 dias internado para combater a doença, disse nesta sexta-feira (31) que a posição do Brasil no combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2) é “vexatória”.

“Fiz de tudo para me recuperar e acho que é meu dever explicar para as pessoas: se cuidem. Está vexatória a posição do Brasil, o segundo em mortes”, disse o prefeito em entrevista à CNN Brasil .

Ao comentar a atuação do presidente do Jair Bolsonaro (sem partido) na presidência, Virgílio Neto fez uma comparação com o governo de Delfim Moreira, que foi presidente entre 1918 e 1919.

“Estava vendo hoje o presidente lá no Piauí fazendo uma brincadeira, enfim, e às vezes me lembra o presidente Delfim Moreira, hoje avenida no Rio de Janeiro. Alheio a tudo enquanto outras pessoas tentam fazer o dia a dia de uma gestão, as dificuldades são muito grandes.”

O prefeito ainda afirmou que “a gente tem que sair desse esquema dele e entrar num tratamento de precaução rápida, dura, boa, porque a doença é cruel, é imprevisível”.

Virgílio Neto também falou sobre sua recuperação e disse que “sequelas ficam”. “A sequela mais visível é que, às vezes, se eu falar muito eu tenho acessos de tosse, talvez lembrança do meu passado de menino asmático. Muito duro, se eu pudesse fazer uma recomendação às pessoas, eu faria: não peguem essa doença”, afirmou o tucano.

Comentários Facebook

Nacional

Covid-19: Fiocruz alerta para 2ª onda e diz que situação”não está tranquila”

Publicado

por


source
pessoas andando em rua com máscara
Agência Brasil

Ao menos três estados têm ritmo crescente de casos da Covid-19 novamente


Os estados do Ceará, Maranhão e Rio de Janeiro devem registrar uma segunda onda da Covid-19 após aumento da curva de casos , aponta o Infogripe, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).


O monitoramento da instituição afirma que as três regiões tiveram um pico no número de casos do novo coronavírus entre os dias 1º e 15 de março. O mês de junho até a primeira quinzena de julho, esse número foi reduzido.

Segundo informa de ontem (30), esses números voltaram a crescer, contudo de maneira menor se comparado com o primeiro pico da pandemia . O boletim da Ingofripe contabiliza casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), atualmente relacionada ao novo coronavírus.

Marcelo Gimes, um dos pesquisadores por trás da Infogripe, afirmou que esses números indicam que Brasil “não está em uma situação tranquila”.

“Estamos com uma estimativa de que o número de novos casos semanais pode estar acima do primeiro pico, registrado em maio”, explicou.

Por outro lado, o secretário estadual de Saúde do Rio, Alex Bousquet, afirmou na última quarta (29) que deve fechar os hospitais de campanha da região até o próximo dia 12.

O motivo seria “queda confiável” no número de casos da Covid-19. Bousquet justificou que a decisão é técnica.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Policial é baleado em assalto e testemunhas lincham suspeito

Publicado

por


source
Sirene viatura
Creative Commons

Assaltantes tentaram roubar moto de tenente do Rocam.

Um tenente da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) foi baleado depois que tentou reagir a uma tentativa de assalto em Manaus na noite da última quinta-feira (30).  Testemunhas conseguiram deter um dos suspeitos e lincharam o rapaz.

De acordo com a polícia, os suspeitos tentaram roubar a moto do oficial, que não estava em serviço. A corporação diz ainda que um carro estava ajudando os assaltantes durante o crime. O oficial, que foi atingido na região do abdômen, está internado e não corre risco de vida.

Testemunhas que presenciaram a ação conseguiram deter um dos suspeitos e agrediram o rapaz até que a polícia chegasse no local. Ele foi atendido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro assaltante fugiu do local. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana